sexta-feira, 31 de maio de 2019

Um Disco para José Mário Branco


“Um Disco para José Mário Branco” é uma prova de admiração e afecto, e também um agradecimento. Pela música, pelas palavras, pelo exemplo, pela atitude, pela inspiração. Ao reunir um conjunto de artistas tão ecléctico e diversificado, o resultado foi um retrato-mosaico de uma obra maior da música portuguesa. Ao juntarmos tantas sensibilidades diferentes, percebemos que José Mário Branco chegou a várias gerações sem perder força, que as suas ideias, soluções e abordagens à canção, no fundo a sua visão artística, continuam a fazer sentido e caminho.

Este disco partiu da celebração dos 40 anos do 25 de Abril, tendo o José Mário Branco como referência. Fez-se um livro (na Abysmo) e um espectáculo (na Casa da Música). Lançaram-se sementes. E agora, recolhemos os frutos nas leituras inéditas de Luca Argel (vídeo), Marfa, Osso Vaidoso, Batida feat. AF Diaphra, Primeira Dama, Guta Naki, Ermo e João Grosso. E completamos este lote com uma recolha de versões, colaborações e citação já editadas de JP Simões, Camané, Lavoisier, os norte-americanos The Walkabouts, os espanhóis SINGLE, Peste & Sida e Mão Morta.

Conclusão: a obra de José Mário Branco vai do hip-hop à electrónica, do fado à pop, do rock à poesia pura e dura, sem passar pela facilidade, gratuidade ou vacuidade. É política, emotiva, terna, dura, alegre, triste, lúdica, inteligente.  E sempre generosa. Como este feliz mapa que (re)inventa caminhos, (re)aponta direcções e, no entretanto,  (re)descobre tesouros.

Baralha-nos e dá-nos de novo. O Zé Mário e alguma da mais interessante música portuguesa dos últimos 50 anos.

“Um Disco para José Mário Branco” está já disponível para download e streaming na Apple Music, Spotify, Youtube e restantes plataformas digitais. Chega às lojas em CD no dia 14 de Junho.

DINH€IRO na Culturgest.



A mala voadora apresenta DINH€IRO, até dia 1 de Junho, no Grande Auditório da Culturgest, um remake da famosa série de televisão norte-americana Dallas.

Em DINH€IRO, as figuras que os países exibem orgulhosamente nas suas notas – paisagens idílicas, animais exóticos, monumentos sumptuosos – servem de cenário a este remake. Um mundo onde tudo é deslizante. Onde tudo pode ser vencido rumo ao deleite, ao ouro, ao petróleo, aos iates, às festas, às brands. Onde tudo é permitido aos protagonistas. Incluindo matar. DINH€IRO é também um espectáculo com catanas, jagunços, cangaceiros e muito sangue a manchar os fatos.

O espectáculo, escrito e dirigido por Jorge Andrade, que também está em palco, conta com as interpretações de Bruno Huca, Isabél Zuua, Joana Bárcia, Maria Jorge, Marco Paiva, Miguel Damião, Rui Monteiro, Sílvia Filipe e Tânia Alves.

Depois da estreia nacional, no DDD+FITEI, no Auditório Municipal de Gaia, DINH€IRO chega agora à Culturgest, em Lisboa.

Os bilhetes custam entre 6€ (com descontos) e 12€ e estão à venda na bilheteira da Culturgest e online .

A mala voadora foi fundada por Jorge Andrade e José Capela e estreou o seu primeiro espectáculo em 2003. Desde então, produziu 41 espetáculos e apresentou o seu trabalho em países como Alemanha, Bélgica, Bósnia Herzegovina, Brasil, Cabo Verde, Escócia, Estados Unidos da América, Finlândia, França, Grécia, Inglaterra, Líbano, Luxemburgo e Polónia. O trabalho da companhia tem sido distinguido com prémios, menções honrosas e nomeações de múltiplas instituições.

Educar com mindfulness na adolescência



A Porto Editora publica Educar com Mindfulness na Adolescência, de Mikaela Övén. Depois do sucesso de Educar com Mindfulness (publicado pela Porto Editora em 2015), que revela os benefícios do uso do mindfulness na educação, promovendo a "parentalidade consciente", a autora vem agora propor um novo paradigma para a vivência desta fase em família. 

Quando há um adolescente, parecem começar os "problemas". Os pais queixam-se que já não conhecem o seu filho ou que a casa passa a ser uma espécie de alojamento local. Por seu lado, o adolescente não quer que os pais se "metam na sua vida", uma vez que não os compreendem, e aborrecem-se com a falta de liberdade. A ligação existente parece desvanecer-se. Para Mikaela Övén não há receitas mágicas: a solução está na relação! 

Este livro vai mostrar aos leitores como podem criar um relacionamento consciente com os seus filhos. Repleta de ferramentas práticas e de exercícios, esta obra é uma declaração de amor a todos os adolescentes e um verdadeiro manual para o desenvolvimento pessoal para todos os pais. Tal como nas duas obras anteriores já publicadas pela Porto Editora – Educar com Mindfulness, que vai já na 7.ª edição, e Heartfulness, Viva a vida de coração aberto –, E ducar com Mindfulness na Adolescência disponibiliza meditações guiadas pela autora. Para aceder gratuitamente a estes conteúdos basta instalar a app Miafulness (disponível na App Store e Google Play ) e depois apontar a câmara do dispositivo móvel para os momentos identificados no livro. 

Casino Estoril recebe Miss Galaxy Portugal


O Salão Preto e Prata do Casino Estoril recebe, no próximo dia 28 de Junho, a primeira edição da Miss Galaxy Portugal. Será, de facto, a primeira vez que se realiza, em Portugal, um concurso de beleza sem requisitos de altura nem de tamanho corporal, aberto a todas as camadas jovens.

Serão coroadas as primeiras vencedoras dos escalões: Júnior Miss Galaxy Portugal (11-14 anos), Miss Teen Galaxy Portugal (15-18 anos) e Miss Galaxy Portugal (19-27 anos). As três vencedoras irão representar Portugal em Orlando, na Florida, com o intuito de competir no Galaxy International Pageant®.

A Miss Galaxy® pretende chegar a todas as jovens mulheres portuguesas e usa o seu alcance nacional e internacional para capacitar as mulheres a serem confiantes e seguras de si mesmas.

Com um conceito inovador, a Miss Galaxy Portugal® promete ser uma das maiores galas de beleza já realizadas no país. Para 47 jovens portuguesas já começou a aventura, inédita, de participar nesta grande Gala. Contando com a presença do cantor Bruno Correia, da Cantora Diana Lucas, Escola de dança EDAM e muitas personalidades famosas nacionais e Internacionais.

Recorde-se que, o concurso tem, ainda, uma importante vertente solidária, estando todas as finalistas a trabalhar em prol da Fundação Infantil Ronald McDonald.

Summer Vintage Night by The Lucky Duckies


O Vale do Lobo promove uma grande noite subordinada aos ritmos do Rock N’ Roll em celebração do Verão que se aproxima, com o Espectáculo Vintage pela mais mediática banda nacional desta vertente musical no Sábado, dia 15 de Junho no Auditorium do resort.

Num conceito que replica o glamour de uma sala de espectáculos de um Casino de Las Vegas de outros tempos, a formação The Lucky Duckies interpretará um carismático concerto cujo repertório inclui os grandes clássicos dos Anos 20 aos Anos 60. Além dos temas intemporais que incluem os êxitos de Dean Martin, Dinah Shore, Elvis Presley, Frank Sinatra e Nat King Cole, o espectáculo inclui ainda temas originais da formação, que prometem uma noite mágica de ritmo, dança, nostalgia e requinte. 

Muito mais do que um concerto, este evento promete uma noite que apela à diversão, dança e animação, num serão verdadeiramente diferente que convida a descontraídos ritmos vintage de dança na pista junto ao palco. A partir das 19:30h e durante todo o evento, estará disponível o serviço de bar no Auditorium.

A banda The Lucky Duckies, depois de ter feito a sua tour dos 30 Anos de Carreira no ano passado, sempre com concertos cheios de público, provou ser de facto uma banda de culto por um lado, mas também uma banda mobilizadora de massas por outro. Já não é uma banda que atrai apenas os aficcionados em música vintage ou retro, mas uma banda nacional com personalidade bem definida, e que marca pela diferença a sua presença com muita qualidade e carisma no espectro artístico nacional.

A formação The Lucky Duckies integra o cantor Marco António, a cantora Cláudia Faria, um pianista, um contrabaixista, um guitarrista e um baterista, cuja combinação de talento e ritmos animados Swing & Rock N’ Roll prometem uma verdadeira experiência Vintage Vegas neste Verão em Vale do Lobo.

O evento “Summer Vintage Night by The Lucky Duckies” faz parte integrante do programa de eventos de Vale do Lobo 2019, que inclui concertos ao ar livre no campo de golfe, espectáculos, bem como muitos eventos desportivos e actividades para a família, durante todo o ano. 

Deejay Telio lança novo single "Com Licença"

Novo single "Com Licença" com a participação de Bispo já está disponível nas plataformas digitais

"Com Licença" é o primeiro single de avanço de "Karanganhada 3" e conta com a participação do rapper Bispo .

Depois do sucesso do EP "Happy Day" com Deedz B, e com o qual registou um single de ouro, Deejay Telio  prepara-se para lançar um novo EP e dar continuidade à sua "Karanganhada". 

"Com Licença" é um tema que promete marcar este verão com boas vibrações e com uma batida caraterística da sonoridade de Deejay Telio . 

O videoclipe tem novamente a assinatura da Afro Digital e apresenta um cenário de festa, amizade e acima de tudo boa disposição. O vídeo pode ser visto aqui:




Autor de vários hits como "Esfrega Esfrega" (single de ouro) "Happy Day" (single de platina) e "After Party" (single de ouro), Deejay Telio é atualmente um dos maiores fenómenos da música nacional.

Apresentando uma diversidade imensa nas sua sonoridade, conta de momento com mais de 109 milhões de visualizações no seu canal de Youtube, 2 singles de ouro e mais de 292 mil subscritores. 

Ao vivo, Deejay Telio já atuou nos maiores palcos nacionais enquanto cabeça de cartaz. Em 2019 iniciou a "Happy Tour" que já conta com mais de 40 datas agendadas até ao final deste ano.

Kids Music Fest em Junho nos Jardins do Casino Estoril


Os Jardins do Casino Estoril acolhem, de 28 a 30 de Junho, o Kids Music Fest. Trata-se de um evento com um programa muito diversificado que foi idealizado a pensar nos mais novos e que, proporcionará, decerto, muita animação e um genuíno ambiente de festa para toda a família.

O programa das manhãs foi concebido a pensar nas crianças, com muitos jogos, actividades, a famosa Disco Kids, uma zona exclusiva bebés, insufláveis, ateliers de experiências com Slime, e muita música.

Estará, ainda, em destaque o regresso do querido Avô Cantigas, com o fantástico projeto - O Planeta Limpo do Filipe Pinto, e ainda a divertida dupla IP & OP! Mas a festa não acaba aqui.

Para o público mais jovem haverá matraquilhos humanos, guerras de almofadas, presença exclusiva de Youtubers, e claro, muita música com os artistas do momento: Bárbara Bandeira, Sea e os Átoa juntam-se à festa, numa tarde que termina com DJ! 

Bárbara Bandeira, Sea e os Átoa juntam-se à festa, numa tarde que termina em grande com DJ! E ainda, como grande novidade desta edição, o Slime Time, onde cada um poderá fazer o seu próprio Slime.

Casino Lisboa inaugurou exposição "I Was Thinking About You"


O Casino Lisboa inaugurou a exposição de cerâmica “I Was Thinking About You”, da autoria de João Abreu Valente. Com curadoria de Ana Maria Catarino Doria, esta original mostra individual reúne sete peças de cerâmica que poderão ser observadas na Galeria de Arte, localizada na área circundante ao Arena Lounge. A entrada é livre.

Segundo o autor João Abreu Valente, “I Was Thinking About You” expressa “O desejo do que que está diante, em frente, enquanto vontade que procura a possibilidade do impossível”.

“I Was Thinking About You” é um trabalho desenvolvido em torno da relação comportamental entre o homem e o objecto. Tem como ponto de partida o contexto do Casino e explora a tensão existente na possibilidade do impossível. 

A repetição da vontade enquanto representação do desejo é o elemento performativo que dá forma a este corpo de trabalho. Sete peças que entre contrastes revelam o espírito que se inclina a uma acção de entrega e necessidade de encontrar seu lado real.

Sobre João Abreu Valente 
João Abreu Valente é um designer autoral que explora o objeto na relação entre forma e conteúdo. Utiliza maioritariamente a cerâmica enquanto meio de expressão e interessa-se pela pesquisa de processos alternativos de modo a questionar os limites da matéria. No seu trabalho utiliza diversos mecanismos associados ao site-specific, sendo este um método de pesquisa onde vai buscar informação ao contexto sobre o qual pretende trabalhar. 
Vive e trabalha em Lisboa, expõe o seu trabalho com regularidade a nível internacionalmente e tem peças em diversas coleções de Arte e Design. Em 2015 ganhou o Prémio Nacional de Design - Daciano da Costa na Categoria Jovem Designar. 

Sobre Ana Maria Catarino Doria
Ana Maria Catarino Doria é licenciada em arqueologia pela Universidade de Londres (University College of London). Tem uma vasta experiência nas áreas de museologia e curadoria, tendo trabalhado no Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque e no Departamento de Informação Pública das Nações Unidas, também em Nova Iorque. Foi Vice-Directora do Museu de Macau durante uma década e, presentemente, é responsável pela Galeria de Arte e Animação Cultural do Casino Lisboa, tendo sido curadora de mais de 80 exposições.

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Grandes Concertos Casino Estoril


O Casino Estoril celebra o 20º aniversário do emblemático ciclo de “Grandes Concertos” com um notável cartaz que promete conquistar os seus visitantes, de 20 de Junho, a 8 de Agosto, a partir das 23 horas, no Lounge D. Protagonista do primeiro concerto, precisamente em 1999, Paulo Gonzo abre a edição deste ano, agendada para as noites de Quinta-Feira. A entrada é livre.

Com um genuíno ambiente festivo, o ciclo de “Grandes Concertos” registou, desde o seu início, uma expressiva afluência de público, distinguindo-se, ano após ano, por promover a melhor música portuguesa.

O Casino Estoril ofereceu, nas duas últimas décadas, um total de 224 concertos protagonizados por um excepcional elenco de artistas. Predominaram os intérpretes portugueses, tendo, pontualmente, alguns artistas internacionais integrado também este emblemático ciclo musical que se tornou uma referência dos espectáculos agendados durante o Verão em Portugal.

Referência obrigatória na música pop produzida em Portugal nas últimas décadas, Paulo Gonzo inicia, a 20 de Junho, o programa deste ano. Após ter inaugurado, há 20 anos, o ciclo de “Grandes Concertos” do Casino Estoril, o artista regressa ao Lounge D para recuperar os melhores sucessos da sua carreira.

Paulo Gonzo coleciona êxitos em português e nunca abdicou de mostrar como é um devoto incondicional da soul e do blues. O seu talento e sucesso como cantor, compositor e intérprete fazem deste músico (que já vendeu mais 500.000 álbuns até à data), um dos mais conceituados artistas portugueses da actualidade.

Tiago Bettencourt é a proposta do Casino Estoril para a noite de 27 de Junho. O intérprete convida o público a viajar pelos êxitos mais marcantes da sua discografia. Em evidência estará “A Procura”, o sexto disco da sua carreira que concilia a acústica trovadoresca, a pop e as electrónicas discretas. 

Lançado em 2017, “A Procura” reflete ao longo das suas 11 canções esta busca incessante do artista pelos vários quadrantes musicais característicos do próprio e mais além ainda. De resto, as letras têm o dom de nos transportar numa visão, num sentimento e para determinados momentos, porque são os momentos que nos definem, nesse instante perene no qual o tempo e o espaço parecem não existir, que reforçam o cunho próprio deste vocalista, multi-instrumentista e produtor.

Em noite de “Grande Concerto”, David Fonseca regressa, a 4 de Julho, ao Lounge D para apresentar as melhores composições do seu novo álbum “Radio Gemini”. E uma vez mais, David Fonseca volta a surpreender. É muito provavelmente o seu disco mais vibrante e refrescante. E sim, isto acontece duas décadas depois de se ter revelado em “Silence Becomes It”, o disco de estreia da banda Silence 4. 

Adicionar às canções de “Radio Gemini”– “Oh My Heart”, “Get Up”, “Resist” ou “Tell Me Something I Don’t Know”, serão algumas das eleitas – outras, oriundas da sua discografia a solo, como “Superstars”, “The 80’s”, “What Life Is For” ou “Someone That Cannot Love”; ou das suas parcerias como nos Humanos; ou até revisitações ao repertório mais emblemático da história com os Silence 4, tudo isto faz deste espectáculo uma celebração da incomparável criatividade de David Fonseca. 

Após esgotarem o Lounge D, em 2016, os HMB reencontram-se, a 11 de Julho, com os visitantes do Casino Estoril. A banda sobe ao palco para recuperar os êxitos que marcaram mais de uma década de carreira inspirada nos melhores registos de soul e r’n’b.

Os HMB alcançaram, em 2012, o êxito com o lançamento do seu álbum homónimo. Com um segundo disco editado, em 2014, intitulado “Sente”, os HMB distinguem-se pela energia de composições como: “Dia D”, “Feeling”, “Naptel Xulima”, “Super Ego”, “Tudo Muda”, “Só Nós Os Dois” ou “Tua Maneira”. Em 2017 surgiu “MAIS”, o terceiro disco e com ele mais um ano de conquistas: “O Amor e Assim” ganha o Globo de Ouro para melhor canção, a banda representa Portugal no Rock in Rio Brasil e os concertos continuam a ser momentos únicos de celebração colectiva para públicos de todas as idades. 

Num dos concertos mais aguardados, Pedro Abrunhosa está de volta, a 18 de Julho, ao Lounge D. Autor e compositor de numerosos êxitos, Pedro Abrunhosa apresenta o álbum “Espiritual”, revisitando, ainda, outras canções emblemáticas do seu percurso discográfico. Presença habitual no Lounge D, o cantor considera o programa dos “Grandes Concertos do Casino Estoril” como “um contributo exemplar à sustentação da música portuguesa”.

"Durante os últimos dois anos escrevi e compus mais de trinta Canções das quais apenas quinze integram o meu oitavo disco de originais, 'Espiritual'. Foram dois anos de intensas, e quase diárias, gravações com os Comité Caviar. No BoomStudios, sob a supervisão imaculada de João Bessa, que comigo assina a Produção, o disco ganhou essência, depois corpo e, por fim, identidade. É um conjunto de Canções que, como todas, só ganharão vida plena no palco quando tocadas diante da cumplicidade do público. Agregado por uma atenção detalhada em todas as frentes é, contudo, na construção literária que “Espiritual” assenta os seus alicerces. Nos tempos fugazes de atenções efémeras, tento que as minhas raízes bebam da fundura dos mundos: do interior e daqueles que aos meus sentidos se vão revelando”, explica Pedro Abrunhosa.

Os Capitão Fausto estreiam-se, a 25 de Julho, no ciclo de “Grandes Concertos do Casino Estoril”. A banda promete conciliar alguns clássicos com êxitos recentes como, por exemplo, “Sempre Bem”, “Faço As Vontades” e “Amor, a nossa vida” que integram o novo álbum de originais “A Invenção do Dia Claro”.

A história de Tomás, Salvador, Francisco, Manuel e Domingos tem o seu primeiro capítulo em 2011, com “Gazela” – o Álbum de estreia. Seguiu-se, em 2014, “Pesar o Sol” e é neste segundo álbum que se impõem como uma das mais originais e criativas propostas do nosso país. Já em 2016, são as canções de “Capitão Fausto Têm os Dias Contados” que os levam a superar todas as expectativas. Em 2019, “A Invenção do Dia Claro”, quarto disco de originais dos Capitão Fausto mostra uma banda que renasce a cada disco, que se renova com o cuidado de quem quer construir uma carreira sólida, de uma forma aparentemente galopante mas sem o torpor do deslumbramento. 

Aguardado com natural expectativa, Miguel Araújo apresenta-se, a 1 de Agosto, para interpretar os melhores temas do álbum “Giesta”, bem como outros êxitos discográficos como, por exemplo, "Os Maridos das Outras", "Dona Laura" ou "Recantiga". 

Após os sucessos registados com os discos "Cinco Dias e Meio", em 2012, e "Crónicas da Cidade Grande", em 2014, Miguel Araújo editou no ano passado "Giesta", o seu terceiro álbum de originais. Miguel Araújo é um dos artistas mais completos da nova geração. É hoje considerado um dos grandes nomes da música portuguesa, destacando-se como compositor, letrista, cantor e músico, sendo bem-sucedido em cada uma destas vertentes que compõem a sua multi-facetada e eclética carreira. 

Considerada uma das mais internacionais artistas portuguesas de sempre, Mariza encerra, a 8 de Agosto, o ciclo de “Grandes Concertos”. A fadista sobe ao palco para apresentar o seu mais recente disco homónimo que foi distinguido com o prémio de "Melhor Álbum Europeu" nos “Songlines Music Awards 2019”, os galardões atribuídos pela prestigiada publicação britânica Songlines. No Lounge D, estarão, ainda, em destaque outros incontornáveis êxitos discográficos da artista.

“Mariza” é o sétimo álbum de estúdio da cantora portuguesa, foi produzido por Javier Limón e conta com composições de nomes como Jorge Fernando, Mário Pacheco, Matias Damásio, Heber Marques e Carolina Deslandes. Sobre o álbum, a revista Songlines escreveu que com o tema “Trigueirinha”, Mariza "coloca de lado quaisquer preconceitos de que o fado é sempre melancólico". Reconhecida pela imprensa internacional como uma das melhores vozes do panorama musical, Mariza tem colecionado galardões e distinções um pouco por todo o mundo, bem como nomeações para os mais importantes prémios mundiais. 

O programa do ciclo de “Grandes Concertos” é o seguinte:
- 20 de Junho: Paulo Gonzo
- 27 de Junho: Tiago Bettencourt

- 04 de Julho: David Fonseca
- 11 de Julho: HMB
- 18 de Julho: Pedro Abrunhosa
- 25 de Julho: Capitão Fausto

- 01 de Agosto: Miguel Araújo
- 08 de Agosto: Mariza

Com múltiplos polos de interesse, este ciclo de oito concertos promete contagiar de animação as noites de Verão no Lounge D, reforçando a qualidade da oferta cultural e de entretenimento do Casino Estoril. 

Diogo Piçarra dá música à Fruut



É um dos artistas portugueses mais talentosos do momento e vai despertar o melhor que há em nós ao som de “Só te faz bem”, uma música produzida em parceria com a Fruut, marca portuguesa de snacks de fruta 100% naturais. A letra e música são da autoria do cantor e compositor, que nos convida a reflectir sobre a importância dos afectos e das relações humanas, num tempo em que a pressão do quotidiano nos leva a esquecer que o mais importante são as pessoas.

A música chega hoje, quinta-feira, aos meios digitais – Facebook, Instagram e YouTube, e é o mote da nova campanha da Fruut, que quer dar a conhecer a marca e os seus produtos a todos os portugueses, num momento importante em que está a lançar no mercado novos snacks de Coco, Mix de Maçã com Coco e Amêndoa e Mix de Maçã com Amendoim, que estão a ter enorme procura nas primeiras semanas, com vendas superiores a 100 mil embalagens.

Para Filipe Simões, a escolha de Diogo Piçarra acabou por surgir naturalmente. “Queríamos dar a conhecer a marca aos consumidores, associando-a a boas sensações e encontramos na música o meio ideal para chegar ao coração das pessoas. No momento que nos surgiu essa ideia contactamos o Diogo, com quem partilhamos valores importantes como a natureza, simplicidade e portugalidade. O entusiasmo foi imediato e o resultado irá ser surpreendente como poderão ver no videoclipe que produzimos em conjunto. A música é linda e vai dar que falar.”

De notar que esta música é a única que Diogo Piçarra lançou a solo este ano, até à data.

Recorde-se que a Fruut lançou recentemente no mercado uma nova embalagem, num formato mais prático e reduzido. Além de mais apelativa para o consumidor, é também mais amiga do ambiente, com a redução de 25% de plástico na sua produção, o que contribui para uma diminuição significativa do cartão utilizado no transporte, já que em cada uma das caixas é possível colocar mais embalagens. Estas medidas espelham a preocupação da marca portuguesa para a problemática do meio ambiente e da sua sustentabilidade.


À Procura de Sana



A Porto Editora publicou uma nova edição de À Procura de Sana, romance de Richard Zimler que, cruzando realidade e ficção, narra a história de duas amigas, Sana e Helena, uma palestiniana e outra judia, ambas filhas de emigrantes, nascidas no bairro israelita de Haifa.

Após testemunhar o suicídio de Sana, uma bailarina que conheceu na Austrália, o autor decide investigar as razões que levaram a essa decisão, descobrindo de caminho uma história de amizade no meio do caos e da violência da nossa História recente.

Poucos escritores descrevem com tanta elegância personagens que se exprimem por gestos, no silêncio: linguagem das mãos, dos olhos, do movimento. Seduzida, descobri esta história de amizade profunda entre duas mulheres, paradigma do diálogo apaixonado, doloroso, feito de avanços e recuos, entre duas culturas irmãs em guerra.

SINOPSE
Em fevereiro do ano 2000, Richard Zimler desloca-se à Austrália para participar no Encontro de Escritores de Perth. Aí, conhece Sana, uma bailarina brasileira que lhe diz que o seu livro O Último Cabalista de Lisboa influenciou profundamente a sua vida. Um dia depois, o inesperado acontece: a mulher suicida-se, atirando-se da janela do hotel em que ambos estão hospedados.

Zimler torna-se então personagem do seu romance e, simultaneamente, investigador e narrador. As suas buscas levá-lo-ão a Paris, onde conhece Helena, amiga de infância de Sana. Porém, à medida que vai desenrolando o fio da vida de ambas – que começa em Haifa, numa época em que a  convivência pacífica entre uma palestiniana e uma judia era ainda possível –, vê-se envolvido numa teia de ilusões, crueldade e vingança que culminará no 11 de Setembro de 2001.

Pvp: 16,60€

Worten Game City


Faltam apenas algumas horas para a primeira cidade de gaming do país abrir as suas portas. A partir de amanha e até 2 de Junho chega à Cordoaria Nacional a Worten Game City, um evento com assinatura do Rock in Rio que oferece dez horas de entretenimento por dia - com o recinto a funcionar das 12h00 às 22h00 - e uma programação a pensar em toda a família, num espaço com dez áreas de atividades e mais de 2.000 jogos para experimentar. 

Ao longo de três dias, não vão faltar conteúdos para miúdos, graúdos, gamers profissionais, amadores ou, simplesmente, curiosos. Há música, dança, experiências de realidade virtual e aumentada, uma área de jogos de tabuleiro, uma viagem pelas últimas quatro décadas do mundo dos videojogos, jogos que ganham vida fora dos ecrãs e se tornam reais, meet & greets com os ídolos dos mais novos, e muito mais.  

VIII edição do Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival


Mais um dia da VIII edição do Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival e tivemos oprotunidade de estar à conversa com Carlos Sargedas, diretor do Festival, que nos falou dos sentimentos dos realizadores participantes neste certame: “o Finisterra é referido pelos realizadores de edições anteriores como sendo muito mais do que um concurso de bons filmes. Marcando pela diferença, este ano vamos mostrar o que de melhor Sesimbra tem para oferecer através da já habitual "Sesimbra Experience", onde tentámos durante os 4 dias do festival mostrar algumas “locations” privilegiadas, mas também dar a provar o melhor peixe do mundo: os convidados irão participar na pesca artesanal da Arte Xávega na praia de Sesimbra e mais tarde provar o peixe pescado.” Este festival é também um festival onde há uma forte componente de “networking”, pois a troca de experiências entre os profissionais da área é abundante e tem demonstrado dar bons frutos" concluiu.

Este ano uma das novidades foi a entrada do "Cultura e Não Só" como media partner a convite de Carlos Sargedas, director e fundador deste festival, assim sendo poderá acompanhar todas as novidades aqui no seu blogue.

Siraiva lança single com Maro



Siraiva convida Maro, a cantora revelação junta-se com o músico veterano para dar voz ao novo tema " Takin’ It Slow”, com beats compassados e quentes, em suaves cadências numa melancolia urbana e tropical. O tema está disponível em todas as plataformas a partir desta Sexta-Feira, dia 24 de Maio.

Siraiva terá um novo álbum em 2019 com sonoridades inspiradas no nu-disco e no funk, e surge com a promessa de várias participações especiais. O álbum será lançado no Outono de 2019.

Mariana Secca, que se apresenta como Maro, com 23 anos é um pequeno fenómeno na Internet .A jovem música, que estudou na Berklee College of Music e hoje vive em Los Angeles, é a convidada para este "Takin’ It Slow". 

Está tudo F*dido de Mark Manson



Depois do sucesso de A Arte Subtil de Dizer que se F*da com mais de 500 dias no TOP de vendas nacional e com mais de 90 mil livros vendidos, Mark Manson diz: Está tudo F*dido, um livro que  nos desafia a olhar para o mundo com outros olhos.

Vivemos numa época estranha. Apesar de termos mais liberdade, saúde e riqueza do que em qualquer outra época da história, tudo à nossa volta parece terrivelmente f*dido: aquecimento global, queda de governos, economias em colapso e todos permanentemente ofendidos nas redes sociais. Temos acesso a tecnologia, a educação e a formas de comunicar que os nossos antepassados nem sequer imaginavam, mas ainda assim sentimos uma esmagadora desesperança. Afinal, o que é que se passa connosco?

Com a sua habitual mistura de erudição e humor e com base em investigação psicológica e na sabedoria intemporal de filósofos como Platão e Nietzsche, o autor disseca a política e a religião e mostra como as duas se tornaram desconfortavelmente semelhantes.  Analisa, ainda,  a nossa relação com o dinheiro, o entretenimento, e a internet, desafiando as definições de fé, felicidade e até da própria esperança.

Rumos participa no Landing Festival


A Rumos vai marcar presença no Landing Festival, um dos maiores eventos de carreiras tecnológicas que decorre nos dias 28 e 29 de Junho, no Centro de Congressos de Lisboa, e que reúne as principais empresas europeias de tecnologia.
Promovido pela Landing.Jobs, o evento inclui palestras, talks e workshops sobre as últimas tendências do mercado de TI e representa uma oportunidade para networking e aconselhamento sobre o desenvolvimento da carreira junto da comunidade tecnológica. 
O evento conta com um painel de oradores de diversas áreas da Formação e da Tecnologia, desde Desenvolvimento de Carreiras, a Data Science, Gestão de Produto e Design, representantes de reconhecidas marcas, nomeadamente, do e-Bay, Microsoft, BMW, Docker, Reddit, IXDS, Codecentric, entre outras, que irão partilhar as suas experiências e conhecimentos sobre as últimas tendências da tecnologia. 
Durante dois dias, vão ser apresentados temas como Liderança, Conhecimento, Inteligência Emocional, Agile, Arquiteturas Cloud, Azure, ou Personal Branding, que integram um programa vasto e inspirador para quem pretende acompanhar os últimos desenvolvimentos da tecnologia.
A Rumos vai estar presença na Expo Area para ajudar a definir uma carreira de sucesso no mercado das TI, através da experimentação das Tech Shots, sessões de TI de curta duração.

Sobre a Rumos

A Rumos, fundada em 1992, está estruturada em três grandes áreas de atuação: Formação Profissional, Educação e Serviços TI.
As parcerias e o reconhecimento pelas maiores e mais prestigiadas entidades nacionais e internacionais ligadas às novas tecnologias de informação e comunicação garantem à Rumos um know-how constante sobre o que de mais avançado existe a nível mundial.
A Rumos oferece às entidades empregadoras aquilo que elas procuram: os melhores profissionais, com competências adequadas, graus de competitividade elevados e a capacidade para criar e vencer novos desafios. A Rumos prepara-os, garantindo a formação mais eficaz para valorizar a sua carreira, criando valor adicional para as empresas.

Estreias de cinema de 30 de Maio de 2019


Esta semana dentre as várias estreias de cinema nas salas nacionais o "Cultura e não Só" destaca as seguintes:



Rocketman

Um filme biográfico sobre Elton John (nascido Reginald Kenneth Dwight, na cidade de Londres, a 25 de Março de 1947), considerado um dos mais importantes cantores, compositores e pianistas da actualidade. A história acompanha-o desde os tempos em que, ainda criança, encantava professores da Royal Academy of Music, uma das instituições musicais mais respeitadas do Reino Unido, até à consagração como estrela internacional. O espectador segue a sua parceria e amizade de décadas com o também compositor Bernie Taupin, a luta contra a depressão, abuso de drogas e as dificuldades na aceitação da sua própria homossexualidade.
Estreado mundialmente no Festival de Cannes, conta com argumento de Lee Hall e realização de Dexter Fletcher (que esteve por detrás das câmaras em "Bohemian Rhapsody", após o despedimento de Bryan Singer). Taron Egerton encarna a personagem de Elton John – com supervisão do próprio artista. Jamie Bell, Richard Madden e Bryce Dallas Howard assumem as personagens secundárias.



Segredos do Passado

Em tempos uma estrela de futebol americano, Carson Phillips (John Travolta) é agora um detective privado em Los Angeles, Califórnia. Quando regressa à sua cidade natal, no Texas, é contratado pela ex-mulher para ilibar a filha de ambos, que recentemente se tornou suspeita da morte do marido. Esse assassinato, tal como vários outros, parece estar relacionado com uma rede criminosa com ligações a algumas das pessoas mais poderosas da cidade. Determinado a provar a inocência da filha, Phillips tem de, antes de tudo, encontrar os verdadeiros culpados e deslindar as suas motivações.
Com realização de Francesco Cinquemani, Luca Giliberto e George Gallo, um "thriller" com ingredientes de filme negro que, para além de Travolta, conta ainda com o desempenho de Brendan Fraser, Famke Janssen e Morgan Freeman, entre outros. 



Troll e o Reino de Ervod

Trym, príncipe dos trolls, tem apenas três dias para salvar o rei Grom, seu pai, que se transformou em pedra depois de lhe ter sido arrancada a cauda. Para isso, segue viagem com o seu grupo de amigos mais próximos pelo interior da floresta até ao misterioso Reino de Ervod, onde se julga estar a entidade causadora do terrível infortúnio. Contudo, assim que lá entram, percebem que, para salvar o soberano, vão ter de arriscar as suas vidas.
Um filme de animação realizado e escrito por Kevin Munroe ("Tartarugas Ninja: Uma Nova Aventura", "Dylan Dog: Guardião da Noite" e "Ratchet & Clank"). A versão dobrada em português conta com as vozes dos actores Inês Castel-Branco, Paulo Pires, Isaac Carvalho e Madalena Aragão.

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Sara Tavares leva grandes êxitos ao Casino Estoril


Com uma voz doce e um repertório rico, sobejamente conhecido e preenchido de “Coisas Bunitas”, Sara Tavares apresenta-se, no próximo dia 8 de Junho, pelas 21h30, no Salão Preto e Prata do Casino Estoril. A carismática cantora lusófona protagoniza um espectáculo que, para além de relembrar algumas músicas lançadas ao longo da sua carreira, contará também com a apresentação da tour “Fitxadu”, o seu mais recente álbum. 

É com “Bom Feeling” que a Frequentaplauso apresenta em concerto, Sara Tavares - Ao Vivo, em estreia no Salão Preto e Prata no Casino Estoril.

É difícil reconhecer, actualmente, a Sara Tavares que nos foi revelada há mais de 20 anos. Ao longo da sua carreira, como fruto de várias viagens, as experiências foram enriquecendo a sua música. Foi sendo descoberta uma nova simplicidade e uma confiança cada vez maior na sua voz, culminando com a conquista do prémio de melhor voz feminina nos Cabo Verde Music Awards, em 2011.

Após o memorável espectáculo de Tributo ao Duo Ouro Negro que contou com a participação de vários convidados, Ricardo Santos escolhe para o seu próximo projecto, a voz e a presença de uma artista com uma sonoridade muito pessoal e intransmissível, onde as suas raízes cabo-verdianas, o seu amor pela soul e a sua facilidade com uma melodia contribuem para criar uma verdadeira música do mundo.

Villamix regressa a Lisboa



O Villamix regressa a Lisboa nos próximos dias 13 e 14 de Setembro no Altice Arena. Mas antes, a 30 de Maio, vai haver uma festa de lançamento no Clube Ferroviário Rooftop a partir das 19:00.

Festa, que contará com um showcase especial de um dos artistas do cartaz de Lisboa. Quem? Segredo absoluto!


Villamix Origem

O Villamix foi criado em 2011 para ser apenas um festival de música sertaneja. Contudo, o seu sucesso imediato com mais de 50 000 espectadores no primeiro ano e mais de 100 000 no ano seguinte, fizeram com que a organização repensasse o festival criando um palco maior, melhores condições técnicas e não apenas uma edição por ano mas sim, várias. Neste momento, realizam-se mais de 30 edições por ano em 24 cidades diferentes e com mais de 2 milhões de espectadores. 


Villamix Internacional

Em 2015, o Villamix contou com a participação de artistas internacionais como Demi Lovato e ganhou pela primeira vez (a segunda seria em 2017) o certificado do “Guinness World Records” por ter o maior palco do mundo. 

Em 2018, contou ainda com mais nomes internacionais como foram os casos de Shawn Mendes e Nick Jonas.


Villamix Lisboa

Nesse mesmo ano, em Outubro, realizou-se a primeira edição internacional do festival em Lisboa no Altice Arena onde estiveram mais de 20 000 pessoas.

O alinhamento do festival em Lisboa por dias pode ser consultado nas linhas abaixo, assim como o valor dos bilhetes:


13/09, sexta:
Jorge e Mateus, 
Wesley Safadão, 
Simone e Simaria
Matheus e Kauan
Djodje
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
14/09, sábado:
Luan Santana
Gusttavo Lima
Xand Avião
Alok
Calema
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A venda de bilhetes diários começa dia 24/04, com os seguintes valores:
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Balcão 1 €60 por dia⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Balcão 2 €40 por dia⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Villa Prime €60 por dia⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Golden Mix Vip €120 por dia



Volvo introduz em Portugal nova cadeira infantil



Para a Volvo a segurança infantil é um tema fundamental.

A marca tem apresentado, ao longo das últimas décadas, inúmeras e inovadoras soluções para tornar as viagens mais seguras para os seus passageiros mais novos e vulneráveis.

Neste dia Nacional da Segurança Infantil, a Volvo introduz em Portugal, a nova cadeira infantil rotativa Easy Access.

Recorde-se que, recentemente a Volvo realçou a importância das crianças viajarem no automóvel,
voltadas para a retaguarda, durante o maior tempo possível.

O revestimento é um exclusivo Volvo e fabricado 80% em lã. Graças à boa capacidade de ventilação, a lã ajuda a criança a manter a temperatura corporal tanto num clima quente como frio.

O nível de segurança foi testado de acordo com as mais elevadas exigências.
Este sistema implica que as possibilidades de montagem da cadeira de criança sejam mais reduzidas e que o risco de montagem incorrecta seja menor.

A cadeira i-Size assegura a utilização universal da mesma em automóveis com lugares com homologação i-Size.

A concepção das cadeiras i-Size baseia-se, no novo regulamento, na altura da criança em vez do peso. Neste novo regulamento foram introduzidas também novas exigências para o caso de colisões laterais.

Noite de fado no Casino Estoril


Em noite de fado no Casino Estoril, Sara Paixão e Gustavo sobem ao palco do Lounge D, hoje pelas 22 horas acompanhados por Diogo Lucena Quadros na guitarra, Luís Roquette na viola e Francisco Gaspar na viola baixo. A entrada é livre.

Sara Paixão
Nascida em Lisboa, em 1991, Sara Paixão, descobriu o fado durante a adolescência através de Amália Rodrigues. Sentiu-se conquistada por este estilo que caracteriza de “único” e começou a dar-lhe voz.

Sara Paixão não tinha cantado nem experimentado nenhum outro estilo musical em concreto e foi no fado que se descobriu. Após aprovação familiar a jovem iniciou o seu percurso artístico em concursos de Fado Amador. Garantiu o pódio nos concursos de Loulé, Portimão e venceu, em 2011, o “Concurso de Fado Vadio” da cidade de Olhão.

Gustavo
Nascido em Lisboa, em 1990, Gustavo começou a despertar interesse pela música desde muito jovem. Com, apenas, 7 anos de idade, iniciou aulas de piano e aos 9 anos, foi convidado para representar o Colégio Príncipe Carlos e Princesa Ana num CD alusivo aos 50 anos da instituição. Com a sua entrada no Colégio Militar aos 10 anos, integrou o Orfeão de Alunos de onde surgiram inúmeros espectáculos em que participou tocando piano, órgão, guitarra clássica e cantando. 

Gustavo revelou-se fadista, seguindo as pisadas de seu pai, António Pinto Basto, actuando pela primeira vez em público aos 15 anos numa casa de fados em Lisboa. Desde então, participou em inúmeros espectáculos com grandes vozes do fado como, por exemplo, Rodrigo, Vicente da Câmara, José da Câmara, Maria João Quadros, Teresa Tapadas e, claro, o seu próprio pai. A sua paixão e devoção é o fado, onde se espera que se revele como mais uma grande voz da canção nacional.

VIII edição do Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival


O Cinema Português ganha a cada ano que passa maior expressão no Finisterra, este ano são já 25 filmes a concurso, que vieram mostrar que cada vez mais os realizadores nacionais - assim como as autarquias - acreditam no tema deste festival e o veem como uma forte montra internacional.

As categorias a concurso são variadas, desde as categorias clássicas de Melhor Filme, Melhor Realizador ou Melhor Argumento, a categorias mais do nicho deste festival, como Melhor Filme de Promoção/Disseminação ou Melhor Filme na região da Arrábida.

O diretor do festival Carlos Sargedas explica: “Esta edição contará com categorias cinematográficas variadas de forma a premiar o esforço e dedicação dos realizadores a concurso. Iremos ter categorias inovadoras como Melhor filme Drone, de forma a acompanhar também a evolução no campo de filmagem cinematográfica, e temos participantes de prestigiadas cadeias de televisão como a BBC que certamente irão apresentar filmes de grande valor documental”. 

Este ano uma das novidades foi a entrada do "Cultura e Não Só" como media partner a convite de Carlos Sargedas, director e fundador deste festival, assim sendo poderá durante a semana acompanhar todas as novidades aqui no seu blogue.

Nocturnus - Os Contos Improvisados de Edgar Allan Poe


Depois de na última temporada, o espectáculo Nocturnos ter sido um sucesso com sessões continuamente esgotadas, os Instantâneos regressam à Quinta da Regaleira, em Sintra para surpreender e a arriscar com o espectáculo Nocturnus - Os Contos Improvisados de Edgar Allan Poe.

Nocturnus, uma criação original que pretende explorar e fundir o universo literário de Edgar Allan Poe, com o cenário esotérico da Quinta da Regaleira, de 12 Julho a 7 Setembro, todas as Sextas e Sábados às 23h59.

Uma divertida incursão poética, aos ambientes românticos da sua obra literária, que serviram de inspiração à criação de contos fantásticos, completamente improvisados e efémeros como a noite. Este espectáculo é co-produzido com Fundação CulturSintra.

Sobre os Instantâneos
Os Instantâneos, nascem em 2012 e são hoje uma das referências da improvisação teatral em Portugal. Para além da concepção de diversos espectáculos originais, são também os criadores do Espontâneo, que é o único festival internacional de improvisação, em território nacional que acontece desde à 8 anos. 


“Tudo o que vemos ou parecemos, não passa de um sonho dentro de um sonho.”
Edgar Allan Poe

Mónica Ferraz de regresso com "Fool"


A cantora Mónica Ferraz regressa aos palcos e aos discos em 2019, com uma mudança artística de relevo, para dar início a uma nova fase da sua carreira.

Fool é o primeiro tema a ser apresentado ao público e espelha a nova sonoridade da cantora: forte, atual, pop, energética, internacional. É uma canção que certamente vamos ouvir nas principais rádios nacionais.

Gravado na Alemanha, o tema foi produzido e composto em conjunto com Christian Riesen​. ​Mathias Muller foi o diretor da produção do vídeo através da ​Matto Films​, também sediada na Alemanha.

2 álbuns de sucesso, 3 Hits No1, 3 nomeações para os MTV Music Awards, 2 nomeações para os Globos e Ouro, fazem de Mónica Ferraz um dos mais importantes nomes e vozes da música Pop Portuguesa.


terça-feira, 28 de maio de 2019

Dinh€iro no Grande Auditório da Culturgest



A mala voadora apresenta Dinh€iro, de amanhã até 1 de Junho, no Grande Auditório da Culturgest, um remake da famosa série de televisão norte-americana Dallas.

Em Dinh€iro, as figuras que os países exibem orgulhosamente nas suas notas – paisagens idílicas, animais exóticos, monumentos sumptuosos – servem de cenário a este remake. Um mundo onde tudo é deslizante. Onde tudo pode ser vencido rumo ao deleite, ao ouro, ao petróleo, aos iates, às festas, às brands. Onde tudo é permitido aos protagonistas. Incluindo matar. DINH€IRO é também um espetáculo com catanas, jagunços, cangaceiros e muito sangue a manchar os fatos.

O espetáculo, escrito e dirigido por Jorge Andrade, que também está em palco, conta com as interpretações de Bruno Huca, Isabél Zuua, Joana Bárcia, Maria Jorge, Marco Paiva, Miguel Damião, Rui Monteiro, Sílvia Filipe e Tânia Alves.

Depois da estreia nacional, no DDD+FITEI, no Auditório Municipal de Gaia, Dinh€iro chega agora à Culturgest, em Lisboa. Os bilhetes custam entre 6€ (com descontos) e 12€ e estão à venda na bilheteira da Culturgest e online.

Sobre a Mala Voadora

A mala voadora foi fundada por Jorge Andrade e José Capela e estreou o seu primeiro espetáculo em 2003. Desde então, produziu 41 espetáculos e apresentou o seu trabalho em países como Alemanha, Bélgica, Bósnia Herzegovina, Brasil, Cabo Verde, Escócia, Estados Unidos da América, Finlândia, França, Grécia, Inglaterra, Líbano, Luxemburgo e Polónia. O trabalho da companhia tem sido distinguido com prémios, menções honrosas e nomeações de múltiplas instituições.

Masterclass com Paulo Battista



Paulo Battista, o alfaiate das estrelas e uma das caras mais conhecidas da televisão, estará na Feira do Livro de Lisboa, no dia 1 de junho, às 19h30, para ministrar uma Masterclass, que decorre no espaço Autores Que Nos Unem, do Grupo Porto Editora, em que se insere o Grupo BertrandCírculo. Domine as regras da arte de bem vestir com Paulo Battista, autor do livro «Manual de Estilo para Eles», um livro para o homem que gosta de roupa e para o que não gosta, mas não tem outro remédio. Sem papas na língua nem politicamente correto, Paulo Battista tem dicas e conselhos para todos os tamanhos, idades e feitios. O que está certo e o que está errado, sem olhar a tendências: apenas ao bom gosto para conseguir o guarda-roupa certo.

Paulo Battista é um nome incontornável da arte de criar fatos. Formou-se entre Portugal, na Academia Maguidal, e Espanha, nas academias Confiança e Gorina, passou pelas principais casas de Lisboa e tem hoje o seu próprio ateliê, espaço eleito pelas figuras mais emblemáticas do País. Durante o Mundial de Futebol na Rússia, em 2018, apresentou um talk show na Sport TV, o Selecão à Medida, um programa de entrevistas exclusivas a jogadores de futebol. Na televisão, assume também o papel de comentador desportivo, sempre em defesa do Sporting Clube de Portugal. Na RTP, é jurado do talent show Cosido à Mão. Na TVI, faz a rubrica Conversa de Alfaiate. De momento, participa no programa A Tua Cara Não Me É Estranha (TVI).

Frozen Iced Tea, a nova edição limitada da Starbucks



Para dar as boas vindas ao Verão, a Starbucks® apresenta os Frozen Iced Tea, a nova edição limitada (disponível em exclusivo até 4 de Setembro) que combina a delicadeza dos chás Teavana™ em formato iced, com os deliciosos sabores das frutas mais premium: manga, morango & lima e laranja vermelha. Três apostas super refrescantes e coloridas, que coincidem com as cores tendência desta temporada.

Já podemos encontrar os tons living coral, aspen gold ou jester red em todo o tipo de roupas e acessórios…, mas e se o complemento perfeito para um look for uma bebida? 

O aspen gold é uma das cores mais alegres deste ano. Estampado ou não, consegue dar um carácter mais atrevido a qualquer visual. Se gosta de conjuntos extravagantes, o melhor é escolher o Mango Tropical Frozen Iced Tea, uma combinação doce e intensa, conseguida através da mistura do chá preto com manga e ananás, para obter um clássico sabor tropical. As frutas exóticas gritam verão! 

O living coral não é um must apenas quando falamos de moda, já que foi eleita cor Pantone do ano. É um tom quente e muito vivo, que recorda a cor que encontramos nos recifes de coral, que lhe dão nome. Para conseguir um match perfeito, combine o seu look living coral com o Strawberry & Lime Frozen Iced Tea, que mistura a doçura do morango, o cítrico da lima e o toque herbal do chá verde. 

O jester red é o tom de vermelho em que apostam os especialistas de moda este verão. Intenso e elegante, consegue dar um toque sofisticado a todos os outfits. Para os que apostam nele, a Starbucks propõe o Blood Orange Frozen Iced Tea, que combina o a laranja vermelha, com o carácter floral do chá de hibiscus

Os novos Frozen Iced Tea da Starbucks® chegaram para os amantes do chá gelado mais na moda!

PVP. Desde 3,90€, tamanho Tall

Canon Europa promove iniciativa educativa em Matera (Itália)


A Canon Europa, continua a apostar na Educação e desenvolveu uma iniciativa única, de valor inestimável em Matera, Capital Europeia da Cultura 2019, situada no sul de Itália. Ao todo foram 28, os estudantes e professores, selecionados para visitar Matera no final de Abril, e colaborar na produção de uma exposição a ser apresentada durante o mês de Setembro. O programa Residency resultou na produção de imagens únicas deste Património da Humanidade, que serão posteriormente oferecidas ao Arquivo da Cidade, para uso em exposições e promoção do território.

O projeto coordenado por Francis Kohn, Lecturer on Photography and Journalism, former President of Photography at AFP (FR), Cosmo Laera, Professor of Photography at the Academy of Arts of Brera (I) and Artistic Director of the Matera European Photography organization, Richard Shepherd, Marketing Manager ITCG e Paolo Pellegrin, Canon Ambassador and Member of Magnum teve início no passado mês de Fevereiro, e recebeu entre Março e Abril, em Matera, 28 fotógrafos que durante oito dias tiveram a oportunidade de criar individualmente um portefólio com imagens da cidade e do território. Após revisão por parte da organização, cinco fotografias de cada um dos fotógrafos serão apresentadas na Exposição de Verão que decorrerá em meados de Setembro.

Durante a estadia, cada Mentor e Estudante, além de todo o apoio técnico, recebeu por empréstimo um kit Mirrorless da Canon, para testar o sistema e conhecer as mais-valias destes sistemas na produção de fotografias. As atividades locais incluiram visitas guiadas aos principais pontos de interesse da cidade e arredores com o objetivo de captar a essência de todo o território.

Os fotógrafos convidados manterão direitos autorais completos de cada imagem, concedendo uma licença irrevogável não exclusiva à cidade de Matera. O uso inclui a exibição e a apresentação nos sites afiliados da Canon, MEPH e Matera Diffusa.

A participação de Portugal no Programa Residency ficou a cargo de Madalena Traguil, estudante de Audiovisual e Multimédia da Escola Superior de Comunicação Social, e do professor Ruben Neves. Ambos estiveram em Matera, durante o início de Maio, ao longo de oito dias, onde tiveram a oportunidade de testar o novo sistema EOS R da Canon. Poderá aceder ao portefólio da Madalena através do seguinte link: https://www.behance.net/madalenatraguil/

Matera é conhecida por seus bairros de cavernas conhecidos como Sassi, com ruas estreitas, casas e igrejas esculpidas em rocha. A cidade é uma das mais antigas cidades continuamente habitadas do mundo e foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1993.

VIII edição do Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival


A edição deste ano do Finisterra recebe a Turquia a titulo de país convidado. Lale Ülker, Embaixadora da Turquia em Portugal oferece um almoço a convidados e imprensa no Restaurante "O Capítulo", em Sesimbra, no dia 30 de Maio.
Haverá ainda uma exposição de fotografia da embaixada da Turquia, aberta ao público até ao dia 1 de Junho, no hall da Biblioteca Municipal de Sesimbra.

Até 31 de Maio, Sesimbra recebe um dos certames culturais mais importantes da região, que servirá para colocar a região da Arrábida, Setúbal e Tróia no mapa das grandes produções internacionais. 


Amanhã há 4 sessões de filmes no cineteatro João Mota em Sesimbra integrado na 8ª edição do festival Finisterra. A sessão começa ás 21 horas com vários outros filmes, mas o "Cultura e Não Só" recomenda-lhe que não perca o documentário sobre a escola de samba O Império Serrano, película que é extra concurso.


Este ano uma das novidades foi a entrada do "Cultura e Não Só" como media partner a convite de Carlos Sargedas, director e fundador deste festival, assim sendo poderá durante a semana acompanhar todas as novidades aqui no seu blogue.

Canto Nómada de Bruce Chatwin



Um novo título da colecção Terra Incógnita, a nova colecção de literatura de viagem da Quetzal, chega esta semana às livrarias: Canto Nómada, de Bruce Chatwin, traduzido por José Luís Luna.

Trinta anos depois da morte de Bruce Chatwin, a Quetzal Editores publica este extraordinário relato de viagem através dos caminhos mágicos dos antigos aborígenes da Austrália, em busca da beleza, da espiritualidade, do tempo e do sentido da vida. No coração da Austrália, Canto Nómada, de Bruce Chatwin, promove o encontro do leitor com a magia perdida. 

«Canto Nómada mistura ficção e não ficção, personagens reais e personagens com hábitos e papéis puramente inventados, diálogos meticulosamente registados nos seus moleskines e frases que deviam ser ditas por aquelas pessoas. Mistura também australianos brancos e australianos nativos. Maldade e bondade. Sonho e crueza. Beleza e fealdade», escreve Francisco José Viegas no prefácio a esta nova edição do livro.

O grande território da Austrália pré-colonial era um mapa povoado por aborígenes, nómadas e caçadores-recoletores. Os caminhos que eles percorriam, trilhos quase invisíveis e flutuantes, são hoje conhecidos como songlines, mas para os antigos habitantes significavam também um rasto da memória dos seus ancestrais que, como numa lenda sobre a criação do mundo, caminhavam sobre o desconhecido. 

É nesse mundo solitário e quase desabitado da Austrália que Chatwin coloca as suas personagens numa espécie de viagem filosófica, esmagadas pela paisagem, cruzando-se com caçadores de fortunas ou feiticeiros aborígenes, campónios desterrados, polícias que gostariam de ser escritores ou camionistas perdidos. Ao longo dessa viagem destemida, interrogamo-nos acerca do nosso destino, sugerindo que somos uma espécie de nómadas desenhando caminhos sobre a terra.

PVP: € 15,50

The Acoustic Foundation apresentam o novo single


O funk nacional respira vitalidade e os The Acoustic Foundation (TAF) assumem-se como um dos seus novos rostos. Entre sonoridades mais retro e outras mais frescas, baseiam o seu álbum de estreia, Big Sculpture, num sedutor groove que não deixa ninguém parado.
A prova está em temas como Dance, Silence ou Feed My Soul, com direito a air-play em algumas das principais rádios portuguesas.

O disco foi trabalhado entre o Porto e Londres, onde recebeu o toque final de Mo Hausler (Björk, One Direction, Ed Motta, All Saints, Mika, Lily Allen, Pet Shop Boys, Chaka Khan, Incognito ou The Brand New Heavies).

Ao vivo, o carisma da vocalista Marta Oliveira associa-se à energia da banda e a alguns dos melhores bailarinos nacionais de danças urbanas, proporcionando ao público uma experiência inesquecível.


Filmes de Alex Ross Perry e Carlos Marqués-Marcet na abertura e encerramento do FEST 2019


Her Smell e Days to Come são os filmes que marcarão o arranque e encerramento do festival em Espinho. As longas apresentam-se no 15º FEST, Festival Novos Realizadores, Novo Cinema em estreia nacional. Fechada está também a principal competição do festival com uma selecção de 10 longas em luta pelo Lince de Ouro. 

Acabou de ganhar o prémio maior da competição no Festival de Cinema de Málaga depois de já ter passado pela selecção oficial do Festival de Roterdão o mais recente filme de Carlos Marqués-Marcet. O sucessor do multipremiado 10.000km, usa a gravidez real de um casal de actores para fazer um retrato íntimo de um casal em plena crise conjugal. Days to Come estreia-se em Espinho, naquela que será a a abertura oficial do FEST 2019.

Há poucos realizadores que tenham já usado tantos chapéus como Alex Ross Perry. Desde 2009 que escreveu e realizou mais de uma dezena de longas metragens, tendo produzido, editado e até assumido as despesas de representação em várias delas. A mais recente, Her Smell, estreou mundialmente em Toronto, com uma história que parece tirada a químico da vida de Courtney Love. Com dois prémios conquistados ao momento, Her Smell acompanha a vida de uma estrela de punk auto-destrutiva, enquanto a mesma lida com a sua sobriedade e com a vontade de se reconectar com a inspiração criativa. 

Em destaque na competição internacional de longas metragens, a segunda longa-metragem de Jayro Bustamante, Tremors, que volta a fazer virar a cabeça da crítica mundial para o emergente cinema da Guatemala. Um estrondoso drama queerque conta a história de Pablo, um homem casado, pai de família e cristão devoto, que vê a sua vida virada do avesso quando se apaixona por um homem. Rodeado pela opressão e pela tolerância, a comunidade de Pablo decide “curá-lo”, com recurso a terapias desumanas. Destaque ainda para System Crasher, um filme da realizadora estreante Nora Fingscheidt, que conta a história de uma irreverente menina de 9 anos, que a proteção de menores rotulou como “quebra sistemas”. Um dilema moral com uma protagonista pequena, mas de peso, ganha o seu lugar na programação do FEST, depois de ter sido ter conquistado dois prémios na edição deste ano do Festival de Berlim. Fechamos os destaques do Lince de Ouro com Manta Ray, vencedor do prémio Orizzonti na ultima edição do Festival de Veneza. Passado numa vila costeira na Tailândia, o realizador Phuttiphong Aroonpheng conta a história de um pescador que acolhe um homem quando o encontra inconsciente. Quando a embarcação do pescador se perde no mar, o homem que acolheu assume a sua vida, apoderando-se da sua casa, do seu trabalho e da sua relação com a ex-mulher. Este filme surge-nos como um exemplo da afirmação da Tailândia como potência crescente do cinema, tendo ganho já 11 prémios no circuito de festivais.

O FEST- está de regresso a Espinho entre os dias 24 de Junho a 1 de Julho, para uma nova edição que junta o novo cinema mundial a um vasto programa de indústria, destinado a curiosos, alunos e profissionais da área. Confirmados para as secções Training Ground e Director's Hub do festival estão, entre outros, Marjane Satrapi, Jonathan Morris, Stuart Dryburgh, Baltasar Kormákur e a equipa de edição de som de Bohemian Rapsody. A programação completa será anunciada no início de Junho.

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Mogwai, a mais recente confirmação do NOS Alive’19


Os veteranos Mogwai, são a mais recente confirmação do NOS Alive’19. A banda escocesa de post-rock junta-se aos já anunciados The Cure, Weezer, Ornatos Violeta e Linda Martini no dia 11 de Julho no Palco NOS.

Mogwai são Dominic Aitchison, Stuart Braithwaite, Martin Bulloch e Barry Burns. Com duas décadas de existência, o quarteto leva até ao Passeio Marítimo de Algés um repertório onde passa pelos seus nove discos de estúdio. Desde o trabalho de estreia “Mogwai Young Team” dos anos 90 até ao ”Every Country's Sun” , último álbum lançado pelo grupo em 2017.

As atuações de Mogwai ao vivo são únicas, caracterizadas pelas guitarras distorcidas, pelos baixos melódicos e pelas pujantes baterias, características do post-rock. Um concerto obrigatório, dia 11 de Julho no NOS Alive’19.