quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Estoril Sol institui novamente o Prémio Vasco Graça Moura


Está aberto o concurso para atribuição da 5ª edição do Prémio Vasco Graça Moura - Cidadania Cultural, instituído pela Estoril Sol. Com o valor pecuniário de 20 mil euros, este Prémio foi lançado em 2015, sendo já considerado uma das mais prestigiadas iniciativas que integram o calendário de eventos culturais a nível nacional. O prazo de recepção das candidaturas exteriores ao júri termina a 22 de Novembro.

Com periodicidade anual, o Prémio Vasco Graça Moura, está reservado a uma personalidade de nacionalidade portuguesa, que se tenha notabilizado por um conjunto de obras, ou por uma obra original e inovadora de excepcional valia para a Cidadania Cultural do País. 

Segundo o regulamento, o Prémio poderá ser atribuído a um escritor, ensaísta, poeta, jornalista, tradutor ou produtor cultural que, ao longo da carreira haja contribuído para dignificar e projectar no espaço público o sector a que pertença.

Ao promover este Prémio, a Estoril Sol assume a convicção de que a sua natureza e abrangência serão o justo reconhecimento pela obra multidisciplinar de Vasco Graça Moura, e pela sua imensa, profícua e invulgar polivalência criativa.      

As candidaturas deverão ser apresentadas e fundamentadas pelos membros do Júri e por personalidades ou entidades que o desejem fazer.

Todas as candidaturas exteriores ao Júri deverão ser remetidas em correio registado, ou serem entregues, por protocolo, até 22 de Novembro de 2019, no seguinte endereço: “Prémio Vasco Graça Moura – Cidadania Cultural ” Gabinete de Imprensa da Estoril Sol – Casino Estoril – Av. Dr. Stanley Ho - 2765-190 Estoril."

Recorde-se que, o escritor e ensaísta Eduardo Lourenço venceu, em 2016, a primeira edição e, no ano seguinte, foi distinguido o director do quinzenário “JL – Jornal de Letras, Artes e Ideias” José Carlos Vasconcelos. Em 2018, a terceira edição do Prémio Vasco Graça Moura foi entregue a Vítor Aguiar e Silva, académico, ensaísta e prestigiado camoniano. Já este ano, na sua quarta edição, o Prémio foi atribuído a Maria do Céu Guerra, actriz e encenadora, que desenvolveu, ao longo de mais de cinco décadas, uma carreira ímpar ligada às artes.

O Prémio será atribuído por um Júri presidido por Guilherme D`Oliveira Martins, cuja base é comum à dos Prémios Literários Fernando Namora e Revelação Agustina Bessa-Luís - ao qual presidiu Vasco Graça Moura.

Natal no Alegro Alfragide


O dia 16 de Novembro vai ser mágico e marca o início das celebrações de Natal no Alegro Alfragide, com a tradicional Chegada do Pai Natal, que fará as honras na inauguração da Pista de Gelo. A animar ainda mais a festa, vão estar as personagens do espetáculo “O Feiticeiro de Oz no Gelo”, para um dia único e cheio de emoção.

Está a chegar a época mais encantadora do ano e o Alegro Alfragide preparou muitas surpresas para toda a família. Como já é tradição, a Chegada do Pai Natal é um dos momentos altos dos festejos natalícios, altura em que os mais pequenos se preparam para se sentar no colo do velhinho das barbas brancas e fazer os pedidos de presentes, enquanto tiram uma fotografia de recordação.

A Chegada do Pai Natal ao Alegro Alfragide está marcada para o dia 16 de Novembro, às 12h00, com a tão esperada parada pelo centro que o levará até à Ilha do Pai Natal, onde se situa o famoso Trono, junto à Pista de Gelo, que permanecerá até 24 de Dezembro.

A festa continua no Alegro Alfragide e, de seguida, o Pai Natal vai fazer as honras da inauguração da Pista de Gelo, onde miúdos, graúdos e até os patudos lá de casa vão poder exibir as suas habilidades de patinadores. Sim, é verdade, a pista vai estar aberta aos cães, para que todos se possam divertir.

Mas o bonacheirão Pai Natal não chega sozinho ao Alegro Alfragide e a acompanhá-lo em todo o percurso vai estar o elenco do espetáculo musical “O Feiticeiro de Oz no Gelo”, com um desfile bem animado desde a tenda do espetáculo, no exterior, até à Ilha do Pai Natal, na Praça Principal.

No ano em que se comemora o 80º aniversário de “O Feiticeiro de Oz”, as personagens de L. Frank Baum chegam neste dia ao Alegro Alfragide para apresentar mais um espetáculo memorável de Natal, com uma adaptação deste clássico do cinema que vai deixar toda a família encantada. O musical “O Feiticeiro de Oz no Gelo” vai estar em cena de 22 de Novembro a 12 de Janeiro, este ano com nomes como Marta Andrino e Isaac Alfaiate no elenco principal.

Galeria Beltrão Coelho recebe exposição “Sui Generis”



A Galeria Beltrão Coelho inaugurou a exposição “Sui Generis”, com obras de arte da escultora/ceramista Maria Amélia Ramos e do pintor Pedro César Teles.

“Sui Generis” surge da amizade que junta estes dois artistas, com o intuito de alertar para a necessidade de desbravar novos caminhos e abrir portas para outras e novas visões. Os “bichos” surgem aqui como mensageiros, num terreno onde a imaginação intenta as peculiaridades da realidade.

Maria Amélia Ramos é natural de Lisboa e economista de profissão, desenvolvendo o seu trabalho artístico em paralelo com a sua actividade profissional. A cerâmica escultórica é actualmente a linguagem artística que privilegia e objecto do seu campo de actividade dado o fascínio de uma arte que conjuga os quatro elementos: terra, ar, água e fogo. Nesta exposição, apresenta peças em cerâmica cozida a elevadas temperaturas e trabalhadas com uma paleta de vidrados diversificada, parte das quais inspirada na obra do artista plástico Pedro César Teles.

Pedro César Teles nasceu em Angola, estudou e viveu em diversas regiões de Portugal. Fez a licenciatura em Teologia (Universidade Católica Portuguesa), frequentou a licenciatura em Direito (Universidade Clássica de Lisboa) e fez mestrado em Psicologia da Adolescência (Universidade Nova de Lisboa). A sua obra integra diversas colecções particulares (nacionais e estrangeiras) e está representada em várias instituições. Assume-se como autodidacta e, paralelamente ao universo das artes, desenvolve actividade docente há cerca de 27 anos.



A exposição é gratuita e poderá ser visitada até 13 de Dezembro, de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 17h30.

A Galeria Beltrão Coelho foi criada em 2015 com o propósito de promover e auxiliar o progresso da arte em todas as suas manifestações, defender os interesses dos artistas e permitir aos seus visitantes um momento de viagem para outras realidades, transportando-os para um mundo de novas emoções.

Exposição: “Sui Generis” – MAR – Maria Amélia Ramos e Pedro César Teles
Data: até 13 de Dezembro
Horário: de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 17h30
Local: Galeria Beltrão Coelho – Rua Sarmento Beires, 3A 1900-410 Lisboa

Etiqueta Moderna – O Manual das Novas Boas Maneiras, por Vasco Ribeiro



Quem considera ou supõe que a etiqueta é algo com prazo de validade ou até mesmo ultrapassado, desengane-se. Etiqueta Moderna – O Manual das Novas Boas Maneiras, de Vasco Ribeiro, vem provar exactamente o contrário ao constituir um guia prático repleto de dicas para responder aos novos desafios da sociedade moderna, ao retratar situações e episódios da vida contemporânea com os quais todos temos de lidar. Para o autor, a etiqueta não desapareceu e tão pouco é algo fútil ou apenas reservado a pessoas snobes ou que nasceram em «berço de ouro».

Em Etiqueta Moderna – O Manual das Novas Boas Maneiras podemos encontrar uma abordagem moderna no que à etiqueta e boas maneiras diz respeito em matérias como:
 Redes sociais em 15 regras básicas;
 Formas de tratamento interpessoais;
 Etiqueta moderna no emprego, quer em contexto quotidiano quer em contexto internacional;
 Etiqueta moderna em público, desde dress code em eventos, como se comportar quando viaja, como lidar com o seu animal de estimação em qualquer circunstância, e até mesmo como gerir as reclamações quando insatisfeito com algo;
 Etiqueta moderna à mesa, que passa ainda pela gestão do uso dos smartphones, bem como das crianças e jovens à mesa;
 Por fim, e não menos importantes, quais são os 12 erros mais comuns da etiqueta moderna.

Sinopse:
Um atualizar de ideias que não dispensa a melhor tradição
• Smartphone à mesa: sim ou não?
• A mulher pode ou não pagar o jantar?
• Devemos saber estar nas redes sociais?
• Que roupa vestir para uma entrevista de emprego?
• Com se faz networking? E como se constrói uma imagem profissional?

O mundo e a sociedade estão a mudar. Todos os dias, as novas gerações operam transformações nos comportamentos face às gerações anteriores. Porém, conceitos como civismo, bom senso, saber-estar, cortesia, boa educação, urbanidade, tradição ou boas maneiras não perderam actualidade. Por isso, a etiqueta é hoje mais importante do que nunca, ainda que numa versão transformada e modernizada. Foi com o intuito de dar corpo a um novo paradigma da etiqueta e das boas maneiras que Vasco Ribeiro, professor universitário na área do turismo e da hotelaria e especialista em etiqueta, desenvolveu este pertinente manual. Etiqueta Moderna é um livro prático que, adaptando e actualizando as regras clássicas, apresenta uma versão renovada da etiqueta.
Em tempos de grande sofisticação tecnológica, este livro dá a conhecer os preceitos e os comportamentos correctos em ocasiões e contextos aos quais a etiqueta clássica não sabia dar resposta. Dos princípios gerais da etiqueta moderna, passando pelos eventos, pelo emprego, pelo estar à mesa, por recepções em casa ou por viagens para outros países, este livro é o melhor aliado de quem pretende apresentar sempre a melhor versão de si mesmo.
Com prefácio de Ricardo Carriço

Toy no Museu FC Porto


João Gil (14 de Novembro) é o próximo convidado e Dezembro “Chama o António” ao Coração do Porto, para o último serão de 2019 do evento. Depois, o novo ano começa com um nome já referencial entre os talentos mais recentes em Portugal. 

A quinta temporada do Dar Letra à Música (DLAM) mantém o evento na linha das principais referências de entretenimento puro na cidade Invicta. Sempre com estreias no auditório do Museu desde a primeira sessão de sempre (época 2015/16) destas noites de música e conversa no Coração do Porto, a edição de 2019/20 alinha pela mesma nota de qualidade e diversidade, reservando mais três sessões marcantes, com João Gil, Toy e Janeiro a juntarem-se a uma assinalável coletânea de ilustres convidados.

No dia 14 de Novembro, o auditório do Museu será a nave onde João Gil vai viajar no tempo e percorrer a música e outras histórias de uma carreira que já passa a marca dos 40 anos. Guitarrista e compositor que faz parte da identidade de referências tão marcantes como Trovante, Ala dos Namorados, Rio Grande ou Cabeças no Ar, sem esquecer projetos tão essenciais como Filarmónica Gil, Baile Popular ou Tais Quais, João Gil também assina temas eternos e populares como “125 Azul”, “Perdidamente”, “Timor”, “Solta-se o beijo”, “Postal dos Correios” ou “Saudade”.

O serão de 5 de Dezembro promete ser outro momento inesquecível no DLAM. A música e a boa disposição contagiante de Toy têm tudo para conjugar na medida certa com o ambiente informal do evento, adivinhando-se uma sessão que, se durasse toda a noite, talvez não chegasse para percorrer toda a carreira de um artista tão paradigmático. “Dias de Paz”, “Mãe (Três Letras de Saudade)”, “Chama o António”, “Estupidamente Apaixonado”, “Olhos de Água”, “És tão Sensual” ou “Coração não tem idade (vou beijar)” são cartões de visita de uma extraordinariamente longa lista de sucessos distribuídos por dezenas de singles, LP’s, coletâneas e edições ao vivo de um fenómeno de popularidade que também pertence à história da televisão nacional.

Depois de Toy e do adeus a 2019, a quinta época do DLAM prossegue logo no primeiro mês de 2020 e apresenta um novo talento da música portuguesa. Janeiro (dia 23) chega com… Janeiro e, certamente, o jovem músico natural de Coimbra vai selecionar temas saídos do álbum “frag.men.tos” ao partilhar canções e histórias numa sessão que, aliás, antecede a passagem deste emergente artista na Casa da Música (Porto). Um EP gravado em casa, as “Janeiro Sessions” com convidados como Miguel Araújo e Ana Bacalhau e uma experiência no Festival da Canção da RTP por convite de Salvador Sobral fazem parte dos capítulos de vida e carreira a explorar numa noite de boa disposição no auditório do Museu.

Com as perguntas e o humor a cargo da habitual dupla de apresentadores e provocadores, o evento é uma organização do Museu FC Porto, em parceria com a Associação Sótão Paralelo (“Conta-me Histórias”), sujeito à lotação da sala. Bilhetes à venda no balcão do Museu e em ticketline.sapo.pt.

Jogos de Tabuleiro no Alegro Montijo


Dados a postos, cartas na mão, estratégia em ação! Dias 1, 2 e 3 de Novembro o Alegro Montijo reúne os fãs de jogos de tabuleiro e cartas colecionáveis num evento pensado para toda a família onde não vai faltar astúcia e diversão.

Miúdos e graúdos estão convidados para demonstrações de jogos de tabuleiro da Devir onde todos podem participar e aprender as regras ou quiçá aperfeiçoar as suas táticas de jogo. E porque a casa de partida não vive só de dados, este evento vai contar também com demonstrações das cartas colecionáveis Yu-Gi-Oh! Speed Duel. Quais serão as mais fortes para duelos?

Do Catan ao Carcassone, passando pelo Labirinto Mágico ou o Código Secreto, a perícia vai ser posta à prova, com castelos, mosteiros, alquimistas, espiões ou fantasmas, sempre com uma grande dose de fairplay e boa disposição.

As demonstrações vão decorrer na Praça do Moinho, entre as 10h00 e as 20h00, acompanhadas por promotores disponíveis para ensinar as regras a todos os interessados.

Reúna a família e vá ao Alegro Montijo divertir-se nestes três dias dedicados aos jogos.

Parque Nascente decorado com peças solidárias



Na próxima visita ao Parque Nascente, gerido pelo grupo Klépierre em Portugal, os clientes vão ser surpreendidos com uma explosão de cores que alegram os corredores do centro comercial. No âmbito do projecto de solidariedade Mãos Com Vida, o Parque Nascente desafiou os jovens utentes da AADID (Associação dos Amigos das Deficiências Intelectuais e Desenvolvimentais) a criarem peças de arte únicas, produzidas através de materiais reutilizados. Os elementos de decoração estarão em exposição no centro comercial até ao final do mês de Outubro e, posteriormente, serão vendidos num leilão solidário.

A iniciativa Mãos Com Vida insere-se na vertente de responsabilidade social do Parque Nascente, que tem como objectivo promover o bem-estar da comunidade local. Este ano, o centro comercial ajuda a AADID, uma associação local que tem como missão a integração social das pessoas com deficiência. Através da expressão plástica e artística, a instituição promove o desenvolvimento criativo, intelectual e motor dos utentes e o Parque Nascente vem dar uma nova vida às suas criações únicas.

O desafio foi lançado e os resultados foram incríveis! Os jovens da AADID desenvolveram peças de arte plástica, inspiradas em diversos elementos da natureza, que estão em exposição para trazer emoção aos corredores do Parque Nascente e inspirar os visitantes.

Se ainda não visitou o centro comercial, não deixe escapar a oportunidade para ver estas verdadeiras obras de arte que vão estar expostas até ao final do mês de Outubro. Árvores, folhas e pássaros são algumas das recreações artísticas que os utentes da associação criaram com as suas próprias mãos, à base de materiais reciclados, como o cartão e o plástico. A pedido de muitos visitantes do centro comercial, estas peças serão ainda vendidas num leilão solidário, cujos fins lucrativos revertem na totalidade para a AADID.

Vamos manter esta Mãos Com (mais) Vida do que nunca no Parque Nascente!

Estreias de cinema de 31 de Outubro de 2019


Esta semana dentre as várias estreias de cinema nas salas nacionais o "Cultura e não Só" destaca as seguintes:


Doutor Sono

“The Shining", o romance publicado por Stephen King em 1977, deu origem, três anos mais tarde, a um filme realizado por Stanley Kubrick, com Jack Nicholson como protagonista, que se transformou num dos maiores clássicos do cinema de terror. Em 2013, o escritor decide continuar a história de Danny, o rapazinho com poderes paranormais que sobreviveu ao aterrorizante Inverno no hotel Overlook. A acção do livro, assim como a deste filme,  decorre várias décadas depois dos eventos de “The Shinning”. Dan, já adulto, é um homem traumatizado e alcoólico, tal como o pai. Quando conhece Abra, uma adolescente que também possui o “brilho”, percebe que ela está a ser perseguida por um perigoso grupo de caravanistas autodenominado de Nó Verdadeiro. Essas pessoas sobrevivem ao longo dos séculos, alimentando-se do “brilho” de certas pessoas, que lhes é retirado em vapor através de longos rituais de tortura. Mas o poder de Abra é mais forte do que todos podiam imaginar.
Com argumento e realização de Mike Flanagan (“Before I Wake”, “Jogo Perigoso”), um filme de terror que conta com Ewan McGregor no principal papel; Rebecca Ferguson, Carl Lumbly, Zahn McClarnon, Emily Alyn Lind, Bruce Greenwood, Jocelin Donahue, Alex Essoe e Cliff Curtis assumem as personagens secundárias.


Exterminador Implacável: Destino Sombrio

Mais de duas décadas depois de Sarah Connor impedir o Dia do Julgamento, a sua luta recomeça quando percebe que uma nova estirpe de ciborgue foi enviada do futuro pela Skynet – o sistema informático que controla as máquinas e que está determinado a exterminar o que resta da raça humana. Desta vez o objectivo é matar a jovem Dani Ramos, futura líder da Humanidade. Mas a ajudar Sarah nesta luta desigual estará T-800 (novamente protagonizado por Arnold Schwarzenegger), o ex-exterminador que agora luta ao lado dos bons. 
Linda Hamilton e Schwarzenegger regressam ao grande ecrã na pele das suas icónicas personagens, num filme que continua a história narrada por James Cameron em "Exterminador Implacável 2: O Dia do Julgamento" (1991) – também responsável pelo primeiro “O Exterminador Implacável” (1984). A realização fica a cargo de Tim Miller ("Deadpool"), a produção é da responsabilidade de Cameron. Os actores Mackenzie Davis, Natalia Reyes, Gabriel Luna e Diego Boneta juntam-se ao elenco. 



A Família Addams

Todas as famílias são diferentes. Contudo, a família Addams é ainda mais diferente do que as outras. A viver numa decrépita mansão no topo de uma colina nebulosa, Morticia, Gomez, Wednesday, o tio Fester e a avó estão empenhados em preparar o pequeno Pugsley para um momento importantíssimo da sua vida: o “Sabre Mazurka,” um rito de passagem usado há vários séculos que lhe dará finalmente o estatuto de homem adulto. Mas, ao mesmo tempo que Pugsley se esforça para aprender as complicadas regras da cerimónia, a jovem Wednesday, antes tranquila, enfrenta as terríveis dores de crescimento. E quando a ela faz amizade com a filha de uma apresentadora de televisão que mora nas redondezas, Morticia vai ter de enfrentar o maior desafio da sua vida: aceitar as exigências da filha, que pretende ingressar na escola pública e tornar-se um pouco “normal”…
Uma comédia de animação em 3D que se inspira na BD criada por Charles Addams, que se tornou famosa em 1991, após ter sido adaptada ao grande ecrã por Barry Sonnenfeld e cujas personagens foram encarnadas por Anjelica Huston, Raul Julia, Christopher Lloyd e Christina Ricci. Esta versão animada, realizada por Conrad Vernon e Greg Tiernan, conta com as vozes de Oscar Isaac, Charlize Theron, Chloë Grace Moretz, Finn Wolfhard, Nick Kroll, Snoop Dogg, Bette Midler, and Allison Janney. 

Crónica de Viagens - Jorge Santos


Já vestiram os casacos? Então, aqui vamos nós até Ushuaia...

Passaram 4 horas desde que deixei Buenos Aires. O sinal de apertar os cintos anuncia a nossa descida. Estou quase aterrar na terra do fogo...
Incrível, pensar que Antártida está mesmo ali ao meu lado. A descida é rápida e a pique. Pista pequena mas envolvida numa paisagem de cortar a respiração, em tons de branco.

Mal a porta do avião se abre, sinto o ar gélido na minha cara. Paro e, por momentos, fico ali, em plena escada do avião, contemplando tamanha beleza. Seja pela enorme cordilheira Martial ou pelo estreito de Beagle.

Cheguei ao fim do Mundo! Curiosa esta designação pois dá nome a tudo o que existe nesta zona, tal é o seu aproveitamento, ex: Comboio do fim do Mundo, campo de futebol do fim do mundo;  cemitério do fim do Mundo etc...


A cidade é portuária e não especialmente bonita, mas tem algo, tem uma identidade própria com a sua Avenida San Martín, a principal de Ushuaia, cheia de lojas e excelentes restaurantes, onde podemos degustar os famosos frutos do mar. Destaco, sem dúvida, o caranguejo gigante, com a particularidade de ser fresco e pescado na hora!...Amei...!

No dia seguinte, corro para o Porto ao som das sirenes dos navios e das gaivotas que teimam em dar as boas vindas aos muitos barcos de turismo e de expedições vindos da Antártida.

O dia está lindo mas esta zona do globo é extremamente instável e, a qualquer momento, tudo pode mudar, à que apressar!


Quero apanhar o barco o mais cedo possível e aproveitar o sol para admirar um dos pontos altos desta visita à Terra do Fogo: o famoso rochedo dos leões marinhos, bem no meio do canal de Beagle. 

A vista da cordilheira gélida, observada no meio do canal, é impressionante e imponente mas impossível de transmitir por palavras. Temos que viver este momento!

Sinto os motores do barco a desacelerar e o rochedo aproxima-se dos nossos olhos. Chegou o momento! 
Abrimos uma das portas de acesso ao exterior do navio e lá estão eles, com todo o seu esplendor, os Leões Marinhos no seu estado selvagem mais puro. Inimaginável!...


Por momentos, vem-me à memória tantas e tantas manhãs de domingo, onde encostava a cabeça ao colo do meu pai, ou da minha mãe, e observava atentamente os programas de animais selvagens, que passavam na RTP 1... Saudades ...

Agora estou em frente a eles, ao vivo e a cores, no seu habitat, na sua casa!
Fico mais de 1 hora a observar tamanha beleza. Machos e fêmeas brincando com as suas crias, sem ameaças por perto!

De regresso, passamos pelo não menos famoso Farol Les Ecaireurs, apelidado, como não podia deixar de ser, de “ Farol do Fim do Mundo”.


De volta à cidade, preparo-me para a minha segunda visita: o Parque Nacional da terra do fogo com os seus 63 mil hectares. Estamos a 31 mil Kms de Buenos Aires. Ali podemos contemplar a natureza morta por força das temperaturas gélidas, as imensas barragens construídas por castores, uma autêntica praga ambiental, e claro, como não podia deixar de ser, ... um pequeno passeio no trem do fim do Mundo!

Na manhã seguinte, da janela do meu quarto olho a cordilheira dos andes bem ao fundo e começo a pensar no meu próximo destino: “ Calafate “, onde iria viver um dos momentos mais sensíveis e extraordinários da minha vida... mas por hoje não vos quero cansar mais, até porque a viagem já vai longa!

Arrumo a minha mala e preparo-me para deixar Ushuaia ...
Vai deixar saudades a ilha dos lobos, com os seus leões marinhos, a aparição de alguns pinguins, e a própria cidade. 

Para mim, Ushuaia não é apenas um porto de abrigo para cruzeiristas, ou barcos de expedições vindos da Antártida, pernoitarem uma ou duas noites.


Ushuaia, foi um dos locais do Mundo mais bonitos em que pude contemplar a natureza no seu estado mais selvagem e puro. Em Ushuaia, senti como nós humanos somos tão pequeninos perante a mãe natureza!

Por fim gostaria de pedir desculpas a todos os leitores, pela minha ausência na semana passada, assim como agradecer a preocupação demostrada. Gostaria de dizer que está tudo bem e acrescentar que os ladroes roubaram-me um computador e uma agenda com algumas crônicas que já tinha escrito mas não me roubaram a memória das muitas experiências vividas ao longo dos anos. Como tal, vamos continuar a viajar juntos!

Assim sendo, até Calafate, região que marcou para sempre a minha vida! Para a semana vão perceber por quê....

Forte abraço a todos...

Apresentação Jorge Santos

O meu nome é Jorge Santos, tenho 48 anos e trabalho na Agência Abreu há mais de 33 anos. A minha paixão é a família, e o Mundo, afinal de contas a minha verdadeira casa ao longo dos tempos. Como coordenador nacional dos grupos de lazer da Abreu, acompanho inúmeros clientes por esse mundo fora, assim como construção de viagens à medida e respectivas viagens de inspecção.

O que vou tentar transmitir através de alguns artigos, são simplesmente sentimentos e experiências vividas na primeira pessoa, e não falar tanto da vertente organizativa da viagem em si. 

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Festival Brands Like Bands


O Festival Brands Like Bands deste ano ainda não terminou mas já tem um balanço sobre a sua sétima edição e datas para a próxima em 2020.

Nestas três datas do único Festival de Bandas de Empresas do Mundo, com mais uma que se realizou na Nova SBE, estiveram presentes cerca de 3000 pessoas a assistir e com duzentas pessoas em palco divididas entre 25 empresas.

«O balanço que fazemos até agora é extremamente positivo o que nos obrigou a começar já a organizar o próximo ano, após termos tido também o feedbak das empresas que nos asseguraram de quererem participar em 2020. Assim, e com a forte possibilidade de existirem novamente datas extras, os dias já confirmados para 2020 serão 16 e 31 de Outubro, em Lisboa e Porto respectivamente.», assegura Fernando Gaspar Barros, da organização do Brands Like Bands.

Sobre a possibilidade do Festival passar para o Passeio Marítimo de Algés, a organização afiança também que este é um tema que voltará a cima da mesa ainda antes do final do ano tal como outras novidades que estão a ser desenvolvidas.

Todavia e antes disso, a sétima edição encerra dia 16 de Novembro no Porto, onde se conta com uma grande festa de despedida de 2019.

SOMOS Restaurant & Lounge tem novo condimento para o jantar de sexta-feira


Os sabores autênticos há muito que fazem parte da ementa do SOMOS Restaurant & Lounge, mas agora os jantares de sexta-feira vão ganhar um ingrediente extra: música dos anos 80! O DJ Tátá irá acompanhar esta experiência com os melhores hits da década da música eletrónica, da moda colorida e futurista.  

As sextas-feiras à noite do SOMOS Restaurant & Lounge vão agitar a Avenida da Boavista com os sucessos mais populares da música da década de 80. Nas Dish´co Nights muitos serão os artistas que poderá ouvir enquanto se delicia com os seus sabores preferidos. Desde Michael Jackson a Madonna, passando por Cher, Debbie Gibson, Cyndi Lauper, Tina Turner, George Michael, Boy George, David Bowie, Whitney Houston, a lista é infinita. 

Junte os amigos e venha relembrar os momentos passados ao som das músicas que ainda hoje marcam gerações. Prepare-se para uma verdadeira viagem no tempo que promete tornar as suas sextas-feiras inesquecíveis e dar-lhe ainda mais energia para dar as boas-vindas ao fim de semana.

Somos Restaurant & Lounge
Morada: Avenida da Boavista, 1466 4100-114 Porto
Contacto: 22 607 2552 | somos.restaurant@ihg.com
Horário: Almoço das 12h30 às 15h00 | Jantar das 19h30 às 22h30
Horário Lounge (Bar): 10h00 – 01h00

Pestana Hotel Group celebra 20 anos de presença no Brasil



Foi no Rio de Janeiro, em 1999, com a abertura do Pestana Rio Atlântica, que o Pestana Hotel Group deu os primeiros passos na internacionalização para o continente americano. Passados 20 anos, o grupo tem no Brasil o país estrangeiro com o maior número de hotéis. A data foi celebrada na noite passada no Pestana Rio Atlântica, com um cocktail comemorativo, que reuniu personalidades, trade e demais stakeholders que têm acompanhado este percurso no país.

Para José Theotónio, CEO do Pestana Hotel Group, “20 anos é um marco e uma vitória, sobretudo uma conquista de ambição, de coragem, de resiliência e de adaptação aos novos modelos de negócio e às novas formas de consumir o produto hoteleiro. Chegámos ao Rio de Janeiro em 1999, numa altura em que só tínhamos 16 hotéis e estávamos presentes em apenas dois países. Hoje, temos o imenso orgulho de estarmos prestes a abrir o nosso 100º hotel, o Pestana Park Avenue, na lendária
cidade de Nova Iorque”.

O Pestana Hotel Group começou com um hotel, na Madeira em 1972. Hoje, o Grupo detido e presidido por Dionísio Pestana, é o maior grupo multinacional de origem portuguesa, com 99 hotéis em 15 países. As duas primeiras décadas foram de  consolidação na Ilha e construção das bases da liderança em Portugal. O rigor na gestão, visão de longo prazo e inovação, foram os pilares da expansão internacional, que se iniciou em África em 1998, seguindo-se a América do Sul, através do Brasil em 1999, e depois Argentina e Venezuela. Na década seguinte cresce na Europa, em Londres, Barcelona e Berlim e mais recentemente Amesterdão e Madrid. A entrada na América do Norte aconteceu em Miami, em 2013, sendo brevemente reforçada com 3 novos hotéis em Nova Iorque. Nos próximos 3 anos, o Grupo mantém um ritmo de crescimento sólido com mais de 15 novos projectos em desenvolvimento.

Nos 20 anos do Grupo no Brasil, a festa é também dos clientes que beneficiam de um desconto especial de -20%, para as estadias até 31 de Março, disponível em https://www.pestana.com/br/promotion/oferta-hotel-20-anos-brasil, Podem ainda descobrir os sabores lusos da marca, com a nova carta, “É uma casa portuguesa, com certeza”, ou provar a cerveja artesanal fabricada em exclusivo para o aniversário da rede. Em S. Paulo celebra-se a ocasião com o ‘Art Project’, que tem vindo a  transformar o hotel, através de intervenções artísticas de arte urbana no seu interior. O programa conta ainda com exposições, debates e workshops.

A bíblia dos segredos das avós, de Martina Krčmár



Gostaria de ter um hálito fresco? Atenuar uma cicatriz? Saber como limpar as juntas dos azulejos? Fazer um pão brioche com mel? Aprender a verificar se um ovo é fresco?
A bíblia dos segredos das avós, de Martina Krčmár, com o selo da Larousse, consiste numa belíssima edição de capa dura, que contém gerações de saberes, de experiências e de segredos transmitidos oralmente, resultantes da observação sagaz e paciente da natureza.
Este livro, já disponível nas livrarias portuguesas, oferece-nos um verdadeiro tesouro: receitas e remédios curativos que atravessaram os tempos e que são de uma eficácia repetidamente comprovada. Tudo isto acompanhado de bonitas ilustrações, que remetem para o «tempo das avós» – algumas a cores, outras a preto e branco.
São 352 páginas de uma viagem por outros tempos, quando a natureza parecia ter soluções para tudo. A verdadeira magia reencontrada dos saberes do passado para melhor vivermos no presente. Um livro que agradará, certamente, a todas as gerações.

Sinopse:
Nas aldeias de outrora, eram raros os casos em que se recorria ao médico. As virtudes das plantas eram bem conhecidas havia gerações...
Utilizava-se a urtiga contra os problemas respiratórios, fazia-se uma cura com dente-de-leão para desintoxicar o corpo, recorria-se à arnica para tratar das feridas, às cataplasmas de aloé para aliviar as queimaduras... Limpava-se tudo em casa, com a ajuda do bicarbonato, do vinagre, do limão... Na cozinha, sabia-se como aproveitar os produtos da estação e como os conservar da melhor forma.
Esta obra é como que uma bíblia dos saberes do passado, que recupera a preferência por produtos naturais, ecológicos e baratos, verdadeiros «milagres caseiros»: limão, azeite, mel, bicarbonato, vinagre, argila... Todos os domínios da vida doméstica são abordados:
• Cuidados de saúde de A a Z;
• O estojo de beleza da avó;
• Lar doce lar;
• Segredos e confidências dos mestres da cozinha.

Sumol SnowTrip


Aquela que é a maior viagem de finalistas à neve está de volta! A 15ª Edição da Sumol Snowtrip regressa para uma edição surpreendente e que vai desafiar todos finalistas, do ensino secundário, a não terem vergonha de nada! 

Em 15 anos foram mais de 30 mil os finalistas que marcaram presença nesta viagem para aproveitar o verdadeiro espírito dos desportos de neve e viver uma experiência marcante e inesquecível com os seus amigos. 

A Sumol Snowtrip é o maior evento de neve da Península Ibérica, que acontece em Pas de La Casa (Andorra) de 28 de Março a 3 de Abril de 2020 e reúne todos os anos dois mil finalistas do ensino secundário.

“A Sumol Snowtrip é um marco no panorama das viagens de finalistas. E este ano queremos uma edição memorável, épica e que represente também a herança de 15 anos desta viagem. Para isso estamos a preparar uma edição com muitas novidades e momentos marcantes”, confirma Mafalda Carvalho, Responsável de Eventos Sumol.
Para este ano, Sumol promete uma edição memorável e estão previstas muitas novidades e surpresas para todos.  
A estância de Ski de Grandvalira prepara-se para receber os finalistas deste ano, para uma semana de muita diversão, momentos com os amigos e pura adrenalina. Na Sumol Snowtrip, os participantes podem aprender a fazer ski e snowboard, participar em campeonatos de freestyle, na descida de insufláveis e em muitas outras atividades, terminando o dia nas míticas Sumol Sunset Parties na base das pistas. E quando a noite cai, é a Rebel Kidz Crew que toma conta das 6 festas temáticas, estando já confirmados os artistas Tay, DJ Telio, DJ Kamala e os Supa Squad, na Sumol Snowclub, a discoteca exclusiva desta viagem.

Para este ano, Sumol vai dar continuidade ao projeto Talks by CoCreators, um momento único na viagem! São pequenas conversas, testemunhos, sobre os percursos profissionais e vivências dos CoCreators da Sumol.  Nestas talks os finalistas vão poder conhecer e aprender com os seus youtubers e instagramers preferidos. 

A Sumol Snowtrip será divulgada nas Redes Sociais e através dos parceiros, Cidade FM e Fórum Estudante.

O pack Sumol Snowtrip (459€) inclui: 
6 noites de alojamento em apartamentos turísticos; 
Bus de Turismo (Portugal – Andorra – Portugal); 
4 dias de forfait Grandvalira; 
4 almoços em pistas; 
4 dias de aluguer de equipamento de ski
4 dias de curso de ski ou snowboard (2h por dia); 
Team Mega Guias 24h;
Seguro de viagem/neve.

Culto Fernando Pessoa - Maratona 12 horas na Rádio Movimento


No dia do 84º aniversário da morte de Fernando Pessoa, Ricardo Belo de Morais e a equipa da Rádio Movimento apresentam aos ouvintes e espectadores um escritor como nunca se ouviu. 

O investigador literário Ricardo Belo de Morais conduz a terceira edição da Maratona Fernando Pessoa de 12 horas de emissão contínua, na Rádio Movimento PT Online.

A emissão terá início às 12h00, prolongando-se até à meia-noite (hora de Lisboa), com transmissão em direto no site internet e nos canais da estação no Facebook, Youtube, Twitch e Twitter, levando esta produção a todos os cantos do mundo. 

Pela maratona rádio de “Fernando Pessoa Para Todas as Pessoas” passarão décadas de música criada com base na poesia e prosa do escritor, sons de arquivo histórico, os livros de referência, leituras de ouvintes em estúdio, vários temas em análise e inúmeros convidados ligados à família, investigação, edição e recriação artística pessoanas. Dia 30 de Novembro, sábado, a partir das 12h00 em http://radiomovimento.pt/

MOMO. apresenta vídeo "Diz a verdade"


“Deixar a dor e cantar”: Diz a Verdade traz um sol para brilhar sobre o anúncio do próximo álbum do cantor e compositor MOMO. I Was Told to Be Quiet, o sexto volume de sua discografia. 

A música, o terceiro single que MOMO. apresenta do novo disco, repensa a estética musical brasileira mais conhecida - o samba - em novos termos. Enquanto a interpretação do artista trabalha a familiaridade que temos do género, Diz a Verdade traz também o frescor de um arranjo feito por dois estrangeiros: Marco Benevento, que tocou os sintetizadores e o piano eléctrico, e Tom Biller, que toca também o baixo synth na faixa.

Seu aspecto ensolarado e, ao mesmo tempo, reflexivo foi traduzido também no seu videoclipe. Com realização de Amanda Raybaud, a obra transita entre o real e o lúdico ao promover o encontro de MOMO. com sua versão na infância. A partir dessa conexão, o adulto resgata um olhar mais leve e alegre sobre a vida.

O desejo por novas maneiras de viver melhor, como a situação descrita no videoclipe, permeia grande parte de I Was Told to Be Quiet. Além da nova música, essa característica foi anunciada também pelos dois singles anteriores: Higher Ground sonha com a paz e a calma em um mundo com tanta insensibilidade e For I Am Just a Reckless Child, por sua vez, clama por esperança e pela libertação dos sentimentos negativos. 

Disco I Was Told to Be Quiet

Uma resposta sensível ao mundo atribulado que vivemos: I Was Told to Be Quiet é o sexto álbum do cantor e compositor MOMO., brasileiro que reside hoje em Lisboa. Gravado em Los Angeles, a obra reúne a herança calorosa e afectiva das sonoridades tupiniquins, como bossa nova e samba, com a estética arrojada do indie contemporâneo. O resultado é um repertório que brilha em originalidade para receber a voz e a interpretação de um artista sempre celebrado pela crítica.



No disco, Marcelo Frota exibe diversas nuances de sua musicalidade ao longo das dez faixas. Entre composições em português, inglês e francês, temos contacto com seu lado mais sonhador (em “Higher Ground”), com um MOMO. confessional (“For I Am Just a Reckless Child”) e outro que aponta a um horizonte mais ensolarado (“Diz a Verdade”). Não à toa, essas foram as canções apresentadas nos meses que antecederam seu lançamento.

Enquanto “Vida” redescobre elementos da psicodelia brasileira (de Os Mutantes a Clube da Esquina), “Mon Neant”, “Marigold” e “Lillies for Eyes” mostram-se “baladas agitadas”, cada uma com sua inquietude presente no arranjo. Já “Stupid Lullaby” e “Sereno Canto” são músicas que desenvolvem suas progressões aos poucos, na medida que o ouvinte se deixa conquistar pela voz e os sentimentos que Frota coloca nas músicas.

E ele não vem sozinho: Como de costume, MOMO. apresenta uma lista primorosa de colaboradores. Entre as parcerias nas composições, encontramos Wado, Thiago Camelo e Ana Lomelino (Mãeana). Nas gravações, Régis Damasceno (baixo) e Marco Benevento (piano, polli synth, cordas synth) estão presentes, além de Tom Biller, que assina a produção do álbum.

A parceria entre Frota e Biller concretizou-se em I Was Told to Be Quiet após quase uma década de planos para os dois trabalharem juntos. Morando juntos por um mês em Los Angeles, os dois somaram a experiência de produção do norte-americano (que já trabalhou com Fiona Apple, Sean Lennon, Elliot Smith, Kanye West e Warpaint, entre outros) e a maturidade que MOMO. desenvolveu ao trabalhar suas próprias composições e arranjos ao longo dos cinco álbuns anteriores - vivência essa que permite que o artista entenda que é hora de cantar, mesmo se disserem que ele precisa ficar calado, como sugere o título da obra.

I Was Told to Be Quiet tem lançamento no Brasil pelo selo LAB344, nos Estados Unidos pelo Yellow Racket Records e na Itália por Deusamora Records.


Manel Cruz leva “Vida Nova” ao Casino Lisboa


Manel Cruz será o protagonista, na próxima Segunda-Feira, 4 de Novembro, às 22 horas, de mais uma etapa do ciclo de “Concertos Arena Live” no Casino Lisboa. Em concerto inédito, o intérprete sobe ao palco central do Arena Lounge para apresentar o seu mais recente álbum “Vida Nova”. A entrada é livre.

“Vida Nova” marca o regresso de Manel Cruz aos discos depois de um hiato de sete anos. O novo disco do ex-vocalista dos Ornatos Violeta, Pluto, Foge Foge Bandido e Supernada é editado pela Turbina, e vai ser apresentado ao vivo por todo o país.

"Ainda Não Acabei", "Beija-Flor", "Cães e Ossos" e o mais recente "O Navio Dela" são os singles de “Vida Nova”. Com letra, música e imagem de Manel Cruz, este disco - de edição limitada - é composto por 12 músicas e acompanhado por um livro cujo conteúdo é complemento da obra artística. 

“Vida Nova” marca o recomeço da uma nova fase na vida do músico e compositor. Consequência da vontade de voltar ao estúdio e aos palcos, depois de um hiato criativo, “Vida Nova” foi composto maioritariamente no ukulele. Um regresso às origens que agradou a Manel Cruz e resultou num punhado de canções que lhe permitem antecipar a edição de novos discos.

Em estúdio e ao vivo, Manel Cruz (voz, guitarra acústica, clarinete, percussões) partilha "Vida Nova" com António Serginho (percussão, piano, xilofone), Eduardo Silva (baixo, voz) e Nico Tricot (piano). Produzido por Manuel dos Reis, Manel Cruz e Nico Tricot, foi gravado por Manuel dos Reis no Estúdio do Pátio e masterizado por Nuno Mendes no El Estúdio.

Com um programa diversificado, os “Concertos Arena Live 2019” oferecem diferentes conceitos e estilos musicais no amplo espaço do Arena Lounge, o qual dispõe, aliás, de múltiplas soluções técnicas para originais actuações ao vivo.

Ciclo de concertos “Arena Live 2019”
- 04 de Novembro: Manel Cruz 
- 11 de Novembro: Valas e convidados
- 18 de Novembro: Miguel Angelo e convidados
- 25 de Novembro: Cuca Roseta
- 02 de Dezembro: Stereossauro – Bairro da Ponte e convidados
- 09 de Dezembro: Dino d’Santiago
- 16 de Dezembro: The Black Mamba convidam Aurea
- 25 de Dezembro: Gospel Collective (Dia de Natal)
- 31 de Dezembro: Matias Damásio (Réveillon)

Crónica de Actualidade Politica - Argentina Marques


O Programa do XXII Governo Constitucional foi entregue na Assembleia da República no dia 26 de Outubro e encontra-se disponível para consulta dos portugueses no site do Parlamento.

Com discussão agendada para os dias 30 e 31 de Outubro, começam a surgir as primeiras vozes discordantes, surpreendentemente mais a esquerda.  Embora António Costa diga que o programa do Governo integra contributos da esquerda, o líder do PCP já veio dizer que “não vislumbra no programa de Governo as medidas defendidas pelo PCP na reunião que teve com António Costa”.

Por outro lado, o partido Livre faz saber que o programa do Governo integra algumas medidas propostas pelo Livre, no entanto salienta que o valor do salário mínimo nacional considerando na proposta apresentada pelo PS (750€) é claramente insuficiente e que o Governo devia ter ido mais longe nos espetáculos tauromáquicos, propondo o fim dos subsídios ou a extinção da secção de tauromaquia no Conselho Nacional de Cultura.

Relativamente á posição dos partidos mais a direita, o partido Iniciativa Liberal desafiou o PSD e o CDS a apresentarem uma moção de rejeição ao Governo, mas esta hipótese já foi descartada quer pelo PSD quer pelo CDS.

Analisando em concreto o programa do Governo, verificamos que vem na sequência do programa apresentado na anterior legislatura, com muitas palavras como qualidade (106), eficiência (77), inovação (77) aumento (57), mas com poucos números.

Se queremos a credibilização cada vez mais da política e dos nossos governantes, como combate a abstenção e uma maior proximidade dos cidadãos, terá que existir um salto qualitativo da apresentação dos programas dos Governos, colocando objetivos estratégicos concretos que permitam a aferição das medidas apresentadas.

Pode efetivamente falar-se do aumento da qualidade, mas como medimos esse aumento da qualidade? E como medimos a eficiência? E a inovação?

A publicação de um programa do governo que inclua objetivos estratégicos mensuráveis significará um programa elaborado com responsabilidade e compromisso, permitindo a medição da sua concretização. 

Apresentação Argentina Marques

O meu nome é Argentina Marques, tenho 44 anos e sou Economista. 

Atualmente sou Diretora Financeira da Nova SBE e nestes últimos anos especializei a minha atividade profissional na Gestão Orçamental, em entidades como o Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social e a Direção Geral do Orçamento. 

A paixão pela intervenção pública levou-me a abraçar desde jovem a participação em Órgãos Autárquicos e Associativos, bem como o comentário político na rádio Sesimbra FM e em diversos jornais como o Sesimbrense, Jornal de Sesimbra, Nova Morada e Sesimbra à Quinta. 

Nas últimas eleições autárquicas liderei a candidatura de um Movimento Independente de Cidadãos, experiência que considero muito enriquecedora no seio da democracia portuguesa.

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Djavan actua no Casino Estoril a 6 de Novembro


Referência da música popular brasileira, Djavan actua, no próximo dia 6 de Novembro, pelas 21h30, no Casino Estoril. Aguardado com natural expectativa, Djavan sobe ao palco do Salão Preto e Prata para protagonizar um espectáculo inédito, conciliando as melhores composições do novo álbum “Vesúvio” com outros grandes sucessos discográficos.

Após ter esgotado o Salão Preto e Prata em 2016, Djavan regressa ao Casino Estoril para apresentar, desta vez, as melhores canções de “Vesúvio”, o vigésimo quarto álbum da sua carreira.

O repertório do novo espectáculo reúne canções do álbum “Vesúvio” como, por exemplo, os singles “Solitude”, “Cedo ou Tarde” e “Vesúvio”, e inclui, também, sucessos incontornáveis da carreira do artista, como “Se”, “Flor do Medo”, “Eu Te Devoro” e “Samurai”, entre muitas outras.

Sobre este novo trabalho discográfico, Djavan afirma: “Estou sempre buscando novas motivações e para mim pareceu um desafio imenso fazer música pop neste momento, eu que normalmente em meus discos invisto na diversificação. E quis fazer um disco pop também pelo momento em que estamos vivendo, nebuloso, de tanta incerteza no país e no mundo. Queria que a minha mensagem musical chegasse com mais facilidade, com mais fluidez, cristalina”.

Djavan apresenta uma nova banda composta por velhos companheiros como o guitarrista Torcuato Mariano e os pianistas Paulo Calasans e Renato Fonseca, e dois músicos novos, o baixista Arthur de Palla e o baterista Felipe Alves. É o próprio compositor que assina a direção do espetáculo, e que tem cenários de Suzane Queiroz, projecto de luz de Binho Schaefer e figurino de Roberta Stamato. 



Gabriela Oliveira apresenta 100 receitas inéditas, deliciosas e rápidas de confecionar


«Passo horas a pensar em comida saborosa e a testar novas fórmulas e, quando vou para a cozinha preparar o jantar para a família, sabem o que mais me agrada? A ideia de ter uma refeição pronta em poucos minutos, com o que tenho em casa e sem desperdício. Quando o tempo escasseia ou falta a disposição, há sempre motivação para preparar um prato rápido, prático e apetitoso.» Com base neste lema, Gabriela Oliveira, autora dos livros de cozinha vegetariana mais vendidos em Portugal, apresenta o livro Cozinha Vegetariana Rápida e Prática, que chega às livrarias a 31 de Outubro, pela Arteplural.

Neste novo guia de cozinha vegetariana, Gabriela Oliveira lista 100 receitas inéditas, deliciosas e simples de confecionar, desde snacks a doces – como bolachas de coco e frutos secos ou muffins de cacau e manteiga de amendoim, tão apetecíveis com a chegada do outono –, passando pelos pratos principais, tendo sempre por base a alimentação vegetal, ecológica e benéfica para a saúde. Defendendo que a «revolução verde», para um planeta mais sustentável, pode começar no prato, a autora revela quais os alimentos essenciais a ter sempre à mão, para uma culinária 100% vegetariana e equilibrada, partilhando os seus truques para preparar vários ingredientes, tais como leguminosas, cereais, algas, cogumelos, tofu e seitan, entre outros.

O lançamento do livro decorrerá, amanhã, 30 de outubro, às 18:30, na FNAC do Chiado, em Lisboa.

Sobre a Autora

Gabriela Oliveira nasceu em 1975, vive em Lisboa e tem três filhos. Tornou-se vegetariana há mais de duas décadas, seguindo um estilo de vida vegan desde há vários anos. É licenciada em Comunicação Social e colaborou, como jornalista freelancer, em diversas publicações, nomeadamente com os semanários Sol e Expresso, e as revistas Pais & Filhos e Notícias Magazine (do Diário de Notícias e do Jornal de Notícias). É autora da série de livros de receitas vegan Cozinha Vegetariana – 100% Vegetal, publicada pela Arteplural e composta pelos livros: Cozinha Vegetariana para Quem Quer Poupar (2014), Cozinha Vegetariana para Quem Quer Ser Saudável (2015), Cozinha Vegetariana para Bebés e Crianças (2016), Cozinha Vegetariana para Festejar (2017), Cozinha Vegetariana à Portuguesa (2018) e Cozinha Vegetariana Rápida e Prática (2019). Publicou também Avós Precisam-se – A importância dos laços entre avós e netos (2012, Arteplural). Adora escrever e comunicar, bem como o desafio de criar receitas e de as fotografar. Realiza regularmente showcookings e workshops, tendo aberto recentemente a Academia Vegan – Espaço de Culinária, em Lisboa.

The Mission ao vivo em Portugal



Os The Mission, mítica banda de rock gótico, regressam a Portugal em Março do próximo ano para quatro concertos especiais, integrados na sua mais recente digressão europeia. Assim, nos próximos dias 11 e 12 de Março, o grupo actuará no LAV - Lisboa ao Vivo, deixando as datas de 13 e 14 do mesmo mês para o Hard Club (no Porto). 

Com a particularidade de, em cada local, os concertos não se repetirem, em cada uma das noites os fãs terão oportunidade de ouvir temas diferentes e presenciar um espectáculo único. Enquanto num dos concertos a banda irá recordar os seus trabalhos ímpares - álbum 1, 3, 5, e restantes (First Chapter, Children, Grains Of Sand, Neverland, Aura, The Brightest Light), na outra noite ouvir-se-ão os álbuns pares (God’s Own Medicine, Carved In Sand, Masque, Blue, God Is A Bullet, Another Fall From Grace). Apenas no próprio dia, antes do espectáculo ter início, é que a banda anunciará o reportório. 

Recorde-se que os The Mission levam, já, uma carreira com mais de três décadas, registando mais de quatro milhões de discos vendidos, sendo hoje considerados uma das melhores bandas ao vivo, responsáveis por eternizar temas como "Tower of Strenght”, “Wasteland”, “Beyond the Pale”, “Butterfly on a Wheel” ou “Severina".

Os bilhetes já se encontram à venda a partir de hoje, a partir de 25€, com a possibilidade de adquirir um bilhete para os dois espectáculos a um valor de 40€.

Conversas com Deus, de Neale Donald Walsch



A Albatroz publica Decide o teu caminho, do norte-americano Neale Donald Walsch.

Este autor, responsável pela série de bestsellers Conversas com Deus, é um mensageiro espiritual cujo trabalho tem tocado o coração de milhares de pessoas por todo o mundo, centrado numa visão que expressa uma nova espiritualidade, focada na unificação de religiões e crenças.

A proposta de Decide o teu caminho é simples: em 28 temas de reflexão, desafio e esperança, Neale Donald Walsch apresenta uma solução radical para aquilo que chama de "crescente alienação da Humanidade" – seja do que nos rodeia imediatamente ou mesmo dos mais profundos sonhos e esperanças que dão sentido à vida – convidando os leitores a questionar crenças sobre si mesmos, sobre os outros, sobre a existência e sobre Deus.

Decide o teu caminho é um livro essencial que actualiza a mensagem principal da colecção Conversas com Deus, que continua a inspirar milhares de pessoas, aos dias de hoje.


Sinopse
 Bem dentro de ti já sabes quem realmente és. Todos nós sabemos. Não é uma questão de descobri-lo, é uma questão de reivindicá-lo. Simplesmente sendo quem realmente és. E isso é mais fácil do que parece. Só precisas de tomar aquela decisão essencial.
Vivemos tempos de alienação a vários níveis, nomeadamente, na política, na economia e na espiritualidade. A Humanidade parece estar a distanciar-nos das pessoas que amamos, das nossas esperanças e sonhos, da nossa mãe-Terra, daquilo que verdadeiramente dá sentido à vida. Culpamos tudo e todos ao redor pelos problemas colectivos que nós mesmos criamos. Voltamo-nos uns contra os outros ao invés de criarmos união.
Em Decide o teu Caminho, o grande mestre espiritual Neale Donald Walsch apresenta a solução radical para o crescente problema da alienação da Humanidade, convidando-nos a questionar velhas crenças sobre nós, os outros, a vida e Deus.
Numa era em que as mudanças planetárias são evidentes, surge este livro urgente como um empurrão para tomarmos a decisão que nos fará escolher quem realmente somos.

Casino Estoril inaugura exposição "Golden Soul"


A Galeria de Arte do Casino Estoril inaugura, no próximo dia 2 de Novembro, às 17 horas, uma exposição individual de Pintura da autoria de Diogo Navarro, com o título “Golden Soul”. A entrada é livre.

Diogo Navarro, artista português, nasceu em Moçambique, em 1973. É um artista especialmente interessado em expressar o potencial pictórico de vários materiais. Os seus trabalhos sobre tela ou madeira são feitos de uma montagem de materiais em que a luz é frequentemente o actor principal. Estudou Arte (Sociedade Nacional Belas Artes, em Lisboa), gravura, design gráfico e realidade virtual. Realizou 40 exposições individuais e participou em cerca de 100 coletivas.


Retira-se do texto de apresentação do catálogo da autoria de José Manuel Arrobas: “O Diogo tem vindo a crescer interiormente à medida que se vai expandindo e deixando que o seu pensamento se expanda no que pinta. Vai a pouco e pouco, com o pincel e a espátula, e as cores de muitas cores, dando passos firmes a caminho do princípio existencial, da possibilidade de se transcender. (...)E nasce e renasce numa constante busca das cores e dos amores que vai vivendo, por que vai passando, em que se vai perdendo e recordando do menino que com quatro anos ofereceu ao Avô o seu primeiro quadro. E tudo nas mãos do Diogo, naquelas mãos que pensam e sentem.”



Tiago Nacarato no Casino Estoril


Em concerto inédito no Casino Estoril, Tiago Nacarato sobe ao palco do Salão Preto e Prata na próxima Quarta-Feira, 30 de Outubro, a partir das 22 horas. O cantautor portuense irá privilegiar as melhores composições do seu álbum de estreia, intitulado “Lugar Comum”, bem como outras músicas que têm marcado a sua carreira.

Tiago Nacarato apresenta, assim, “Lugar Comum”, um álbum que distingue, desde logo, pelos temas “A Dança”; “Tempo”, em dueto com Salvador Sobral; “Sol de Inverno” com Paulinho Moska; e “Só Me Apetece Dançar” com Ana Bacalhau.

Considerado um dos fenómenos musicais da actualidade, Tiago Nacarato é um cantautor portuense de 28 anos, com raízes brasileiras. O artista tem-se distinguido pelo seu percurso a solo e por numerosas colaborações com vários grupos entre os quais se destaca a Orquestra Bamba Social, com a qual protagonizou, no passado dia 4 de Março, a animação na noite de Carnaval no Casino Lisboa.

Halloween na KidZania



A a KidZania celebra o Halloween com um calendário de actividades que prometer encher os mais pequenos de emoção, convidando-os a vestirem-se a rigor para assombrarem a Cidade das Crianças. Como já é habitual a KidZnia é uma referência nas celebrações de Halloween. Mas este ano a cidade veste-se a rigor com uma decoração muito especial e mais arrojada para encher o “Dia das Bruxas” cheio de magia, terror, diversão e muitas surpresas.
Entre os dias 20 de Outubro e 3 de Novembro, haverá paradas especiais de Halloween, surpresas assombradas, bem como um aterrorizador passatempo com muitos prémios e surpresas assombradas Fique atento às plataformas habituais da KidZania para saber mais sobre estas e outras iniciativas.

Hugo Sousa estreia-se no Casino Estoril


Com um programa cultural muito diversificado, o Casino Estoril recebe, no próximo dia 2 de Novembro, pelas 22 horas, Hugo Sousa que sobe ao palco do Auditório para apresentar a stand-up comedy “Fora do Contexto”.

Hugo Sousa promete, assim, uma noite de puro humor no Auditório do Casino Estoril. Toda a gente se depara com situações caricatas, mal-entendidos e embaraços, muitas vezes porque alguém está Fora do Contexto...

Depois do sucesso registado com “Maturado”, o comediante Hugo Sousa apresenta, desta vez, o seu mais mais recente espectáculo de stand-up comedy a solo “Fora do Contexto”.

Crónica Saúde - Joana Franco



Esta semana vamos então concluir o tópico sobre Hipertensão Arterial.
A tensão arterial (TA) é quantificada através de dois números.
O primeiro número e mais elevado, diz respeito à pressão que o sangue exerce nas paredes das artérias quando o coração está a bombear sangue. É a chamada pressão arterial sistólica ou “Máxima”.
O segundo número indica-nos a pressão que o sangue exerce nas artérias, quando o coração está relaxado. É a chamada pressão arterial diastólica ou “Mínima”.
De seguida apresento um quadro que exemplifica os valores de TA:
Máxima Mínima
Até 120 Até 80 Normal
120-139 80-89 Pré-Hipertensão
140-159 90-99 Hipertensão Arterial Estadio 1
>160 >100 Hipertensão Arterial Estadio 2

Para se avaliar de forma correta a TA e para que seja o valor mais eficaz, existem algumas directrizes que devem ter sidas em conta.
Escolher um local tranquilo;
Repousar 15 min. antes da medição;
Evitar substâncias estimulantes, como café, álcool ou tabaco, até 30 min. antes;
Evitar roupas apertadas;
Apoiar o braço, onde será feita a medição, à altura do coração;
A medição no braço é mas fiável do que no pulso;
Faça 2 ou 3 medições e calcule a média;
Anotar o dia, a hora e o valor obtido.

Há que ficar atento aos principais Sintomas da Hipertensão Arterial, que são: Tonturas, Hemorragias nasais e Dores de Cabeça.
Tratamento

1.ª medida: Tratamento sem fármacos
Mudar hábitos de vida é muitas vezes suficiente para baixar os níveis da TA. Isso passa por:
Restringir o sal;
Comer frutas, legumes e saladas;
Praticar mais exercício físico;
Evitar álcool;
Reduzir o stress;
Perder peso (em caso de excesso).

2.ª medida: Tratamento com fármacos
Quando o tratamento sem fármacos não é suficiente deve recorrer-se aos fármacos. Estes devem ser prescritos pelo médico, segundo as características de cada paciente. Nunca tomar a medicação que se pensa que é adequada autonomamente.
Existem Consequências da Hipertensão Arterial que devem ser conhecidas:
1. Hipertrofia do coração (aumento do volume)
Diminuição do fluxo sanguíneo ao coração
Angina de peito e Insuficiência coronária
O coração tem dificuldade em bombear sangue a todos os tecidos do organismo
O coração torna-se mais frágil, surgem arritmias e insuficiência cardíaca
2. Deterioração das paredes das artérias 
Aumenta o risco de aterosclerose e trombose (formação de coágulos)
Nos casos mais graves, podem dar-se aneurismas e hemorragias cerebrais, devido ao enfraquecimento das paredes das artérias.
Fique atento e cuide da sua saúde.

Apresentação Joana Franco

Chamo-me Joana Franco, tenho 32 anos, e sou natural de Geraldes, aldeia pertencente ao Concelho de Peniche.
Enfermeira de Profissão, terminei o Curso de Licenciatura em Enfermagem na Escola Superior de Enfermagem de Francisco Gentil, em Lisboa, no ano de 2010.
Nos anos mais recentes abracei desafios noutros países, nomeadamente Dubai onde fiz parte um projecto na área de Turismo, e em Inglaterra, onde trabalhei como Enfermeira em “Nursing Homes”, a cuidar de Pessoas com Demência.
Em Portugal, demonstrei o meu trabalho como Enfermeira no Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa, Hospital Júlio de Matos e, actualmente, trabalho na Clínica Psiquiátrica de Lisboa, em Telheiras.
Sou uma pessoa que aceita novas aventuras e, como tal, aceitei o convite de escrever para o Blog ‘Cultura e não Só’, em que apresento novos pontos de vista e dicas para tornar melhor a saúde do leitor.