segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Cultura e Não Só de férias até 11 de Dezembro


Até ao próximo dia 11 de Dezembro o "Cultura e Não Só" vai estar encerrado para férias, voltamos dia 12 com as melhores noticias de todos os quadrantes, cultura e não só...

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Pensão Flor - Teatro Diogo Bernardes


Uma mulher, um amor antigo. Ela acredita que é possível, não perde nunca a esperança, embora não tenha certezas de nada. Escolheu uma noite, escolheu as borboletas, escolheu não esperar mais. O medo de se magoar era muito e provável, mas o amor era tanto, tão maior... Vestiu o seu melhor vestido e o seu melhor sorriso e tentou, com as suas palavras, com o seu corpo, com os seus sentidos, fazer dessa noite um "sim".
E foi.

O 25 de Novembro e a Democratização Portuguesa


O 25 de Novembro de 1975 continua a alimentar controvérsias e a revelar tabus e receios. Este livro reúne contribuições diversas, e é essencial para compreender a história deste acontecimento que foi indispensável para a consolidação da democracia. Um instrumento único, amplo, de cariz multidisciplinar. Pertinente e informativo. 

Superprevisões


As vantagens de antever o futuro, seja na economia, na política ou na vida pessoal, são evidentes. Mas é muito difícil fazê-lo. Alguns conseguem prever melhor do que outros. Porquê? Pode esse talento ser ensinado? Este livro revolucionário, mas acessível, mostra-nos o que podemos aprender com os «superprevisores». Tem histórias de sucessos e falhanços. Baseia-se em anos de investigação. É já uma obra de referência sobre a ciência e a arte da previsão. 

Baudolino


Uma viagem fascinante que leva o leitor a 1204, a uma Constantinopla saqueada e incendiada pelos cavaleiros da quarta cruzada. Entre o caos e a carnificina, destaca-se Baudolino. Ainda menino, o seu caminho cruza-se com o do imperador Frederico Barbarroxa, que o adopta e o envia para a universidade em Paris. Aí, faz amigos destemidos e aventureiros como ele, com quem parte em busca do reino do Preste João. História e ficção cruzam-se num relato intenso de aventuras. Umberto Eco no seu melhor. 

Vale a pena não ter medo


O estilo directo e acutilante mantém-se, mas o autor apresenta-se aqui mais solto, enveredando pela quase ficção. Personagens imaginárias que lembram pessoas reais. Um misto de imaginação e lembrança que, por certo, despertará no leitor as suas próprias memórias. Sucedem-se um indiano ardiloso, a política portuguesa nos anos 60, a devoção mariana, uma castiça tertúlia andaluza, o dia dos mortos da cultura mexicana e reflexões sobre passado, presente e futuro do nosso País. Ambientes e factos descritos com destreza, e sentido de humor, numa escrita que entusiasma.

“Estava seguro de que Parker aceitaria esta análise. Contudo, seria preferível que na visita se não fizesse acompanhar pela agnóstica cristã. Essa ruiva de sangue irlandês e catalão, contrariamente a uma mulher indiana, falava alto, traçava a perna com excessiva desenvoltura, opinava por tudo e por nada. Uma vez mais o irritaria retorquindo, previsivelmente, que a artificial solução política terminaria negativa para os seus mentores, quando o povo se apercebesse, pelos resultados, de que fora iludido. Ocorreria então o efeito pendular dos persuadidos.

A rapariga era politóloga, com mestrado em Psicologia Social e doutoramento em preparação no campo da Sociologia. Não podia ser pior. Mas, se tivesse de a ouvir, Mr. M. limitar se ia a encolher os ombros. A acontecer esse cenário, os promotores saberiam sair a tempo. Citava com frequência um antigo ditado hindu, eventualmente adaptado ao seu estilo e conveniência: No permanente combate acérrimo da selva misteriosa, os tigres ganham asas.”

"American Honey" em destaque nas nomeações para os Independent Spirit Awards


O último filme da realizadora Andrea Arnold, "American Honey", destaca-se nas nomeações para os Independent Spirit Awards. Entre as várias categorias, contam-se Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Atriz Principal (a estreante Sasha Lane), Melhor Ator Secundário (Shia LaBeouf) e Melhor Argumento. A cerimónia de entrega de prémios está marcada para 25 de Fevereiro.

As primeiras reações ao filme aconteceram no Festival de Cannes, onde arrecadou o Prémio do Júri, além de ter sido nomeado para a Palma de Ouro. Em Portugal, foi escolhido para a seleção oficial de filmes em competição no Lisbon & Estoril Film Festival.

"American Honey" é o retrato de uma geração, sob forma de road movie. Star (Sasha Lane), uma jovem adolescente com uma vida problemática, foge com uma equipa de vendedores ambulantes que viajam por todo o centro oeste da América, vendendo subcrições de revistas porta-a-porta. À procura do seu lugar no grupo, ao qual Jake (Shia LaBeouf) também pertence, rapidamente entra num estilo de vida onde dominam as longas noites em festa, dias sem regras e amor adolescente. 


A Bela e o Monstro em Matosinhos


Uma princesa, um monstro, um feitiço. Uma aventura encantada pela constante procura da liberdade. Será a prisão apenas um espaço ou algo que existe dentro do nosso coração? Este natal, a força de acreditar que há algo mais para além do que se vê vai guiar-nos numa viagem onde tudo é possível. Duas histórias de mundos diferentes irão cruzar-se numa luta onde só o amor poderá triunfar. Conseguirá a Bela mudar o coração frio do Monstro? Será o Monstro capaz de a libertar da sua própria prisão? Serão eles capazes de superar as suas diferenças? E o que é ser diferente?
Um castiçal que fala, uma banheira que ganha vida, uma porta que simplesmente está lá. Este ano a magia vai acontecer e tudo o que imaginamos pode tornar-se real. Através da descoberta mágica de um mundo encantado, as personagens levar-nos-ão numa viagem incrível pelo mundo da fantasia, num espectáculo no gelo repleto de luz, mistério e emoção, dedicado a toda a família.
Será o amor forte o suficiente para quebrar o feitiço? Atreve-te a embarcar nesta aventura pelo castelo encantado onde nem tudo é o que parece.

Fã Pack FNAC MEO SUDOESTE à venda


A Herdade da Casa Branca, na Zambujeira do Mar é, há duas décadas, o lugar privilegiado e belíssimo onde a celebração se concentra em doses incomensuráveis recebidas sempre com enorme antecipação. O MEO Sudoeste é um dos eventos favoritos para muitas dezenas de milhares de festivaleiros que sabem sempre o que esperar: a melhor música servida pelos melhores da atualidade.

Os bilhetes já se encontram à venda, e está já também disponível nas lojas FNAC de todo o país e em www.fnac.pt, o Fã Pack FNAC MEO Sudoeste, em quantidade limitada e ao preço imbatível de 85€. 

Pedro Barroso - 7 de Janeiro - Teatro Tivoli BBVA


"Há poemas, temas, momentos e canções que nos ultrapassam e tornam-se marcos colectivos. São vivências de uma geração, símbolos de resistência na luta pela Democracia, a Liberdade, a Diferença e o Sonho. Padrões de bruma e fantasia projectados no tempo. Perduram para lá de nós.
E quando - como me aconteceu - já estivemos no fundo mais fundo de tudo, há valores que redescobrimos bem maiores que a nossa finitude; superiores à ligeireza da vida. Coisas que fizemos mas se tornaram muito mais que nós; e essas, sim, é que vale a pena que nos sobrevivam e perdurem pelos tempos. São cantos de sempre. Referências indeléveis e raras. Há que nunca os esquecer.
Até ver, sobrevivi dura e dificilmente a essa memória de mim mesmo. Vivi o último breu e a sala ficou-me, de súbito, vazia após tantas noites de palavras e emoção. Mas vai ser bom voltarmos agora a enche-la, assim que subir o pano. Conto convosco para isso!” foi com este texto que Pedro Barroso apresentou o seu espectáculo.

Prendas de Natal - A maior caixa de bombons 100% Portuguesa


Numa parceria Maria Chocolate e OuroGourmet - marcas Portuguesas de prestígio internacional - foi lançada ao público a maior caixa de Bombons, produzida inteiramente em Portugal.

Uma belíssima caixa em forma de coração, forrada a veludo vermelho, com 100 bombons sortidos, incluindo algumas criações decoradas com OuroGourmet (ouro comestível). 
Destacamos também os sabores 100% nacionais tais como: Bombons de vinho do Porto, flor de sal de Aveiro, cereja do Fundão, banana da Madeira, ananás dos Açores, laranja do Algarve, vinho Moscatel, entre muitos sabores lusitanos.

A loja da marca está situada em Vila Nova de Gaia, todos os dias poderá degustar as criações Maria Chocolate do Mestre Chocolatier Fernando Monteiro.

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Chakall apresenta a Ascension Portugal


No próximo Sábado, pelas 18h, no El Bulo - Social Club, irá ter lugar o cocktail de apresentação dos produtos Ascension Portugal, cujo embaixador é o reconhecido Chef Chakall.

Chakall trabalha e cozinha com os Cristais Ascension, uma empresa que foi fundada em 2005 na Holanda, operando actualmente a nível Internacional na Alemanha, Áustria, Itália, França, Suíça, Espanha, Chipre e Portugal.
A utilização de Cristais em diferentes áreas como a decoração, culinária, massagens terapêuticas e joias pessoais, é muito comum hoje em dia.
A Ascension chegou a Portugal em 2014, teve como primeiro objectivo estabelecer-se num espaço em Lisboa, para dar a conhecer os benefícios dos cristais, na vida dos Portugueses.
Chakall na área da Cozinha aconselha a experiência de usar os Cristais na confecção das suas iguarias gastronómicas.

Pedro e os Lobos ao vivo - 26 de Novembro, Coimbra, Salão Brazil


''Este chão que pisamos'' é o titulo deste novo disco de Pedro e os Lobos, que sublinha um caminho musical esteticamente marcado pela interligação de várias culturas e linhas musicais na busca de uma sonoridade própria.
Tendo as guitarras como figura central das suas composições, Pedro Galhoz continua a mostrar neste disco a sua paixão pela mistura de diferentes culturas, pelas bandas sonoras, pelo deserto e pelos clássicos da música americana que convivem aqui em harmonia com a lusofonia, na palavra e no sentimento.
''Este chão que pisamos'' é composto por sete temas originais em que os convidados Adolfo Luxuria Canibal (Mão Morta), Jorge Benvinda (Virgem Suta), Viviane, Joana Machado, Marisa Anunciação e Sónia Oliveira dão voz às palavras de Pedro Galhoz.
Para lá das canções com voz, este disco conta ainda com um tema instrumental “ Andaluzia” que pertence à banda sonora da curta metragem “ Luto branco”.
''Este chão que pisamos'' é mais um capitulo numa caminhada musical marcada pela vontade de fazer música entre amigos e consequentemente mostrar o resultado desse trabalho em disco e no palco.
Ao vivo, no dia 26 de Novembro, no Salão Brazil, em Coimbra, pelas 22h30.

O Livro Vermelho das Vendas


Com mais de três milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, «O Livro Vermelho das Vendas» chega finalmente a Portugal. Ciente de que há empresas que investem milhares de horas e avultados montantes a ensinar os seus empregados «como vender» e de que não é procurada a resposta à pergunta «porque compram» os clientes, Jeffrey Gitomer apresenta um conjunto de elementos que explicam o que leva os clientes a comprar.

Considerando a empatia como o componente mais poderoso de uma relação comercial, o autor explora o ciclo de venda e apresenta 12,5 princípios que ajudarão qualquer empresa a reforçar o relacionamento com os seus clientes e a otimizar os processos comerciais.

Este guia, criado para ser lido e relido com regularidade e para ser utilizado como uma ferramenta de trabalho por todos os vendedores que desejam, ou precisam, vender todos os dias, compila técnicas utilizadas em diversas empresas por todo o mundo, tais como: Coca-Cola, Caterpillar, BMW, Hilton Hotels, IBM, Time Warner, Liberty, Carlsberg, AC Neilsen, MetLife, The New York Post, e centenas de muitas outras.

Com conselhos especialmente direcionados para as equipas comerciais, independentemente da dimensão da sua empresa, «O Livro Vermelho das Vendas» pretende explicar porque é que os clientes compram os seus produtos e serviços. Depois de um longo período no seu estúdio a entrevistar clientes, Jeffrey Gitomer compila sentido comum, informação e pormenores a que se passa despercebido e oportunidades inacreditáveis.

Casino Estoril acolhe lançamento de livro de Lima de Carvalho no Sábado


Nuno Lima de Carvalho irá lançar depois de amanhã, Sábado, 26 de Novembro, às 17 horas, na Galeria de Arte do Casino Estoril, o livro “Duas Vidas, Muitas Vidas”. A apresentação será feita por Licínio Cunha, Carlos Magno, Joaquim Lima Carvalho e Ramon Font.

No projeto inicial o livro chamava-se “Uma Vida, Muitas Vidas”, por uma razão bem mais que justificada o nome foi alterado para “Duas Vidas, Muitas Vidas”. As Muitas Vidas são os seus amigos e as pessoas – dezenas de milhares com quem conviveu, na qualidade de Secretário-Geral da Estoril-Sol e de Director da Galeria de Arte do Casino Estoril, durante mais de 40 anos. Duas Vidas, pois o autor pretendeu homenagear o nome de sua mulher, Maria Clarinda, falecida em 2015, que partilhou com o seu marido a Direcção da Galeria.

Lima de Carvalho nasceu em Vila Franca do Lima, Viana do Castelo. É licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa e Filosofia e Letras pela Universidade de Salamanca. Foi Secretário-Geral da Estoril Sol durante cerca de duas dezenas de anos e Director de Relações Exteriores da mesma empresa. É Director da Galeria de Arte do Casino Estoril há quarenta anos. A ocupação destes cargos, proporcionaram-lhe, igualmente, a intervenção em outras áreas, como a gastronomia, tendo sido um dos fundadores da Confraria dos Gastrónomos do Minho e seu Mordomo-Mor durante 22 anos, levando a cabo e promovendo importantes iniciativas, juntamente com Francisco Sampaio, designadamente a organização dos congressos anuais de gastronomia. Lima de Carvalho promoveu no Casino Estoril um ciclo de grandes eventos gastronómicos abrangendo todas as regiões do Pais, com o apoio das câmaras municipais, dos órgãos locais de turismo e dos restaurantes de qualidade das respetivas regiões. Organizou, também, semanas culturais e gastronómicas dos seguintes países: Espanha, Suécia, Áustria, Itália, China, Macau, Angola e Brasil (Bahia), esta, com o apoio de Jorge Amado, através de uma exposição de todos os seus livros publicados e de uma mostra de Pintura com trabalhos dos seus ilustradores.

Na Galeria de Arte do Casino Estoril, Lima de Carvalho organiza, desde a década de 80, três grandes exposições coletivas anuais: o Salão de Primavera, exposição de finalistas das faculdades de Belas Artes de Lisboa e Porto, o Salão de Outono, mostra de Pintura e Escultura de artistas consagrados e o Salão Internacional de Pintura Naïf, modalidade de que é o maior impulsionador a nível nacional. A Galeria que dirige é a segunda mais antiga do Pais, proporcionando aos artistas excelentes condições expositivas.

Chega a Portugal o inédito de W.G. Sebald, «A Descrição da Infelicidade»


A Descrição da Infelicidade, do escritor alemão W.G. Sebald, chegou às livrarias na passada sexta-feira, pela Quetzal Editores.

Este é um livro inédito em Portugal, publicado há 31 anos pela primeira vez na sua língua de origem, muito aguardado pelos leitores de Sebald. Consiste numa análise do ambiente psicológico que antecede e condiciona a escrita austríaca protagonizada por grandes nomes - como Stifter, Schnitzler, Kafka, Hofmannsthal, Canetti, Bernhard e Handke - e da ponte que a literatura estabelece entre a infelicidade e o consolo.

«A melancolia, a reflexão sobre a infelicidade consumada, nada tem a ver com o vulgar desejo de morte. É uma forma de resistência. E, sobretudo ao nível da arte, a sua função, está longe de ser meramente reativa ou reacionária. Quando ela, de olhar fixo, pensa uma vez mais no que nos arrastou até aqui, bem se vê que o impulso que leva ao desespero e o que leva ao conhecimento são agentes idênticos. A descrição da infelicidade traz em si a possibilidade de a superar.»

«Tão estranha quão convicente, assim é a força invulgar da linguagem de Sebald, a sua seriedade festiva, a sua maleabilidade, a sua precisão». Susana Sontag
«W.G. Sebald é dotado de uma capacidade percetiva alucinantemente apurada». Der Speigel

Autor de livros incontornáveis como Austerlitzt ou Os Anéis de Saturno, Sebald tem vindo a influenciar novas gerações de escritores, como Teju Cole ou Zia Haider Rahman.

Os Dias Realistas no Casino Lisboa


Quando Bambi e João Dias se tornam vizinhos de Tó e Margarida Dias, e lhes invadem o quintal, rapidamente percebem de que têm em comum muito mais que o apelido. As conversas de circunstância misturam-se com revelações mais e menos secretas, a vida de todos os dias dá lugar a reflexões como o casamento, o quotidiano, a vida e a morte. 

Catarina Furtado, João Reis, Manuela Couto e Paulo Pires são os Dias. Dois casais, quatro pessoas, os mesmos dilemas e interrogações. Um texto de Will Eno, escrito e interpretado com o ritmo frenético de um mundo tantas vezes incompreensível. 

Panda e os Caricas


Quem nunca sonhou em viajar numa Máquina do Tempo?!  Quem não gostaria de ir a Atenas à origem dos Jogos Olímpicos?! Quem não gostaria de conhecer de perto o Homem Primitivo?! Quem é que nunca se imaginou em plena Idade Média com Reis e Rainhas de verdade?!
Impossível?! Nada é impossível no novo Musical do Panda e os Caricas! A aventura mais incrível de sempre.

E ainda os vai ajudar a encontrar um amigo que se perdeu no tempo e precisa de si para regressar a casa!
Com as suas músicas preferidas, a animação e a  boa disposição de sempre, não pode perder o Musical do ano: Panda e os Caricas na Máquina do Tempo!
Junte-se ao Panda e Caricas nesta fantástica aventura.

Para que não lhe falte inspiração na cozinha neste Natal


Não há nada como ter a família reunida no Natal à volta de uma mesa repleta de deliciosas iguarias, enquanto partilham histórias e vivem as emoções da quadra. São muitos os pratos e sabores que marcam esta época festiva, enquanto outros ainda só fazem parte do imaginário, mas que poderão saltar das páginas dos livros de culinária para a sua ementa natalícia. Para que não lhe falte inspiração na cozinha neste Natal, sugerimos três livros que estão repletos de pratos e sobremesas deliciosas para a quadra: Sobremesas 5-5-5, de Rita Nascimento, da Arteplural Edições; Bimby – À Portuguesa Com Certeza, da Bertrand Editora; e Pratos & Travessas, de Mónica Pinto, da Bertrand Editora.



Sobremesas 5-5-5, de Rita Nascimento, da Arteplural Edições 

Este livro apresenta um conjunto variado de receitas para comer à colher, à fatia ou à dentada. Sobremesas 5-5-5 é um livro de receitas para fazer doces rápidos, fáceis, e ainda por cima baratos, para os gulosos que não têm tempo nem paciência, mas que não resistem a um bom doce ou sobremesa. É um livro à prova de preguiça para gulosos apressados, mas que gostam de apreciar os prazeres da doçaria. Todas as receitas levam no máximo 5 ingredientes, custam no máximo 5 euros e demoram no máximo 5 minutos a preparar.



Bimby – À Portuguesa com Certeza, da Bertrand Editora

Este livro apresenta uma seleção das 100 melhores receitas regionais portuguesas, sendo um regresso às raízes e tradições gastronómicas de Portugal. Este livro está dividido em cinco partes: Entradas, sopas e acompanhamentos; Pratos de peixe; Pratos de carne; Bolos, biscoitos e sobremesas; Menus com as receitas deste livro. 


Pratos & Travessas, de Mónica Pinto, da Bertrand Editora

Este é um livro de receitas que faz abrir o apetite só de olhar para as fotografias. Não admira porquê! A autora é fotógrafa e food stylist de profissão, tendo o seu trabalho tido destaque em várias publicações de prestígio como a Fork Magazine, Wall Street International ou a Lust Auf Genuss, entre muitas outras. Bolo húmido de chocolate e mascarpone, quadrados amanteigados de amoras, tartes de maçã e framboesas em flan e tarte de alheira, couve e maçã verde são algumas das receitas que constam no livro.

7ª Arte - Estreias de cinema de 24-11-2016

Estreias de cinema de 24 de Novembro de 2016


Esta semana dentre as várias estreias de cinema nas salas nacionais o "Cultura e não Só" destaca as seguintes:



Blood Father - O Protector

John Link é um ex-presidiário que põe em risco a liberdade condicional quando Lydia, a filha adolescente, é falsamente acusada de roubo por um poderoso cartel de droga. Consciente de que nunca cumpriu verdadeiramente com as suas obrigações de pai, Link encontra aqui a oportunidade por que sempre esperou para se aproximar da filha. Empenhado em marcar presença no momento mais decisivo da sua vida, ele fará o que estiver ao seu alcance para a proteger. Mas depressa descobre que tudo não passa de uma armadilha para o colocar novamente atrás das grades…
Estreado no Festival de Cinema de Cannes, um "thriller" de acção que adapta a obra homónima de Peter Craig, que também se responsabiliza pelo argumento. A realização fica a cargo do francês de Jean-Francois Richet ("Assalto à 13.ª Esquadra", "Inimigo Público Número 1", "Um Momento de Perdição"). Mel Gibson, Erin Moriarty, Diego Luna, Michael Parks e William H. Macy dão vida às personagens. 


Animais Nocturnos

Susan Morrow, uma negociadora de arte de Los Angeles (EUA), sente-se cada vez mais distante de Armie, o marido. Um dia, recebe pelo correio a cópia de um romance escrito por Edward, o seu primeiro marido, de quem não tinha notícias há já vários anos. A obra, que lhe é dedicada, conta a história de um casal com uma filha pequena. Ao mesmo tempo que se sente impelida à leitura, Susan sente-se profundamente incomodada com a violência contida no livro, acabando por se ver forçada a reavaliar as escolhas que a trouxeram até ali e as consequências de todas as decisões. E, na sua interpretação da história, vê tudo aquilo como uma forma de vingança de Edward, que nunca superou o facto de a relação ter fracassado.
Em competição pelo Leão de Ouro no Festival de Cinema de Veneza, onde recebeu o Grande Prémio do Júri, um “thriller" psicológico com realização, argumento e produção de Tom Ford (que regressa ao grande ecrã sete anos após a sua estreia com "Um Homem Singular"). Baseado na obra "Tony and Susan", de Austin Wright, "Animais Nocturnos" conta com a participação de Amy Adams, Jake Gyllenhaal, Michael Shannon, Aaron Taylor-Johnson, Isla Fisher, Armie Hammer, Laura Linney, Andrea Riseborough e Michael Sheen. 


Vaiana

Há dois milénios, numa pequena ilha da Polinésia, vivia Moana Waialik, a única filha de um chefe de uma longa linhagem de navegadores. De espírito aventureiro e apaixonado, o maior desejo dela era explorar o mundo e navegar pelo oceano. Apesar de todos os avisos do pai, que desejava que ela seguisse os seus passos como líder da tribo, a rapariga, que tinha em si a força e a coragem de várias gerações, não se coibia de sonhar com grandes façanhas. Quando, subitamente, a ilha foi ameaçada por uma escuridão inexplicável, ela percebeu que tinha chegado o momento de transpor os limites do recife, salvar a sua aldeia e procurar respostas para as perguntas que sempre a atormentaram. E foi nesta longa viagem de descoberta que conheceu Maui, um lendário semideus de quem se tornou amiga e que a ajudou a enfrentar mil perigos…
Produzido pelos estúdios Walt Disney Animation, um filme de aventura em animação computorizada com realização de Ron Clements e John Musker, e co-realização de Don Hall e Chris Williams. 

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Caveman com Jorge Mourato


Caveman detém o recorde como o monólogo com mais tempo em cena na históriada Broadway. É também já afirmadamente uma força mundial que conquistou os corações de milhões e que vai com certeza conquistar também o seu.



Já foi visto em 45 países e traduzido para 18 idiomas diferentes (e continua a somar!).



Caveman tem sido desde tal uma ferramenta para alcançar a paz nos constantes mal-entendidos entre homens e mulheres.



Exposição de Fotografia "Pequenos Outonos"


"Pequenos Outonos" é uma exposição sobre o Outono e as mudanças que ocorrem na natureza nesta estação que, apesar do frio que se começa a sentir, se pinta de cores quentes e transforma as nossas paisagens. A maior parte das fotografias são feitas numa grande cidade de forma a mostrarem aquilo que, na dinâmica da vida urbana nos passa despercebido, mas, no entanto, está ao nosso lado. Um mundo diferente, cheio de pormenores, de transformações e de coisas a acontecer, mas longe de estradas movimentadas, de shoppings, de transportes apinhados, de pessoas apressadas...mas igualmente cheio de vida!
Este conjunto de imagens representa um lado quase escondido de alguém apaixonado pela urbanidade mas com um profundo amor pela natureza. Parece algo contraditório mas, na verdade, são dois mundos que se complementam.
Todas as fotografias à venda incorporam direitos de autor para a fotógrafa (Ana Manuel Mestre) e são impressas em laboratório fotográfico com papel fotográfico Fuji Professional Paper, mate, sendo posteriormente embaladas em rolo de cartão rígido, para entrega aos clientes, com portes gratuitos no envio para qualquer morada a nível nacional ou internacional.

Para encomendas ou mais informações é favor contactar via email: info@fotografiaportugal.pt

Átoa na banda sonora de Vaiana


Já está à venda nas lojas, a banda sonora do mais recente filme dos estúdios da Disney, Vaiana, que conta com a participação dos Átoa, com uma versão da canção principal do filme, intitulada “De Nada”. Os Átoa, não são os únicos portugueses presentes na banda sonora, que inclui ainda versões em português de temas interpretados por Ricardo Monteiro, Raquel Ferreira, Sara Madeira, Helena Montez, Inês Gonçalves, Jade Achiam, Paulo Ramos, Diogo Pinto e Pedro Bargado. 

O disco conta ainda com a participação da nova estrela pop Alessia Cara em “How Far I’ll Go”, e várias composições originais de Lin-Manuel Miranda, Opetaia Foa ‘i e Mark Mancina, bem como as versões originais em inglês dos temas cantados em português.

Da Walt Disney Animation Studios chega Vaiana, uma aventura arrebatadora de animação 3D que conta a história de uma adolescente corajosa que parte numa viagem arriscada, para provar a si mesma do que é capaz e para terminar a missão inacabada dos seus antepassados. Durante a aventura, encontra o outrora poderoso semideus Maui, para juntos atravessarem o mar aberto numa viagem cheia de ação, encontrando enormes criaturas marinhas e mitos antigos.

O 25 de Novembro e a Democratização Portuguesa


Quarenta anos depois, o 25 de Novembro de 1975 continua a alimentar controvérsias no seio da sociedade e a revelar tabus e receios. Mas permanece decisivo como mais um acto fundador da nossa democracia.

Por vários motivos, o tema tem sido tratado muito aquém da importância que realmente encerra e é frequentemente apresentado à luz de preconceitos de natureza ideológica ou partidária.

Resultado da reflexão promovida por um grupo de cidadãos de variadas áreas profissionais e sectores de opinião, este livro reúne importantes contributos de diversas personalidades da vida portuguesa. Os seus responsáveis, António Barreto, João Salgueiro, Luís Aires de Barros, Luís Valença Pinto, Manuel Braga da Cruz e Vasco Rocha Vieira, animaram a realização de uma série de conferências em várias localidades do país sobre o tema, das quais resultaram os textos agora dados à estampa.

Este livro pretende contribuir para a compreensão do papel do 25 de Novembro na consolidação da democracia. Graças ao seu horizonte amplo de cariz multidisciplinar, esta obra é um instrumento único e muito pertinente para a promoção de um debate plural.

Como referem os seus coordenadores, «entre as datas com significado, o 25 de Novembro de 1975 é uma das que mais rapidamente alguns querem apagar». Ora, «estas duas datas históricas – 25 de Abril de 1974 e 25 de Novembro de 1975 – não podem ser observadas e avaliadas separadamente».

Superprevisões - A arte e a ciência da previsão


São óbvios os benefícios de antever o futuro, na economia, na política, ou na vida pessoal. Infelizmente, é muito difícil fazer pre­visões. Tetlock mostrou num estudo anterior que mesmo os espe­cialistas só fazem previsões um pouco melhores do que o simples acaso. Contudo, alguns deles conseguem prever melhor do que outros, pelo que Tetlock passou a última década a tentar perceber porquê. O que é que faz certas pessoas acertar? Pode esse talento ser ensinado? 

Neste livro, Tetlock e Gardner oferecem-nos uma obra-prima sobre a ciência e a arte da previsão baseada em décadas de inves­tigação no tema e em torneios de previsão apoiados pelo governo dos Estados Unidos através do Good Judgment Project. Este envolve dezenas de milhares de cidadãos comuns – incluindo um ci­neasta, um canalizador e um bailarino – que tentaram prever eventos à escala mundial. Alguns desses voluntários revelaram-se incrivelmente bons. Conseguiram bater analistas profissionais, al­guns com acesso a informação reservada, e mesmo os mercados de apostas. São os «superprevisores». 

Neste livro revolucionário mas acessível a todos, os autores di­zem-nos o que podemos aprender com esse grupo de elite. Basea­do em histórias bem-sucedidas de previsão e falhanços, assim como em entrevistas com decisores de alto nível, mostra que as boas superprevisões não requerem supercomputadores ou métodos misteriosos. Superprevisões oferece pela primeira vez um método comprovadamente seguro de antever o futuro, e é já uma obra de referência.

Sobre os Autores

Philip E. Tetlock é professor na Uni­versidade da Pensilvânia, nos Esta­dos Unidos, investigando e ensinan­do nos Departamentos de Psicologia e de Ciências Políticas e ainda na Wharton School of Business. É ainda autor dos livros Expert Political Judgment e (com Aaron Belkin) Counterfactual Thought Experiments in World Politics. Ele e a sua mulher, Barbara Mellers, são co-directores do Good Judgment Project, um estudo plurianual sobre as melhores previ­sões.

Dan Gardner é jornalista e autor de Risk: The Science and Politics of Fear e Future Babble: Why Pundits Are Hedgehogs and Foxes know Best.

Baudolino


Abril de 1204. Constantinopla, a esplêndida capital do Império Bizantino, é saqueada e incendiada pelos cavaleiros da quarta cruzada. Entre o caos e a carnificina, um certo Baudolino salva a vida a um alto funcionário da corte que, fascinado com as habilidades do salvador, lhe pede que conte a sua história de vida. É esta narrativa que constitui Baudolino. 

Filho de simples camponeses, Baudolino tem dois talentos principais: um dom inato para aprender línguas e uma inclinação imensa para a invenção. Quando, ainda menino, encontra um comandante militar nos bosques perto da sua aldeia, encanta-o com a sua mente viva e o seu espírito rápido. O comandante – que não é senão o imperador Frederico Barbarroxa – adopta Baudolino e manda-o para a universidade em Paris, onde este faz vários amigos destemidos e aventureiros como ele.

Inspirado por mitos e sonhos, este grupo parte em busca do Preste João, um sacerdote-rei lendário que se pensa governar um vasto reino do Oriente – terra fantástica habitada por criaturas estranhas com olhos nos ombros e bocas nas barrigas, eunucos, unicórnios e donzelas adoráveis.

O delicioso relato feito por Baudolino é uma narrativa de verdade e ficção – ou de ficção tornada verdadeira, pois as mentiras que urde têm o condão de se transformar em História…

Com aventuras mirabolantes e hilariantes, um crime impossível, truques extraordinários e viagens fabulosas, a par de reflexões sobre a nossa época pós-moderna, este livro mostra-nos Umberto Eco, o contador de histórias, no seu melhor.

Sobre o Autor

Umberto Eco (1932-2016) foi um eminente filósofo, medievalista e semiólogo italiano.

Estreou-se na narrativa com O Nome da Rosa (Prémio Strega 1981), a que se seguiram O Pêndulo de Foucault, A IIha do Dia Antes, Baudolino, A Misteriosa Chama da Rainha Loana e O Cemitério de Praga.

Entre as suas numerosas obras ensaísticas (académicas e outras), destacam-se: O Signo, Os Limites da Interpretação, Kant e o Ornitorrinco, A Passo de Caranguejo, Construir o Inimigo e outros escritos ocasionais, Obra Aberta, Dizer Quase a Mesma Coisa - Sobre a Tradução e Como se Faz uma Tese em Ciências Humanas. Organizou ainda os livros ilustrados História da Beleza, História do Feio e História das Terras e dos Lugares Lendários.

Vale a Pena Não Ter Medo


Em Do Pântano Não Se Sai a Nado e Portugal - Desalento e Esperança, Joaquim Silva Pinto centrou-se em episódios e personagens que conheceu de perto. Mantendo o estilo acutilante que lhe é característico, em Vale a Pena Não Ter Medo apresenta um registo mais solto, tendo enveredado pela quase ficção. As personagens são imaginárias, mas fazem lembrar ou cruzam-se com pessoas reais.

Sucedem-se um indiano ardiloso, a política portuguesa nos anos 60, a devoção mariana, uma castiça tertúlia andaluza, o Dia dos Mortos da cultura mexicana e reflexões sobre passado, presente e futuro do nosso País. Ambientes e factos descritos com minúcia, em páginas atravessadas com o sentido de humor a que este autor já nos habituou.

Sobre o Autor

Integrou os governos de Marcelo Caetano dos 33 aos 39 anos, numa preocupação renovadora. Foi próximo de Melo e Castro e Pinto Leite. Em 1975, passou a viver em Madrid, começando como empregado e evoluindo com sucesso nos meios empresarial e associativo. Regressado a Portugal em 1981, colaborou em grandes empresas, que apoiou na área da internacionalização, mas como dirigente associativo, dentro e fora das nossas fronteiras, participou em realizações dedicadas às problemáticas das PME’s e indústrias criativas. 

Docente universitário especializou-se em organização empresarial. Após intervir no MASP, voltou à política activa, durante cinco anos, sendo deputado à AR e líder de bancada na CM de Oeiras. Veio a afastar-se do PS em oposição frontal a Sócrates. Em 2012, pôs voluntariamente termo a lugares de administração, dedicando-se a consultadoria com assumido empenho na valorização do sénior activo, das cidades sustentáveis e do papel das câmaras de comércio bilaterais. Tem presentemente 80 anos.

Concerto Arena Live no Casino Lisboa com os Orelha Negra a 28 de Novembro


Com o Arena Lounge sucessivamente esgotado, o Casino Lisboa acolhe, na próxima Segunda-Feira, 28 de Novembro, mais uma etapa do ciclo de concertos “Arena Live”. Os Orelha Negra sobem ao palco, às 22 horas, para interpretar vários temas inéditos que integram o seu novo disco de originais, bem como outros sucessos dos dois primeiros álbuns, não faltando, ainda, diversos medleys que prometem ser surpreendentes. A entrada é livre. 

Com um espaço próprio no panorama da música nacional, os Orelha Negra interpretam, habitualmente ao vivo, o seu mais recente êxito intitulado “A Sombra”. Trata-se do primeiro single que integra o terceiro álbum de originais da banda.

Os Orelha Negra são o único grupo de hip-hop em Portugal que não tem um vocalista, o que, na verdade, não se revela necessário. A banda comunica com o público, de forma exemplar, através dos sons e samples de Sam The Kid, das dinâmicas dos teclados de João Gomes, do groove de baixo de Francisco Rebelo, da batida certa e forte de Fred e dos scratches inesperados e certeiros de Cruzfader.

No âmbito do ciclo de concertos “Arena Live”, os Orelha Negra prometem, assim, um dinâmico e ritmado encontro com os visitantes do Casino Lisboa. Os sons que os cinco magníficos produzem juntos são envolventes, mas ouvi-los e vê-los ao vivo, é um prazer verdadeiramente misterioso.

Ciclo de concertos “Arena Live 2016”
- 28 de Novembro: Orelha Negra
- 05 de Dezembro: Dead Combo
- 12 de Dezembro: Amor Electro
- 19 de Dezembro: Diogo Piçarra
- 26 de Dezembro: Jimmy P
- 31 de Dezembro: HMB (Réveillon)

A Cinderela no gelo em Alfragide


Um baile real, uma princesa, um príncipe e um patim. Uma aventura em que o tempo é manipulado e todos os passos têm de ser cumpridos na perfeição. Conseguirá a fada- madrinha tornar todos os sonhos possíveis? A história da menina envergonhada e triste que vive com a sua madrasta e irmãs ganha este ano uma nova cor e uma nova vida. Todos conhecemos o famoso baile real no palácio no qual o príncipe escolherá a sua princesa, mas o que estará por de trás de tudo isto? O que terá feito realmente a Cinderela ir ao baile? Será que tudo aconteceu como os contos de fadas transmitem? Neste natal, tudo o que conhecemos está prestes a mudar. O tempo e o espaço vão ganhar uma nova dimensão e a Cinderela vai levar-nos numa viagem de tempos distintos e aventuras. Basta apenas um segundo diferente do que deveria ser para que o tempo ganhe outra forma, basta um pequeno deslize para o espaço se desmoronar... Num turbilhão de sentimentos e constantes alterações do relógio, esta história vai levar pequenos e graúdos através de um mundo de dúvida e coragem, nervosismo e peripécias, sorrisos e aventuras, onde o tempo é decisivo e o amor terá de ser mais forte que todas as adversidades.

Black Friday está a chegar à Smart Talk... e as promoções vão arrasar

No dia 25 de Novembro, e só neste dia, a febre da Black Friday vai chegar ao site da Smart Talk com descontos entre os 20% e os 50 % numa vasta gama de produtos.
A primeira capa com selfie stick integrado é uma das grandes apostas da marca para a Black Friday. E a capa traz também um controlo remoto com ligação Wi-Fi para que seja possível comandar os disparos das fotografias. Outra funcionalidade desta capa é a possibilidade de servir de suporte ao telemóvel.

A Capa Selfie Stick integrado está disponível em preto e rosa para os modelos iPhone 6 e iPhone 6S e tem um preço promocional para a Black Friday de 23,99€.

Mas as surpresas não ficam por aqui. A Coluna Touch LED é a mais recente inovação da Smart Talk e também vai estar com desconto considerável neste dia (preço promocional de 23,99€).

Perfeita para Ipod, Iphone ou smartphone ou outro dispositivo de música com transmissao Bluetooh, a Coluna Touch LED muda de cor quando se toca nela pode ser usada como dispositivo alta-voz para falar ao telemóvel. 

Os Óculos Realidade Virtual são também um destaque da Smart Talk. Por um preço promocional de 24,99€, possui um campo de visão alargado e lentes ajustáveis. Com um design inovador e confortável não necessita de fios nem baterias. Os óculos tem uma fita ajustável para que, deste modo, até uma criança os consiga usar. Para os amantes do cinema e dos jogos, estes óculos oferecem um efeito 3D, proporcionando uma experiencia fantástica. 

A Smart Talk vai ter na página de Promoções outros descontos a partir de 20% em todos os produtos selecionados, inclusivé capas para vários modelos de telemóveis a partir de 2,99€!

Estas promoções estarão em vigor apenas no dia 25 de Novembro e apenas na loja online em http://www.smarttalk.pt/

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Alice no País das Maravilhas - Teatro Negro de Praga no CCB de 6 a 8 de Dezembro


Alice já é adulta e as suas recordações levam-na de novo ao País das Maravilhas. Será que a sua memória não a atraiçoa? Será que os seus amigos ainda lá estão? E se recordam dela?
Com direcção artística de Pavel Marek, Alice no País das Maravilhas é um espectáculo de teatro negro, género teatral onde a narrativa se constrói com sombras e jogos de luzes ultravioleta.


Bruno Mars - 24K Magic World Tour


Vencedor de vários prémios Grammy e mundialmente reconhecido, o artista multi-platinado, Bruno Mars, revelou detalhes da sua longa digressão mundial em nome próprio - 24K Magic World Tour (twenty-four karat magic tour). 

A magia passa por Lisboa a 4 de Abril no MEO Arena, e vai ficar até Junho na Europa com espectáculos em Londres, Paris, Madrid, Copenhaga, Zurique entre outras cidades. 

A tour Norte Americana começa a 15 de Julho no T-Mobile Arena em Las Vegas, passando depois por mais de 45 cidades entre EUA e Canadá, antes de culminar em quatro noites no The Forum, em Los Angeles. 

Os bilhetes para a 24K Magic World Tour, produzida pela Live Nation, foram ontem colocados à venda.

A 24K Magic World Tour celebra o tão antecipado novo álbum, 24K Magic (twenty-four karat magic), com data de edição marcada para sexta feira dia 18 Novembro pela Atlantic Records. 

Reservas antecipadas estão disponíveis agora via Bruno Mars Official Store, com todas as reservas antecipadas no referido site a receberem o primeiro acesso aos bilhetes para a 24K Magic Tour.

A 24K Magic World Tour marca a primeira longa tour de Bruno Mars desde o enorme sucesso do Moonshine Jungle World Tour, um blockbuster internacional que vendeu mais de 2 milhões de bilhetes mundialmente em 155 datas esgotadas, incluindo Portugal. 



Sobre Bruno Mars

O múltiplo vencedor de prémios GRAMMY® e 20 vezes nomeado para um GRAMMY®, Bruno Mars já vendeu mais de 170 milhões de singles e mais de 26 milhões de álbuns mundialmente, o que faz dele um dos artistas com mais vendas de sempre. 

O cantor aclamado pela crítica, escritor, produtor, director e músico, dominou recentemente as tabelas com o hit single mundial “Uptown Funk.” O RIAA (Recording Industry Association of America) certificou o single com o estatudo de diamante, por ter feito história como o single que mais tempo liderou o Billboard “Hot 100” dos anos 2010s, e é somente o décimo single na tabela, que tem 57 anos de história, a passar 14 semanas no primeiro lugar. “Uptown Funk” recebeu um sem número de honras entre as quais, três prémios GRAMMY® 2016, incluindo o muito cobiçado “Álbum do Ano”. Mais, o videoclip de “Uptown Funk” recebeu o prémio 2016 MTV Video Music Award para “Melhor Vídeo Masculino.”

Mars voltou ao palco do intervalo do Super Bowl em Fevereiro, para actuar junto de Beyoncé e Coldplay. A sua performance histórica em 2014, fez história na NFL sendo o segundo intervalo do Super Bowl mais visto de sempre, arrecadando uma audiência recorde de mais de 115.3 milhões, tudo isto sendo o artista mais novo a apresentar-se como o único cabeça de cartaz do Super Bowl Halftime. 

De acordo com a Billboard, Mars atingiu os primeiros cinco singles número um no “Hot 100” mais rápido do que qualquer artista masculino desde Elvis Presley. Como cantor, escritor e produtor, Bruno Mars já acumulou um catálogo incrível de 35 hits “Hot 100” até à data.

Guilherme & Alquimistas - Novo álbum já à venda e em streaming


“Retornar” é o novo álbum de Guilherme & Alquimistas com edição e distribuição digital, nas principais lojas e plataformas digitais.

Guilherme Abreu, o homem por detrás destas criações, define-se como um cantautor. Escritor, músico e psicólogo, é na música, sempre apoiado pelos Alquimistas ( Higino Costa na guitarra, Aranha no baixo, e Edys Silva, na bateria) que Guilherme encontra o seu veículo preferido para transmitir impressões dum universo pessoal, retratar e iluminar momentos, transparecer vivências e sentimentos. Um encontro com o Rock em bom português, produzido por Marco Nunes (Comité Caviar). 

“Retornar” apresenta uma mão cheia de canções de alma rasgada, talhadas a fundo na matriz do rock, quase sempre regidas pela temática do amor em discurso directo e pela rudeza das guitarras. São seis enérgicos temas, onde Guilherme Abreu procura dar a melhor estrutura possível aos impulsos criativos que lhe surgem, com um resultado bastante melódico e harmonioso:

1- Voltar a Ti
2- Sentimento
3- Quem Sou
4- Confia Em Mim
5- Mágoa
6- Vampiros


Guilherme & Alquimistas foi um dos talentos descobertos pelo músico Pedro Abrunhosa quando criou a sua própria editora, a Boom Studios Inc., através da qual se dedicou à contratação de novos talentos. “Às Vezes Somos Demais”, o primeiro álbum de Guilherme & Alquimistas, foi editado em 2011, pela Boom Studios Inc.
Desde então, houve ainda lugar “Para Voar”, o single lançado em 2013 que assinala o intervalo entre os dois álbuns.

Scott Bradlee’s Postmodern Jukebox nos Coliseus em Abril


O coletivo Scott Bradlee’s Postmodern Jukebox atua nos Coliseus no próximo mês de Abril. A banda sobe ao palco do Coliseu de Lisboa dia 11 de Abril e no dia seguinte ruma ao norte para um concerto no Coliseu do Porto.


A banda formada pelo pianista e compositor Scott Bradlee, em 2013, chamou a atenção da crítica e dos fãs graças à sua interpretação inteligente de temas pop de sucesso, adaptados aos estilos Jazz, Ragtime e Swing. A transformação de canções que poderiam ter sido escritas para artistas como Louis Armstrong, Ella Fitzgerald, Judy Garland, ou Nina Simone, como foi o caso de covers de sucesso como “We Can’t Stop”, Miley Cyrus, ou “All About The Bass”, “Creep”, “Royals”, garantiu ao grupo o sucesso  que têm estado a dar provas de ter alcançado.


Hoje o canal de Youtube do coletivo conta com mais de um dois milhões de subscritores. Para os fãs e adeptos das sonoridades dos anos 50, este é gantidamente um espetáculo genuinamente divertido e imperdível.


Sony PS4 Pro e novas televisões


A Sony esteve presente no evento Lisboa Games Week, que decorreu de 17 a 20 de Novembro na Fil, Parque das Nações, com um stand de 1500 m2, onde juntou a sua gama de televisões 4K HDR com o mais recente lançamento da Sony Interactive Entertainment, a PlayStation®4 Pro (PS4 Pro), para proporcionar a melhor experiência de jogo aos visitantes desta grande convenção portuguesa de videojogos, tecnologia e entretenimento.

Oferecendo jogos e entretenimento de qualidade 4K, a PS4 Pro fornece uma maior potência gráfica e de processamento, com maior detalhe e uma precisão visual sem precedentes. Como todas os consolas PS4, a PS4 Pro também suportará a tecnologia HDR.

Com uma TV HD 4K da Sony pode-se disfrutar de títulos melhorados da PS4 com uma qualidade 4K surpreendente (ou ainda numa resolução mais elevada); bem como desfrutar de recursos tais como melhor qualidade gráfica e de framerates.

O X-tended Dynamic Range Pro também está disponível na gama 4K HDR da Sony, o que significa que o contraste entre as luzes mais claras e as sombras mais escuras também será reproduzido. Também permite ver uma faixa de brilho mais três vezes do que a de uma TV de LED convencional; por isso, quer esteja a jogar com o seu clube favorito ou a fazer uma viagem, através de um mundo pós-apocalíptico, os jogos vão ser mais nítidos, mais claros e mais realistas do que nunca.

A TV 4K HDR da Sony oferece alto brilho e contraste com a exclusiva tecnologia TRILUMINOS, ajudando a criar saturações de cor e sutilezas que tornam os jogos reais. Com uma paleta mais ampla de cores e tonalidades mais naturais, os jogos aparecerão com bonitos detalhes.

Pedro Jesus, Diretor de Marketing da Sony Iberia, afirma: "Estamos sempre a procurar proporcionar aos nossos clientes a melhor experiência. A diferença que o 4K faz ao desporto, aos filmes e a outros entretenimentos é incrível e, através da gama de TVs Sony 4K HDR, estamos satisfeitos por poder proporcionar experiências mais imersivas e reais do que nunca".

A gama de televisores HDR 4K da Sony, incluindo as séries ZD9, XD94/93, XD85, SD85, XD83, XD80, SD80 e XD75/70, são o parceiro perfeito para a nova PS4 Pro, independentemente do seu orçamento. Para obter mais informações, visite www.sony.pt.

Vodafone Cuckoo


As confirmações que faltavam conhecer para a edição deste ano do Vodafone Mexefest aqui estão: Capitão Fausto e Moulinex + Da Chick são os artistas confirmados para o Vodafone Cuckoo.

Como um relógio que toca à hora marcada, quando o Vodafone Cuckoo soar anuncia-se a chegada de uma performance exclusiva. O quinteto lisboeta Capitão Fausto ocupa o Vodafone Cuckoo no dia 25 e a dupla Moullinex e Da Chick no dia 26, com os artistas a subirem à varanda do Coliseu dos Recreios duas vezes por cada noite de Festival, às 20h00 e às 22h00. Atuações únicas, pensadas especificamente para o Vodafone Cuckoo e adaptadas ao local inédito onde se realizam.

A par do Vodafone Cuckoo, a edição deste ano do Vodafone Mexefest apresenta outras ações especiais: as Vodafone Vozes da Escrita e os Concertos Surpresa Vodafone.
A primeira consiste em sessões de leitura onde a palavra ganha destaque na voz de artistas que fazem das palavras rimas, e das rimas canções: Carlão, Mike el Nite, Da Chick e Fuse. Já os Concertos Surpresa Vodafone vão levar a música a toda a gente, mesmo para quem não tem pulseira do Festival. Em cada dia realiza-se um espetáculo de que ninguém está à espera, com o nome do artista, o horário e o local a serem revelados apenas no próprio dia. Os concertos, de artistas consagrados, vão acontecer no eixo Avenida da Liberdade-Rossio.

Elza Soares e Céu vencem Grammys latinos

Elza Soares, que no próximo dia 26 atua no Vodafone Mexefest, venceu  na T-Mobile Arena, em Las Vegas, nos Estados Unidos, o Grammy latino para Melhor Álbum de Música Popular Brasileira, para “A Mulher do Fim do Mundo”. Céu, que atua no dia 25 de Novembro no Cinema São Jorge, ganhou dois, para Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Português e Melhor Masterização, ambos pelo álbum “Tropix”. É um privilégio receber no Vodafone Mexefest as duas cantoras premiadas. Dois concertos a não perder!

Sara Tavares é a confirmação de última hora do Vodafone Mexefest


A cantora portuguesa com ascendência cabo-verdiana está de volta aos discos e aos palcos com o tema “Coisas Bunitas”. É um sussurro delicioso que levanta o véu e nos convida para regressar ao mundo de Sara Tavares, cujo último vislumbre que tivemos foi em 2009 com “Xinti”. Em “Coisas Bunitas”, a Mana Sara (nome por que é conhecida pelos que lhe têm afeto) volta também à produção, onde se sente igualmente confortável. Embora tenha estado sete anos longe do estúdio, Sara Tavares sempre foi aparecendo e partilhando as suas ideias musicais numa série de projetos.
O novo álbum ainda não tem data marcada, mas fica já claro ao que vem neste “Coisas Bunitas”, nas entrelinhas de cada nota tocada pelo teclado mestiço de João Gomes, a ginga do baixo e guitarra de Manecas Costa e a batida inconfundível do N'Du.
O palco é uma extensão de Sara Tavares. Será um provilégio recebê-la na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge, no Vodafone Mexefest.


Por motivo de doença, as KING viram-se obrigadas a cancelar os próximos concertos agendados, entre os quais o do Vodafone Mexefest de dia 26 de Novembro. O cancelamento deve-se a um problema de ouvidos de Amber Strother, que a impede de atuar e viajar de avião.

Aerosmith - Bilhetes já à venda


Aerosmith, a maior banda de Rock 'N' Roll da América, acaba de anunciar uma gigantesca digressão europeia, com arranque em maio do próximo ano. Esta será a tournée de despedida, onde a banda irá dizer “Aero-Vederci Baby!”.




#efeitoSOLinSI em Mafra


Os SOLinSI são um grupo musical recém-formado no Concelho de Mafra com o propósito de apresentar, num formato musical inédito, repertório diversificado que mistura ritmo, som e movimento. Com o objetivo de promover o fascínio da arte vocal aplicada à música de entretenimento, os SOLinSI apresentam um conceito musical que promete cativar o público, abordando diferentes estilos, tais como a música gospel, a música ligeira, musicais e bandas sonoras.

Criar música em grupo é criar um contexto de emoções difícil de descrever, mas é a partilha desses momentos e sentimentos que caracteriza de forma especial o trabalho deste grupo.

Assim, no próximo dia 26 de novembro, os SOLinSI vão apresentar o seu trabalho pela primeira vez e prometem contagiar tudo e todos com a sua alegria e energia em palco, onde o espírito de união, entreajuda e amizade serão uma constante. Os SOLinSI vão surpreender, inspirar o público através da música e proporcionar momentos de emoção e diversão que não vão deixar ninguém indiferente.

É com certeza absoluta que vão dar o seu melhor e partilhar toda a energia (positiva) com quem os rodeia! A Escola Secundária José Saramago vai encher-se de sorrisos, de muita música, expressividade, cor e alegria! 

SOLinSI - Concerto de Estreia - 26 de Novembro 21h na Escola Secundária José Saramago em Mafra .

Casino Estoril celebra 85 anos com Concerto de Mariza e inauguração de exposição histórica


Inaugurado em 1931, o Casino Estoril celebra amanhã o seu 85º aniversário. O programa festivo inicia-se, às 19 horas, no átrio principal, com a inauguração da exposição “85 Anos Casino Estoril”. Em noite de Gala, a festa prossegue, às 21 horas, com um jantar dançante com a Orquestra do Hot Clube de Portugal, culminando, pelas 23 horas, com um concerto exclusivo de Mariza no Salão Preto e Prata.

Fiel à sua matriz, o Casino Estoril concebeu, assim, criteriosamente um programa comemorativo de índole cultural, no qual pontifica uma exposição histórica e um concerto único de Mariza. Recorde-se que, em 85 anos de actividade, o Casino Estoril foi precursor de importantes iniciativas artísticas e culturais. Sob concessão do Grupo Estoril Sol, o Casino Estoril organizou memoráveis corsos de Carnaval, bem como espectáculos de music-hall, distinguindo-se, nas três últimas décadas por acolher concertos de dimensão internacional e por levar à cena espectáculos temáticos que granjearam um assinalável prestígio.

Concerto de Mariza no Salão Preto e Prata
Em noite de Gala, Mariza protagoniza, a partir das 23 horas, um concerto exclusivo, privilegiando a melhor música portuguesa no Salão Preto e Prata. Trata-se de um espectáculo único que celebra o 85º Aniversário do Casino Estoril.

Com a sua voz inconfundível, Mariza apresenta um espectáculo muito pessoal e emocional em que se fará acompanhar de bons amigos e reconhecidos nomes da música portuguesa. Rui Veloso, Boss AC e Miguel Gameiro, são os convidados da artista, proporcionando, decerto, momentos únicos no Salão Preto e Prata.

Nesta noite especial estará em destaque “Mundo”, o mais recente álbum de Mariza, que não esquecerá, no entanto, grandes êxitos da sua carreira como “Ó Gente da Minha Terra”, “Chuva” e “O Tempo Não Pára”.

Lançado em Outubro de 2015, o álbum “Mundo”, que conta com sucessos como, por exemplo, “Paixão” ou “Melhor de Mim”, revela o lado mais maduro da artista, deixando o seu mundo a descoberto. 

Com mais de 30 discos de platina, vários prémios nacionais e internacionais e duas nomeações para os Grammy Latinos, Mariza continua a receber prestigiados galardões. Com “Mundo” Mariza foi distinguida com o prémio de “Melhor Artista” nos Songlines Music Awards 2016, atribuídos pela conceituada revista britânica Songlines.

Exposição comemorativa “85 Anos Casino Estoril” no átrio principal
Será inaugurada, às 19 horas, no átrio principal, a exposição comemorativa “85 Anos Casino Estoril”. Trata-se de uma mostra inédita, que exibe um conjunto de objectos e de imagens históricas de iniciativas relevantes promovidas pelo Casino Estoril. A exposição reúne cinco temáticas: História, Jogo, Eventos e Espectáculos, Figuras Públicas e Cultura. A entrada é livre.

A concepção da exposição “85 Anos Casino Estoril” combina, de forma singular, o modelo expositivo tradicional, com o recurso a soluções tecnológicas, permitindo, assim, uma visualização muito apelativa dos registos históricos do Casino Estoril.

A exposição evidencia a importância do Casino Estoril na concepção e promoção de numerosas actividades lúdicas, artísticas e culturais. Com uma componente muito interactiva, esta singular mostra promete surpreender os visitantes do Casino Estoril.

Em cada área temática, os visitantes poderão assistir, em vídeo, a pequenas entrevistas com numerosas personalidades que tiveram, ao longo dos anos, um papel relevante em diferentes sectores do Casino Estoril.

Com múltiplos polos de interesse, a exposição comemorativa “85 Anos Casino Estoril” estará patente numa extensa área do átrio principal, localizada em parte da área circundante ao Lounge D. 

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Black Friday to Friday ClubeFashion


O ClubeFashion antecipou a Black Friday com campanhas de arrasar que fazem o Natal chegar mais cedo.

Black Friday to Friday. São 8 dias com excelentes oportunidades e entregas grátis, em 48 horas. Até 25 de Novembro, o maior portal privado de moda em Portugal, oferece entregas grátis e em 48 horas, em várias campanhas assinaladas.                                                         

É uma excelente oportunidade para comprar presentes de Natal das melhores marcas, ao melhor preço, e evitar o trânsito, as filas e o caos da época natalícia.

Encontre as melhores marcas de moda nacionais e internacionais, para homem, mulher e criança, mas também artigos de casa e decoração, com ofertas imbatíveis. 

O Islão Político: Ontem e Hoje


«O Islão: Ontem e Hoje», da autoria de John M. Owen, já chegou às livrarias, pela Bertrand Editora. 

«Como pode o mundo ocidental de hoje responder aos desafios do Islão político?». Para responder a esta questão, o autor compara a luta entre o islamismo e o secularismo a outros choques ideológicos ocorridos na história do Ocidente. 
John M. Owen examina os últimos conflitos – como foram apoiados por redes subterrâneas, como fomentaram o radicalismo e a revolta e como desencadearam intervenções estrangeiras e conflitos internacionais –, apresentando-nos uma perspetiva inovadora sobre o Islão político. 
Segundo a Publishers Weekly, «Owen é generoso, racional e equilibrado (…). É suficientemente astuto para entender a amplitude das diferenças práticas que bloqueiam a resolução de conflitos.»

O autor, especialista em Ciência Política e Relações Internacionais, é atualmente professor da Universidade da Virgínia (EUA) e colaborador do projeto pela Liberdade Religiosa do Centro Berkley de Estudos sobre a Religião, a Paz e os Assuntos Internacionais, da Universidade de Georgetown.

Sobre o autor

John M. Owen IV é especialista em Ciência Política e Relações Internacionais. Doutorado em Harvard, é atualmente professor da Universidade da Virgínia (EUA) e colaborador do projeto pela Liberdade Religiosa do Centro Berkley de Estudos sobre a Religião, a Paz e os Assuntos Internacionais, da Universidade de Georgetown. As suas investigações focam-se na forma como as semelhanças e as diferenças ideológicas e culturais transnacionais afetam e influenciam as relações internacionais, na evolução do islamismo e do capitalismo autoritários e nos ciclos de vida dos vários regimes políticos e respetiva expansão geográfica.