segunda-feira, 22 de julho de 2019

Casino Estoril inaugura o 39º Salão Internacional de Pintura Naif


O Casino Estoril inaugura, no próximo dia 27 de Julho, às 17 horas, o XXXIX Salão Internacional de Pintura Naïf. Trata-se de mais uma edição desta emblemática mostra colectiva que, este ano, presta homenagem a Arménio Ferreira. Com entrada livre na Galeria de Arte.



É inquestionável que se deve a Nuno Lima de Carvalho, como Director da Galeria de Arte do Casino Estoril, a visibilidade que a Pintura Naïf alcançou, nas últimas quatro décadas, no contexto das Artes Plásticas em Portugal. Desde a realização da primeira edição, em 1980, coloriram as paredes deste espaço, sempre no mês de Agosto, mais de 500 artistas, tendo apresentado cerca de 5200 obras. 

O trabalho desenvolvido na promoção da Arte Naïf tem dado frutos. Como exemplo podemos destacar que anualmente esta é a exposição mais visitada de todas as organizadas por esta Galeria. De sublinhar, também, o facto de muitos dos nossos grandes artistas serem ou terem sido apreciadores convictos da Pintura Naïf: Francisco Relógio, Carlos Botelho, Martha Telles, Thomás de Mello/Tom, Artur Bual, Manuel Cargaleiro e Júlio Pomar reconheceram-lhe mérito e estatuto artístico, ao lado de todas as outras correntes. “É uma Arte concebida sem pecado”, como tão magnificamente a definiu Júlio Pomar. 



Estarão em destaque obras de A.Barbosa, A.Réu, Antero Anastácio, Arménio Ferreira, Augusto Pinheiro, Bento Sargento, Conceição Lopes, Deborah Collens, Dulce Ventura, Elza Filipa, Fernanda Azevedo, Leonel Pereira, Luiza Caetano, Manuel Castro, Maria Tereza, Nell e Rute Castro.

No Salão Internacional de Pintura Naïf, do corrente ano, já na 39ª edição, é homenageado Arménio Ferreira, artista nascido em 1935, em Oliveira, Braga, e que é uma referência nacional dentro desta modalidade pictórica. Foi radiotelegrafista militar, durante 13 anos, tendo ingressado na TAP em 1969, onde exerceu funções de supervisor de operações de voo, durante 20 anos. Iniciou-se na prática da pintura naïf no início da reforma, por volta dos anos 90. Não tem preferência por temas. Escolhe-os segundo a inspiração do momento e as encomendas, que vai recebendo, segundo diz.



A HP apresenta a Sprocket Studio



A HP está a expandir a sua família de impressoras fotográficas Sprocket com o lançamento da HP Sprocket Studio. 

A Sprocket Studio é a mais recente impressora fotográfica da HP, oferecendo uma forma rápida e fácil de imprimir fotografias de 10x15cm e reviver alguns dos momentos mais importantes da vida, as vezes que se quiser. A HP Sprocket Studio é a solução de impressão perfeita para fotos vívidas, impressas directamente de um dispositivo móvel. Com Bluetooth® e a aplicação HP Sprocket App, os utilizadores podem imprimir facilmente as suas imagens preferidas através de um processo simples
de dois toques; basta seleccionar uma imagem, pressionar imprimir e usar modelos pré-definidos para
imprimir fotos de alta qualidade que perduram no tempo.

Com um acabamento em branco pérola, a HP Sprocket Studio é um equipamento inspirador para qualquer casa. As famílias podem capturar e manter as suas memórias, e usar a aplicação para aumentar a criatividade com os modelos pré-definidos.
A HP Sprocket Studio permite personalizar ocasiões especiais como o casamento e tornar este momento mais pessoal. A HP Sprocket Studio vai oferecer aos convidados a oportunidade de se divertirem e dá-lhes a possibilidade de aumentarem a criatividade, permitindo que imprimam as suas próprias fotos capturadas neste dia especial.
Para reviver memórias de férias ou momentos do primeiro dia de aulas de uma criança, a HP Sprocket Studio é o parceiro ideal para ajudar a reunir os momentos favoritos de todos através da impressão.

Preço e Disponibilidade
A HP Sprocket Studio vai estar disponível a partir de 1 de julho com o preço de €149.99 euros
Saiba mais em: www.hp.pt

«Autobiografia», de José Luís Peixoto




Um jovem escritor, José, é incumbido de escrever a vida do consagrado escritor, José. Este é o ponto de partida do livro que marca o regresso de José Luís Peixoto ao romance, quatro anos depois de Em Teu Ventre (2015) e de um interregno pelo mundo da não-ficção, com O Caminho Imperfeito (2017).

Autobiografia é a história dentro da história, um romance que junta o autor ao mais reconhecido dos escritores portugueses, José Saramago.

Um livro há muito aguardado, com lançamento em simultâneo no Brasil, e que está disponível em todas as livrarias a partir de 5 de Julho.

Na Lisboa de finais dos anos noventa, um jovem escritor em crise vê o seu caminho cruzar-se com o de um grande escritor. Dessa relação, nasce uma história que mescla realidade e ficção, um jogo de espelhos que coloca em evidência alguns dos desafios maiores da literatura.

A ousadia de transformar José Saramago em personagem e de chamar Autobiografia a um romance é apenas o começo de uma surpreendente proposta narrativa. 

José Luís Peixoto explora novos temas e cenários e, ao mesmo tempo, aprofunda obsessões, numa obra marcante, uma referência futura.

GFNY - Grand Fondo Nova York


O Lounge D do Casino Estoril acolhe, amanhã, às 16 horas, uma Conferência de Imprensa sobre o GFNY - Grand Fondo New York. Trata-se de uma prova de relevo internacional que se realizará no próximo mês de Setembro, nos jardins do Casino Estoril. 

O GFNY - Grand Fondo New York, uma marca criada em 2010, é um desafio de resistência pessoal em que o participante compete contra os outros, o relógio e ele próprio. Está presente em diversas cidades do mundo e chegou a Cascais em 2018 com dois percursos, de 162km e de 82km. Nessa edição, percorreu sítios de extraordinária beleza natural, uma costa atlântica exuberante, cruzando um patrimônio histórico riquíssimo e se tornando com certeza o mais lindo percurso GFNY World.

Os eventos mundiais da GFNY oferecem o mesmo desafio em todos os locais do mundo onde ocorre; além disso os competidores têm a chance de se qualificar para o Campeonato Mundial GFNY em New York.

Aberto para amadores e profissionais, o evento simula um verdadeiro Grand Fondo Italiano: com controlo de tempo por chip, sinalização ao longo do percurso, resultados baseados nos tempos gerais, medalha para os participantes, troféus e camisolas para os campeões gerais masculino e feminino, além de pódio por faixa etária.

Capitão Fausto estreiam-se no Casino Estoril


Em noite de festa agendada para 25 de Julho, os Capitão Fausto protagonizam mais uma etapa do ciclo de “Grandes Concertos do Casino Estoril”. A banda sobe ao palco do Lounge D, pelas 23 horas, para conciliar alguns clássicos com êxitos recentes como, por exemplo, “Sempre Bem”, “Faço As Vontades” e “Amor, a nossa vida” que integram o novo álbum de originais “A Invenção do Dia Claro”. A entrada é livre.

A história de Tomás, Salvador, Francisco, Manuel e Domingos tem o seu primeiro capítulo em 2011, com “Gazela” – o Álbum de estreia. Seguiu-se, em 2014, “Pesar o Sol” e é neste segundo álbum que se impõem como uma das mais originais e criativas propostas do nosso país. 

Já em 2016, são as canções de “Capitão Fausto Têm os Dias Contados” que os levam a superar todas as expectativas. Pouco mais de 30 minutos de música e palavras, em modo pop recheado de primor e requinte, que contam as estórias de vida de cada um dos Capitão Fausto, mas que são muito mais que isso, porque crescer é para todos. O ano de 2016 confirmou que os Capitão Fausto são, finalmente, uma aposta segura. Uma aposta no bom gosto musical e na sensibilidade apurada. Uma aposta na criatividade e no fulgor de uma banda que parece imparável. 

Lançado este ano, “A Invenção do Dia Claro”, quarto disco de originais dos Capitão Fausto mostra uma banda que renasce a cada disco, que se renova com o cuidado de quem quer construir uma carreira sólida, de uma forma aparentemente galopante mas sem o torpor do deslumbramento. Destacam-se temas como, por exemplo, “Sempre Bem”, “Faço As Vontades” e “Amor, a nossa vida” 

O álbum foi gravado nos Red Bull Studios São Paulo por Rodrigo "Funai" Costa, assistido por Alejandra Luciani e Fernando Ianni foi produzido e misturado em Alvalade pela própria banda. A masterização esteve a cargo de Brian Lucey no Magic Garden Mastering em Los Angeles. A capa é da responsabilidade de Vitor da Silva, ilustrador e designer gráfico responsável pela criação do grafismo de jornais notáveis como o “Expresso”, o “Tempo” e "Correio da Manhã".

Ciclo de “Grandes Concertos” do Casino Estoril:
- 25 de Julho: Capitão Fausto
- 01 de Agosto: Miguel Araújo
- 08 de Agosto: Mariza

Super Bock Casa da Cerveja junta-se ao Tour FC Porto


Já é possível visitar a Super Bock Casa da Cerveja, o Estádio do Dragão e o Museu FC Porto com um único bilhete combinado. O acesso às três atracções tem um preço especial de 19€ para o público em geral, de 15€ para os adeptos do clube e descontos para seniores e crianças.

O “Tour FC Porto + Super Bock Casa da Cerveja” pode ser adquirido na recepção do Museu FC Porto e na Super Bock Casa da Cerveja, cuja visita requer marcação prévia através do site. Este bilhete inclui a oportunidade de visitar o Centro de Produção do Super Bock Group, mas também a exposição permanente onde é revelada a história da herança cervejeira da empresa. 

A Super Bock Casa da Cerveja é um circuito de visitas aberto ao público, situado no interior do próprio Centro de Produção do Super Bock Group, em Leça do Balio - Matosinhos. Ao longo desta experiência imersiva pelo mundo da cerveja, é dado a conhecer todo o seu processo de fabrico, desde as matérias primas que lhe dão origem, à produção do mosto, passando pela fermentação e terminando no enchimento onde se pode ouvir o tilintar das garrafas.

Há ainda espaço para conhecer os patrocínios da Super Bock na Música e no Futebol, nomeadamente a ligação ao FC Porto, além de descobrir a História, os momentos marcantes e curiosidades da marca Super Bock, uma das mais reconhecidas marcas nacionais. Destaque para a passagem pela emblemática Sala de Cobre, aquela que foi a primeira sala de fabrico deste Centro de Produção, com as suas icónicas caldeiras acobreadas.

Os sentidos são especialmente desafiados na parte final da visita, com a degustação de dois estilos de cerveja do Super Bock Group em harmonização com pequenas iguarias.

Com esta novidade, a Super Bock reforça a ligação ao FC Porto, uma colaboração que soma mais de 25 anos.

Novos Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC


A Mercedes-AMG apresenta a atualização dos seus bem-sucedidos modelos GLC 43 4MATIC SUV e Coupé (consumo de combustível em ciclo combinado: 10.6-10.21 l/100 km; emissões de CO2 em ciclo combinado: 242-232 g/km). A grelha do radiador específica da AMG, os faróis com novo design, o expressivo para-choques dianteiro e a marcante traseira com o novo sistema de escape duplo com ponteiras em formato redondo complementam-se para tornarem ainda mais apelativos estes modelos de entrada de gama da família de SUVs da Mercedes-AMG. O motor V6 biturbo de 3.0 litros produz agora 287 kW (390 CV), mais 17 kW (23 CV) do que o seu antecessor. Em conjunto com a extremamente rápida caixa de velocidades AMG SPEEDSHIFT TCT 9G, o sistema de tração integral AMG Performance 4MATIC com distribuição da força de tração tendencialmente para o eixo traseiro, e o sistema de controlo da dinâmica AMG DYNAMICS, foi desta forma possível aperfeiçoar ainda mais a experiência de condução, bem como a agilidade do veículo. A última versão do sistema de informação e de entretenimento MBUX, com funções e ecrãs específicos da AMG, introduz um inovador conceito de controlo que torna o veículo adequado para uma utilização no dia-a-dia. Estas características são ainda reforçadas pelo excecional espaço disponível para os passageiros e para a bagagem, bem como uma vasta gama de funcionalidades de segurança.


Noite de fado no Casino Estoril


É já na próxima Quarta-Feira, 24 de Julho, a partir das 22 horas, que Cláudia Leal e João Chora actuam no Lounge D do Casino Estoril. Em palco estarão, também, Diogo Lucena Quadros na guitarra, Luís Roquette na viola e Francisco Gaspar na viola baixo. A entrada é livre.

Cláudia Leal
Nascida em 1979, Cláudia Leal começou a cantar aos 14 anos, música ligeira, tendo participado em inúmeros Festivais de 1994 a 1998. Descobriu, então, uma nova paixão, o Fado. Venceu o concurso de cantores “Big Caloiro” do Programa televisivo “Big Show SIC” com o fado “Lágrima” de Amália Rodrigues e Carlos Gonçalves.

Cláudia Leal, conquistou, em 2006, o 2º lugar na "Grande Noite do Fado de Lisboa”, organizada pela Casa da Imprensa, tendo recebido, ainda, outras distinções ao longo da sua carreira. Convidada pelo fadista Machado Soares, participou em dois espectáculos de fado, no prestigiado Instituto do Mundo Árabe (IMA), em Paris. Cláudia Leal participou, também, noutros prestigiados espectáculos como, por exemplo, na “III Gala de Entrega de Prémios Amália” no Centro Cultural Olga Cadaval em Sintra.

João Chora
Com um legado, de cerca de 30 anos, de actividade artística, João Chora revelou, desde a sua infância, a paixão que tem pela música, e rapidamente passou das pistas de dança directamente para os palcos. 

João Chora é um artista multifacetado que passou pela música sacra, de baile, popular, ligeira até culminar na “canção nacional”. João Chora é um fadista de ontem, de hoje e do amanhã.

sexta-feira, 19 de julho de 2019

Comic Con Portugal 2019


A área do Cosplay da Comic Con Portugal 2019 apresenta grandes novidades. A Cosplayer Internacional Calypsen, estará na Comic Con Portugal, nos quatro dias do evento, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras.

Calypsen é Marta, uma cosplayer de 23 anos, que vive na Polónia e que cria fantasias há mais de 5 anos. Trabalha ocasionalmente na indústria de jogos, esteve no Overwatch All Stars, na Polónia, onde foi a cosplayer oficial do jogo Bladebound e criou figurinos para a editora de "Mortal Kombat" e "Street Fighter". 


Ganhou os primeiros lugares em convenções polacas com os seus cosplays de Diana e Arthas e já visitou mais de 20 países, incluindo Rússia, Turquia, Chipre e Grécia devido a esta arte. Em Setembro visitará Portugal, de 12 a 15, para o evento Comic Con Portugal, onde irá participar em workshops, dar autógrafos e tirar fotos com os fãs.

Maia Blues Fest



Nos dias 20, 21 e 22 de Setembro, a Câmara Municipal da Maia, através do Pelouro da Cultura, com produção da Trovas Soltas, promove a primeira edição do Maia Blues Fest - Festival Internacional de Blues.

Enquadrado nas comemorações dos “500 Anos do Foral da Maia”, este evento com acesso gratuito, é mais uma realização que corporiza a estratégia de aproximação dos maiatos à cultura nas suas múltiplas expressões, potenciando a elevação social, a criatividade e multiculturalidade.

Esta primeira edição conta com a presença de artistas nacionais e internacionais. Dos EUA chega-nos a cantora Shanna Waterstown, da Grã-Bretanha o músico Julian Burdock e, de Espanha, o também músico Danny del Toro. O contingente nacional é representado por Budda Power Blues & Maria João e Delta Blues Riders.


Maia Blues Fest

Dias: 20, 21 e 22 de Setembro 2019
Local: auditório exterior do Fórum Maia

20 Setembro
Shanna Waterstown
18:30

21 Setembro
Julian Burdock e Danny del Toro
18:00

Budda Power Blues & Maria João
21:30

22 Setembro
Delta Blues Riders
16:00

Trovas Soltas

A Trovas Soltas, nasce no Porto em Janeiro de 2007 e está sediada na cidade da Maia desde 2009.

Tem no seu curriculum um vasto número de festivais, dos quais destacamos o Matosinhos em Jazz, Gaia Jazz, Gaia Blues, Santa Maria Blues (Santa Maria – Açores), Seia Jazz & Blues, Évora Jazz & Blues, Évora Folk, Arte Fora do Sítio (Matosinhos), Lisbon Blues Fest, Festival Vilar de Mouros 2014, Coimbra em Blues, Porto Blues Fest, Reguengos Wine & Blues Fest.

A Trovas Soltas foi escolhida pela European Blues Union para a organização do European Blues Challenge 2019. Este evento é a “eurovisão” do Blues, o maior evento de Blues da Europa com 22 bandas de 22 países, que teve lugar em Ponta Delgada nos dias 4, 5 e 6 de Abril. 

«Os Irmãos Hardy – Os Amigos Desaparecidos»



As aventuras de Frank e Joe têm todos os ingredientes de uma boa colecção juvenil: empolgantes quebra-cabeças e personagens com as quais os jovens leitores se relacionarão. Neste quarto volume da colecção «Os Irmãos Hardy», a audaz dupla de protagonistas contará com a ajuda dos seus amigos e do seu pai – o aclamado detetive Fenton Hardy – para encontrarem o Chet e o Biff – Os Amigos
Desaparecidos.

Quando o comandante Collig põe nas suas mãos um bom mistério para resolverem, os irmãos Hardy quase não acreditam na sua sorte.

Orgulhosos e satisfeitos, dedicam as suas férias em Shantytown a tentar descobrir quem lhes roubou o
barco e a perceber como desapareceram os seus amigos. Conseguirão Frank e Joe resolver mais este
mistério?

Os Amigos Desaparecidos chega às livrarias amanhã, dia 5 de Julho.

Sinopse
Com a ajuda dos amigos e do pai, o Frank e o Joe vão tentar resolver o mistério de Shantytown, descobrir quem lhes roubou o barco e investigar o misterioso desaparecimento do Chet e do Biff.

Camané e Mário Laginha em Vale do Lobo em concerto ao pôr-do-sol


Dois dos maiores nomes do Fado e do Jazz reúnem-se para um inesquecível concerto ao ar livre ao pôr do sol no campo de golfe de Vale do lobo hoje, pelas 19:30h.

Intitulado "Aqui está-se sossegado", este grandioso concerto, que terá agora lugar em Vale do Lobo, resulta da simbiose criada entre estes dois grandes nomes da música, pensado de raiz para dar mais brilho a uma voz e a um piano que se descobriram cúmplices desde a primeira vez que encheram um palco.

O memorável e tão aguardado concerto ao pôr-do-sol, contemplará temas do cânone fadista tradicional, do repertório de Camané e incluirá também inéditos compostos por Mário Laginha.

Reconhecido como o maior fadista de sempre desde Amália Rodrigues e Maria da Fé, Camané detém uma reputação internacional de excelência pela sua vibrante e inconfundível voz enquanto que, Mário Laginha é considerado como um dos mais talentosos músicos Portugueses de Jazz da actualidade – o duo de tão notáveis artistas e talentos promete um final de tarde simplesmente imperdível em Vale do Lobo.

Camané e Mário Laginha não são estranhos. Já deram vários concertos juntos. Do excelente entendimento sentido nessas colaborações esporádicas, resultou agora o inevitável aprofundamento dessa simbiose: "Aqui está-se sossegado" é um novo projecto pensado de raíz para dar mais brilho a uma voz e a um piano que se descobriram cúmplices desde a primeira vez que encheram um palco.

O desenho dos concertos que configuram o projecto "Aqui está-se sossegado" (fado que também integra um dos últimos discos de Camané) num poema de Fernando Pessoa, contará com cerca de duas dezenas de temas, saídos do cânone fadista tradicional, do repertório de Camané e incluirá também inéditos compostos por Mário Laginha que  musicou já um poema de Álvaro de Campos (heterónimo de Fernando Pessoa) para Camané "Ai Margarida". Os arranjos e a concepção musical estão a cargo de Mário Laginha.

Este será, sem dúvida, um dos mais emblemáticos e emocionantes eventos do calendário 2019 em Vale do Lobo, que inclui concertos ao ar livre no campo de golfe, espectáculos, bem como muitos eventos desportivos e actividades para toda a família.

Forum Summer Sound by Mega Hits


Já é uma tradição, os concertos gratuitos de verão estão de regresso ao Forum Sintra para levar as emoções ao rubro! De 25 de Julho a 8 de Agosto, a 3º edição do festival promete aquecer as temperaturas ao som de alguns dos maiores artistas nacionais da atualidade.

Depois da praia e dos mergulhos, nada melhor do que culminar o dia com um concerto na companhia da família ou amigos. É já no dia 25 de Julho que arrancam 3 noites de concertos imperdíveis, na zona exterior do centro. Ao Forum Sintra Summer Sound junta-se, pela primeira vez, a Mega Hits, numa parceria que promete animar ainda mais as noites dos visitantes. De 25 de Julho a 8 de Agosto, Blaya, Bárbara Bandeira e Fernando Daniel sobem ao palco, em concertos únicos, de entrada gratuita.

Os cantores que compõem o cartaz do Forum Sintra Summer Sound by Mega Hits trazem este ano uma fusão de estilos made in Portugal que vão do funk à pop, passando pelos ritmos do R&B, pop romântica e hip-hop, para todos os gostos.

A grande abertura do ‘Forum Summer Sound by Mega Hits’ acontece já no dia 25 de Julho, quinta-feira, no Forum Sintra. A partir das 21h00, a cantora Blaya assume o palco e traz com ela os seus hits mais recentes, acompanhados de muito ritmo e twerk.

Uma semana depois, dia 1 de Agosto, à mesma hora, é a vez da jovem cantora Bárbara Bandeira fazer as delícias do público com um concerto que promete muitas emoções ao som da música pop. “Larga-me essas”, “Nem sequer doeu”, “A última carta” são algumas das letras que vão ecoar noite dentro.

Por fim, dia 8 de Agosto, é a voz doce de Fernando Daniel que vai comandar o palco para o culminar desta edição de concertos de entrada livre. Este último concerto contará com uma surpresa extra, a jovem compositora Bárbara Tinoco, que se tornou conhecida na sua passagem pelo The Voice, irá subir ao palco pelas 20h30 para fazer a primeira parte deste concerto.

Pousadas de Portugal lança “Rotas com História”



“Rotas com História” são propostas exclusivas da marca Pousadas de Portugal para uma viagem no tempo de (re)descoberta de locais emblemáticos por todo o país, através de experiências que conjugam a estadia com gastronomia e lazer. De Sagres a Estoi e Tavira, são muitos os tesouros a descobrir neste novo programa de cinco noites dedicado ao Algarve e disponível para reservas a partir de 763 euros.

“Onde a terra acaba e o mar começa” descreve a localização da Pousada de Sagres. A escassos metros da praia e com uma piscina exterior com vista para o Farol do Cabo de São Vicente e a Serra de Monchique é o local ideal para perceber o que levou, há mais de 500 anos, os bravos lusitanos a descobrir novos mundos. A própria decoração da unidade está fortemente marcada por elementos náuticos, proporcionando um ambiente de conforto e relaxamento.

Rumando em direcção a Faro encontramos a expressão máxima do Romantismo no Algarve, o Palácio de Estoi, reconvertido numa Pousada de Portugal rodeada por abundantes áreas verdes inspiradas nos famosos jardins de Versalhes. Instalado num edifício atraente e opulento, este Small Luxury Hotel possui todo o conforto e comodidades do século XXI, com uma piscina exterior, interior, sauna e sala de tratamentos e massagens com assinatura da Magic SPA. A atmosfera de elegância sofisticada traduz-se num espaço onde impera a tranquilidade e o bem-estar, para uns dias de descanso absolutamente memoráveis.



Localizada no centro histórico da cidade, a Pousada Convento de Tavira está implementada no convento quinhentista de Nossa Senhora da Graça, sendo o ponto de partida ideal para a descoberta arquitectónica, cultural e de lazer da região, mais conhecida como “a cidade das 37 igrejas”. Palco de inúmeras lendas e factos históricos, a Pousada integra um núcleo museológico com vestígios perfeitamente conservados de um antigo bairro muçulmano com 13 casas. A decoração da unidade tem influência árabe, destacando-se o espaço da piscina, nas antigas Portas da Cidade, onde ainda marca presença a histórica muralha.

Percorrer a costa algarvia de Barlavento a Sotavento e mergulhar, não só no azul do oceano, como na História de Portugal, ficando hospedado numa fortaleza em Sagres, num palácio em Estoi e num convento em Tavira é a sugestão das Pousadas de Portugal para umas férias de verão inesquecíveis com o programa “Rotas com História – Algarve”.



As reservas são efetuadas exclusivamente via Contact Center, através do 808 252 252. Ao aderir ao programa “Rotas com História”, o cliente tem vantagens ao nível de tarifário de alojamento e recompensas no programa de fidelização Pestana (PPG).
Mais informações em www.pousadas.pt e Rotas com História.

Amélia de Orleães


Amélia de Orleães era uma mulher elegante, amável e culta. Como mãe, foi uma educadora atenta e exigente, preparando os filhos para cargos que não exerceriam. Parecia também ser a esposa ideal de D. Carlos. Graças à sua iniciativa, foram modernizados os setores da saúde e assistência social e foram criadas diversas instituições. No entanto, a última rainha de Portugal nunca conseguiu conquistar (a maioria d’) os portugueses, tendo ficado conhecida pela rainha mal-amada. 

Em Amélia de Orleães, biografia da autoria da historiadora Margarida Durães, que chega às livrarias hoje, ficamos a conhecer o retrato ímpar e a vida desta rainha. Trata-se de uma biografia que se distingue das demais pelo rigor historiográfico, apresentando os acontecimentos por ordem cronológica de modo a atrair a atenção do leitor e a fazê-lo partilhar, tanto quanto possível, das emoções da vida da biografada. É desenvolvida uma narrativa centralizada em D. Amélia, nunca permitindo que ela passe para segundo plano; expondo e não impondo; perseguindo e valorizando detalhes ínfimos; por último e não menos importante, procurando a verdade, «porque uma biografia não é um romance». 
Entre o nascimento e a morte no exílio, Amélia de Orleães viveu oitenta e seis anos repletos de momentos felizes, mas também de desilusões e traições. A sua vida foi uma luta contínua, espelhando um dos períodos mais críticos da história de Portugal e da Europa.

Sobre a Autora

Margarida Durães é professora aposentada de História Contemporânea do Departamento de História da Universidade do Minho. Atualmente é investigadora do Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória (CITCEM, Universidade do Minho), integrando o agrupamento Paisagens, Fronteiras e Poderes. É autora de livros, capítulos e artigos sobre história da família, história da cultura material e dos ritos da sociedade minhota. Nos últimos anos tem-se dedicado ao estudo das mobilidades geográfica, social e cultural dos séculos XVIII a XX. 

HP anuncia o novo HP EliteBook 700 G6 Series


A HP  apresentou a sua última geração de portáteis HP EliteBook Profissionais 700 G6, que disponibilizam muitas conhecidas funcionalidades premium da HP aos utilizadores profissionais que estão sempre em deslocações. Entre essas funcionlidades estão a segurança, os elegantes ecrãs e os processadores AMD Ryzen™ Pro de 2ª geração com placa gráfica Radeon™ VEGA, que melhoram desempenho e a autonomia da bateria. Os novos HP Elitebook 735 G6 e  HP EliteBook 745 G6 disponibilizam potência, segurança e design Premium aos profissionais.

A série HP EliteBook 700 G6 apresenta um design ultra fino e uma melhor experiência de visualização com um ecrã ultra-rápido, com margens estreitas e elevado brilho para tornar o trabalho ainda mais confortável em quase todo o tipo de condições de iluminação, seja num ambiente de escritório ou na esplanada de um café.

Reforçando a liderança da HP na disponibilização dos PCs mais geríveis e seguros, a nova geração protege o utlizador de ameaças de malware com soluções de segurança auto-regeneradoras disponibilizadas por hardware, incluindo o HP Sure Sense, o HP Sure View Gen3, a HP Privacy Camera, o HP Sure Start for AMD, e o HP Sure Click.

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Nada É Assim Tão Grave


Estará o copo da vida meio vazio ou meio cheio? Neste seu novo livro, Nada É Assim Tão Grave, o autor bestseller Rafael Santandreu procura mostrar o copo tal como ele está: com espaço para ficar cheio. Após o sucesso dos seus livros anteriores, o psicólogo catalão apresenta um livro de Mindfulness 4G, baseado nas técnicas de terapia cognitiva mais eficazes, que ajudarão o leitor a descobrir as suas fraquezas e a transformá-las em pontos fortes. 

Devido às neuroses existentes atualmente, apenas 20% das pessoas são totalmente estáveis a nível emocional, percentagem esta que o autor procura reverter. Demonstrando de forma acessível como desenvolver as ferramentas necessárias para combater a ansiedade, superar complexos e lidar com pessoas difíceis, entre muitas outras coisas, Santandreu apresenta ao leitor a filosofia dos mais fortes e mais felizes. 
Com uma abordagem prática, exemplos e histórias reais, Nada É Assim Tão Grave será um braço direito na jornada de reflexão para a alteração de comportamentos e para a estabilidade. 

Sobre o Autor

Rafael Santandreu é psicólogo, com consultório em Barcelona. Depois de ter lecionado na Universidade Ramon Llull, teve a oportunidade de estudar e trabalhar com o célebre terapeuta Giorgio Nardone, em Itália. Atualmente dedicase, para além da prática clínica, à formação de médicos e psicólogos. É autor de A Arte de não Amargar a Vida, um bestseller internacional, com mais de 400 000 exemplares vendidos só em Espanha e publicado em mais de 15 países.

Estoril Sol reedita "Egoísta - Agustina Bessa Luís"


Propriedade da Estoril Sol, a revista “Egoísta” presta homenagem a Agustina Bessa-Luís, recentemente falecida, reeditando uma edição especial que tinha sido publicada em Fevereiro de 2007.
Considerada uma das maiores figuras da cultura portuguesa do século XX, Agustina Bessa-Luís foi durante vários anos presidente do Júri do Prémio Literário Fernando Namora, tendo-se retirado, em 2007, da vida pública.
A “Egoísta” quis homenagear esta grande escritora portuguesa com uma edição especial que abarca um conjunto de colaborações de qualidade extrema. Além das aguarelas e desenhos da escritora realizados pelo marido, Alberto, podemos reler uma grande entrevista, seguir os passos da obra da autora através dos textos de Almeida Faria, Eduardo Prado Coelho, Dinis de Abreu, Fernando Pinto do Amaral, Francisco José Viegas, Inês Pedrosa, José Manuel Mendes, Lídia Jorge, Maria João Seixas, Maria Velho da Costa, Mário de Carvalho, Patrícia Reis.
O especial fez-se com retratos da autora realizados pelo fotógrafo Rui Vasco, com portfolio de Augusto Brázio e de Maria Carapeto. Um excerto do seu último livro, A Ronda da Noite, dava o mote para procurarmos ler e reler a obra extensa de Agustina Bessa-Luís. Este especial da “Egoísta” celebrou ainda a criação do Prémio Literário Agustina Bessa-Luís, instituído pela Estoril Sol, para destacar novos autores, novas vozes.
Em 2019, poucos dias após a morte de Agustina Bessa-Luís, a “Egoísta” reitera, assim, a homenagem à escritora, reeditando este número especial.

Recorde-se que, os leitores da revista “Egoísta” podem encontrá-la à venda no Clube IN do Casino Estoril e do Casino Lisboa. A “Egoísta” tem, ainda, uma campanha de assinaturas e está disponível em www.egoista.pt

«Não Matarás», de Julia Navarro



O sétimo romance de Julia Navarro chegou às livrarias espanholas há poucos meses, enquanto decorria o debate de exumação dos restos mortais de Francisco Franco. Se os seus livros são acolhidos normalmente com fervor e entusiasmo, com este não foi diferente. Não Matarás tem como foco as profundas contradições da sociedade espanhola saída da Guerra Civil e do franquismo numa Europa em mudança. 

Nas palavras da autora, Não Matarás é «uma história absorvente que nos fala sobre a culpa, a vingança, o peso da consciência e os fantasmas que nos perseguem e que condicionam as nossas decisões.» 

O leitor é levado numa viagem imprevisível, ficcionada, mas ao mesmo tempo carregada de factos históricos e alusivos aos períodos pós-guerra espanhol e Segunda Guerra Mundial. Um livro que acompanha a vida de três jovens amigos, que viveram estas duas guerras do século XX.

«Tu não matarás, filho,
porque nenhum homem
é o mesmo depois de
tirar a vida de outro.»

Sinopse:
Não Matarás tem início numa Espanha acabada de sair da Guerra Civil. Madrid é o cenário onde se inicia a amizade que acompanharemos entre Fernando, Eulogio e Catalina. Embora as feridas da guerra recém-terminada se façam sentir, as expectativas de uma vida melhor não se apagam e continuam a existir pessoas boas que se recusam a aplicar a lógica perversa dos vencedores e dos vencidos, continuando a ajudar os que caíram em desgraça.
Com Fernando, Catalina e Eulogio, partiremos para Alexandria, qual Babel do seu tempo, onde nem a proximidade da guerra consegue romper a coexistência pacífica entre as múltiplas nacionalidades e religiões. Com eles conheceremos uma França ocupada pelas tropas nazis.
A rendição alemã e o final da guerra desencadeiam um projecto de regresso a Espanha que todos querem concretizar com a maior brevidade. Será possível?
Um conjunto de personagens comprometidas com o seu tempo numa história emocionante, comovente e multifacetada numa Europa em mudança e num mundo que sucumbe à insensatez da guerra.

PVP: € 19,90

Sweet Evil Mary


"Sweet Evil Mary" é o single de apresentação da banda Portuguesa, Evil Mary, fundada em 2018 por Maria Veiga na voz e Gabriel Faria na bateria, a quem pouco tempo depois se juntou Diogo Tulha e Alexandre de Freitas nas guitarras.

O estilo musical do grupo é produto da junção dos quatro gostos individuais dos seus elementos, com um resultado sónico que vai do rock à soul, passando pelo blues. Esta mistura de estilos leva a um gosto pela exploração e diversificação de várias influências musicais, bem patente na música dos "Evil Mary".

A banda apresenta agora o Segundo tema com o titulo Gipsy Lover. Um tema mais rock, com grande espiritualidade focada no pensamento musical cigano. Neste single, a vocalista, Maria Veiga, para além de nos presentear com os acordes de violino, estreou-se também como letrista.


Comic Con Portugal 2019


A atriz américo-canadiana, Tricia Helfer, é o segundo talento de cinema confirmado para o evento Comic Con Portugal 2019, onde vai marcar presença nos dias 13 e 14 de Setembro. 

Tricia Helfer é conhecida como a cara da aclamada série do SyFy, Battlestar Galatica, no papel de Número Seis, uma agente Cylon, que lhe valeu um Leo Award. Desde então, Tricia começou a ser protagonista de papéis de liderança.

Recentemente, foi a estrela da série Lúcifer, da Netflix, alternando entre o papel de mãe de Lúcifer, Charlotte, e uma advogada com o mesmo nome. Antes disso, foi presença assídua na segunda temporada da série Powers, da Playstation e da Sony Picture TV e participou ainda na minissérie original do canal Syfy, A Ascensão, co-protagonizada por Brian Van Holt.

No início de 2014, foi protagonista na série Killer Women, da ABC. A série produzida por Sofia Vergara acompanhou a bela e amorosa Molly Parker (Tricia), na patrulha de fronteira Texas Rangers, enquanto ela perseguia a justiça, apesar de estar envolvida numa luta contínua pelo respeito dos colegas.


Natural de Donalda, Alberta, no Canadá, Tricia mudou-se para Los Angeles em 2002, onde rapidamente ganhou um lugar de destaque no final da segunda temporada de C.S.I: Crime Sob Investigação. 

No ano seguinte, com Battlestar Galatica, conseguiu uma transição rápida e bem-sucedida para a representação. Tricia protagonizou a lendária Farrah Fawcett no filme da NBC, Behind the Camera: A História Não Autorizada dos Anjos de Charlie. 

Tricia expandiu o seu portfólio quando foi protagonista em Memory, no papel de Stephanie Jacobs, onde contracenou com Dennis Hopper e Billy Zane, e mais tarde em Walk all Over Me, ao lado de LeeLee Sobieski, que estreou no Festival Internacional de Cinema de Toronto. Voltou à televisão em 2008, juntando-se ao elenco da série de sucesso da USA Network, Espião Fora de Jogo, com vários episódios.

No ano seguinte, entrou como convidada na premiada comédia da CBS, Dois Homens e Meio, enquanto aparecia nos programas policiais da Fox, Chuck e Lie To Me.

Em 2010, Helfer foi presença regular na série de 10 episódios, Dark Blue, de Jerry Bruckheimer, contracenando com Dylan McDermott, e tendo vários papéis fantásticos em séries como Suits, na USA Network, Key and Peale, The Librarians, Community, Chuck, Jeremiah e Franklin & Bash, entre outros.

Além do vasto leque de papéis em televisão, Tricia foi protagonista no filme Guia para Casar em Grande, com Harvey Keitel, Scott Caan e JK Simmons e, mais tarde, em Authors Anonymous, com Kaley Cuoco.

A somar ao currículo impressionante, Tricia fez ainda trabalhos de narração em trilogias de vídeojogos, incluindo os papéis do Comandante Veronica Dare em Halo: ODST, EDI em Mass Effect 2 e 3, Sarah Kerrigan em Starcraft II: Wings of Liberty, da Bizzard Entertainment, pelo qual ganhou o 2010 VGA de Melhor Performance, assim como em Starcraft II: Heart of the Swarm.

O talento vocal de Tricia ficou ainda provado em produções de animação, Green Lantern: First flight, um filme da Cartoon Network TV, em O Incrível Homem-Aranha, da Disney XD, e no Tron: Uprising, da Disney XD.

Tricia Helfer irá marcar presença na Comic Con Portugal 2019, nos dias 13 e 14 de Setembro, possibilitando aos fãs de colocarem questões nos seus painéis Q&A, tirarem fotografias e receberem autógrafos.

Tertúlia vínica no RIB BEEF & WINE Porto



Uma harmonização com vinhos brancos, reservas e vintage, com inspirações chinesas, maturações e tradicionalismos, é a sugestão do RIB Beef & Wine Porto no próximo jantar Wine n’ Dine, que se realiza na quinta-feira 18 de Julho, às 20h30.

Desta vez, a protagonista é a quinta Rozés que junta, na mesma mesa, dezasseis convidados e um enólogo, para dar a conhecer as histórias e notas de cada vinho, à medida que a equipa de cozinha vai transformando cada produto em deliciosos momentos inesquecíveis.

Realizado na sala privada do restaurante, o jantar é composto por um menu harmonizado de quatro pratos e quatro vinhos, com o preço de 45 euros por pessoa.

Para começar, um Branco de 2018, com grande intensidade aromática, notas tropicais, cítricas e de flores brancas, num registo equilibrado e de agradável sensação de mineralidade a harmonizar com um hambúrguer caseiro à RIB em pão bao, levemente adocicado, a contrastar com o sabor fresco dos coentros e a acidez da mostarda.

De seguida, um Branco Reserva, com estrutura e corpo, revelando no palato uma espantosa acidez, desenvolvendo uma untuosidade bem envolvida com notas tostadas, leves e delicadas. Nada melhor que um tártaro de salmão para a envolvência, sob uma chip de batata-doce, numa disputa de acidez do molho de peixe com a lima.



Já no prato principal, e de referência à casa, uma vazia com 60 dias de maturação e, para acompanhamento, um Tinto Reserva de 2015, intenso, com elegantes notas florais e de frutos vermelhos maduros, compotas e especiarias. Um prato com um toque tradicional, numa versão de jardineira reinventada. 

E, como não podia faltar, um Porto Rozés Vintage de 2015 de taninos firmes e vincados, aliados a uma boa acidez e fruta madura, apresentando uma estrutura encorpada e complexa, que lhe confere elegância. A escolha aqui incidiu num parfait de Vinho do Porto envolto em cacau e, da época, a cereja.

Localizado no Pestana Vintage Porto, em pleno coração da Ribeira, num conjunto de edifícios considerados Património da Humanidade pela UNESCO, o RIB Beef & Wine Porto apresenta uma sofisticada oferta gastronómica, numa decoração cosmopolita e trendy, ideal para uma noite de celebração.

RIB BEEF & WINE - PORTO
Pestana Vintage Porto Hotel & World Heritage Site
Praça da Ribeira nº 1, 4050-513 Porto
Horário: das 12h30 às 15h00 e das 19h30 às 23h00
Reservas: 966 273 822

Noite Branca de Lisboa regressa a 13 de setembro


Lisboa vai voltar a vestir-se de branco no dia 13 de Setembro, sexta-feira, com o regresso da Noite Branca, onde haverá música e lojas abertas com descontos pela noite fora. Este ano, o evento adicionou mais três locais na cidade, nomeadamente Alvalade, Benfica e Campo de Ourique e conta com a atriz e cantora Wanda Stuart e o medalhado olímpico, o judoca Nuno Delgado como embaixadores do evento.

A Noite Branca tem como objetivo promover e dinamizar o comércio de Lisboa e estará presente em vários pontos da capital portuguesa como Alvalade, Benfica, Campo de Ourique, Largo 1º de Dezembro, Largo Rafael Bordalo Pinheiro, Largo Trindade Coelho, Praça Luís de Camões, Príncipe Real e Rua Castilho. Com um percurso decorado com artes performativas, dança, música e multimédia, esta é uma excelente oportunidade para participar numa das noites mais marcantes do ano na cidade, enquanto aproveita para fazer compras e redescobrir alguns dos espaços mais emblemáticos da capital portuguesa ao som de Dj’s de diversos estilos musicais.

Os embaixadores têm igualmente um papel importante no decorrer da Noite Branca. Assim sendo, Wanda Stuart, vencedora do programa A Tua Cara Não Me É Estranha e fundadora da Escola “Kids On Broadway”, irá compor o tema oficial do evento e Nuno Delgado irá realizar o maior “kata” no panorama nacional ao juntar centenas de pessoas na reta final da noite, na Praça Luís de Camões.

A iniciativa é organizada pela União de Associações do Comércio e Serviços (UACS) em co-organização com a Câmara Municipal de Lisboa, produção PMP Eventos e direção artística de Paulo Magalhães, naquela que é famosa por ser a cidade branca, assim reconhecida por todo o mundo, como tal o dress-code da festa é: Branco.

Estreias de cinema de 18 de Julho de 2019


Esta semana dentre as várias estreias de cinema nas salas nacionais o "Cultura e não Só" destaca as seguintes:



O Rei Leão

Nas Terras Altas de África, o leão Mufasa reina com sabedoria e generosidade, conquistando o respeito do seu povo. Simba, o seu filho, crescerá e, a seu tempo, tomará o seu lugar, respeitando o equilíbrio entre todas as formas de vida. Tudo parece pacífico à excepção de Scar, o ressentido irmão de Mufasa, que sempre aspirou subir ao trono. Na sua obsessão de se tornar rei, Scar não olhará a meios para eliminar Mufasa e a sua cria para atingir os seus propósitos...
Depois do sucesso mundial de "Rei Leão", vencedor de dois Óscares em 1995, a Walt Disney Pictures e a Fairview Entertainment usam tecnologia de ponta para recriar a mesma história em versão "live-action". Regressa assim ao grande ecrã o destemido Simba que, com grande coragem e dignidade, reconquistou o trono do seu pai com a preciosa ajuda de Timon e Pumba, os seus dois grandes amigos.
Com argumento de Jeff Nathanson e realização de Jon Favreau ("Homem de Ferro", "O Chef" e, mais recentemente, "O Livro da Selva"), a versão original deste filme conta com as vozes de Donald Glover (Simba), Beyoncé Knowles-Carter (Nala), Billy Eichner (Timon), Seth Rogen (Pumba), Florence Kasumba (Shenzi), Alfre Woodard (Sarabi), Chiwetel Ejiofor (Scar), John Oliver (Zazu), Keegan-Michael Key (Kamari) e Eric André (Azizi), entre outros.



Anna - Assassina Profissional

Década de 1990. Anna Poliatova é uma requisitada modelo internacional que tem um segredo bem guardado: sob a sua beleza e aparente inocência esconde-se uma assassina profissional que actua sob as ordens da KGB. Vítima de violência doméstica durante anos, aceitou as regras da organização que, em troca, lhe salvou a vida. Contudo, o que hoje mais deseja é libertar-se daquele fardo e começar uma nova vida num lugar onde finalmente possa esquecer o passado. É então que é contactada por membros da CIA que lhe fazem uma proposta irrecusável.
Um "thriller" de acção produzido e realizado pelo veterano francês Luc Besson ("Vertigem Azul", "Nikita - Dura de Matar", "O 5.º Elemento", "Lucy"). A supermodelo russa Sasha Luss assume o papel principal, contracenando com actores como Luke Evans, Cillian Murphy, Alexander Petrov, Eric Godon, Lera Abova ou Helen Mirren. 



O Perfeito Gigolô

Desde muito cedo que Alex, um homem bem-parecido mas nada talhado para o trabalho, percebeu que podia viver à custa das suas conquistas românticas. É assim que se casa com Denise, uma multimilionária na flor da meia-idade que, durante os 28 anos seguintes, se habitua a sustentar todos os vícios do seu jovem marido. Os anos vão passando até ela perceber que ele já não caminha para novo e decide que é chegada a altura de o trocar por alguém mais jovem e atraente. Em choque, e sem qualquer forma de sustento, Alex encontra apenas uma solução: ir viver com a irmã e aprender a viver frugalmente até encontrar uma nova viúva endinheirada que sucumba às suas investidas amorosas. A ajudá-lo nesta difícil missão estará Hugo, o sobrinho de dez anos.
Versão francesa do filme "How to Be a Latin Lover", assinado por Ken Marino em 2017, uma comédia com realização e argumento de Olivier Baroux ("América: Cá Vamos Nós"). No elenco, encontramos Kad Merad, Anne Charrier, Léopold Moati, Pascal Elbé, Thierry Lhermitte e Arielle Sémenoff.

quarta-feira, 17 de julho de 2019

Raposa de Leonor Noivo premiado no FID Marseille


O filme "Raposa", realizado por Leonor Noivo e produzido pela Terratreme, recebeu dois prémios na 30ª edição do FIDMarseille —Marseille International Film Festival, numa cerimónia que se realizou naquela cidade francesa. Ao filme, que teve estreia mundial neste certame, foram assim atribuídas a menção especial Prémio BEAUREGARD International e a menção especial Prémio Marseille Espérance.

O filme é protagonizado pela atriz Patrícia Guerreiro, que interpreta Marta, e nasce da relação de amizade entre a actriz e a realizadora.
Este é assim a mais recente obra de Leonor Noivo, que realizou filmes como Tudo o que Imagino (2017), Cidade (2017), A Cidade e o Sol (2012) ou Setembro (2016), todos produzidos pela Terratreme, produtora portuguesa que fundou em 2008 juntamente com João Matos, Luísa Homem, Pedro Pinho, Susana Nobre e Tiago Hespanha.

Deejay Telio lança "Fxck You"



"Fxck You" é o segundo single de avanço de "Karanganhada 3" com lançamento marcado para o dia 19 de Julho.

Depois do sucesso do seu mais recente single, "Com Licença" feat Bispo, que conta com mais de 5 Milhões de visualizações em apenas um mês e milhares de reproduções nas plataformas de streaming, Deejay Telio dá continuidade à sua "Karanganhada" com "Fxck You". Um tema composto e produzido pelo autor que apresenta uma sonoridade muito própria. "Fxck You" é mais uma prova de que Deejay Telio promete agitar este verão com presença assídua nas playlists nacionais.

O cantor, compositor e produtor, continua em digressão pelo país com a "Happy Tour". Conheça aqui as próximas datas no mês de Julho:

18 de Julho - Ilha do Pico
19 de Julho - Alvito
20 de Julho - Castelo de Vide
26 de Julho - Avis
27 de Julho - Lavre

"O Intruso" de Stephen King



Numa altura em que a marca King é mais forte do que nunca, chega-nos uma das suas histórias mais perturbadoras e compulsivas: O Intruso.

Se dúvidas houvesse, com este livro Stephen King prova uma vez mais que é o mestre do terror e suspense. O Intruso é um thriller arrepiante. Acompanha a investigação da morte de um rapaz de onze anos que foi brutalmente assassinado. 

Para além dos elementos sobrenaturais tão característicos nas suas obras, bem como da aura de mistério, Stephen King apresenta uma história muito bem sustendada em termos forenses. Mas vai mais longe ao incluir em alguns momentos uma perspetiva política e até social no livro, evocando uma multidão com chapéus Make America Great Again que marcou recentemente a campanha de Donald Trump e analisando como é que a sociedade trata os criminosos sexuais.

O livro está disponível nas livrarias.

Sinopse:
Um rapaz de onze anos é encontrado morto. Todas as evidências apontam para que o assassino seja Terry Maitland, um dos cidadãos mais queridos de Flint City, professor de inglês, marido exemplar e pai de duas meninas.
O detetive Ralph Anderson dá-lhe voz de prisão. Maitland tem um álibi forte, estava noutra cidade quando o crime foi cometido, mas os indícios de ADN encontrados no local confirmam que ele é culpado. Aos olhos da justiça e da opinião pública, Terry Maitland é um assassino e o caso está resolvido.

Mas o detetive Anderson não está satisfeito. Maitland parece ser uma boa pessoa, um cidadão exemplar, terá duas faces? E como era possível estar simultaneamente em dois lugares?
Por ser um romance de Stephen King, quando conhecemos a resposta, arrependemo-nos de ter formulado a pergunta.

O livro está disponível nas livrarias.

11.º Festival das Artes abre com Ensemble Mediterrain


A 11.ª edição do Festival das Artes tem início já no dia 19 de Julho com a actuação do Ensemble Mediterrain. Sob a direcção musical de Bruno Borralhinho, a soprano Susana Gaspar vai interpretar a peça Poèmes d’Amour, uma criação de Isaac Albéniz, a partir de poemas de Paul Armand Silvestre. Esta é a estreia mundial em língua portuguesa desta obra estreada originalmente em 1892 por Sarah Bernhardt. O ensemble interpretará ainda a Sinfonia no. 4 em Sol Maior, de Mahler. Duas peças que traçam o caminho da sombra da complexidade à luminosidade da ascensão ao que é mais elevado, ao paraíso. No convento de São Francisco, às 21h30.

Mais cedo no dia, às 18h, é inaugurada a exposição Os Lusíadas — Utopias de Luz e de Sombra na ilha dos amores, na Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra. Partindo do canto IX da épica obra de Camões e de todos os seus significados (o ponto de chegada da acção e recompensa que nele se retrata, a utopia camoniana de Amor e Conhecimento), são reunidas uma série de gravuras de alguns exemplares camonianos que se guardam na Biblioteca Geral, do século XVII aos nossos dias.

Outra estreia mundial no Festival das Artes vai acontecer no dia 21 de Julho, no concerto Na Sombra da Cruz, da Camerata Atlântica. Sob a direcção de Ana Beatriz Manzanilha, o Concertino de Outono, Luz e Sombra, para oboé e cordas, de Sérgio Azevedo é o grande destaque do espectáculo, em estreia absoluta. Natural de Coimbra, Sérgio Azevedo é professor na Escola Superior de Música de Lisboa, tendo estudado com Fernando Lopes-Graça, Christopher Bochmann e Constança Capdeville  O Convento de São Francisco vai ainda reverberar, às 21h30, ao som de obras de Albinoni e da icónica peça do reportório de música sacra, a Stabat Mater, de Pergolesi.

Luz e Sombra à mesa das Lágrimas é o tema de mais uma experiência gastronómica do Festival das Artes. Pela mão do Chef Vitor Dias — do Hotel Quinta das Lágrimas —, quatro Chefs foram convidados para apresentar um menu de degustação com sabores que nos levam numa viagem do Centro do país ao Algarve. Cada prato é apresentado por cada Chef convidado e acompanhado por vinhos seleccionados pelo ilustre enólogo e crítico de vinhos, Aníbal Coutinho. Dia 22 de Julho às 20h30, no Hotel Quinta das Lágrimas, com um cenário que promete surpreender os convivas.

A 24 de Julho, o anfiteatro Colina de Camões recebe a prestigiada Macao Youth Symphony Orchestra, composta integralmente por estudantes que vão do ensino primário ao universitário. Pedro Neves é o maestro convidado que tem dirigido esta orquestra na sua digressão internacional, que agora passa pela região Centro. A Luz do Oriente vai trazer-nos o Nocturno de António Fragoso, composições de Doming Lam, o concerto para violino Butterfly Lovers, de Chen Gang & He Zhanhao e a suite O Pássaro de Fogo, de Stravinsky.

Dia 25 de Julho, o anfiteatro enche-se novamente para ouvir os Alma Nuestra, a banda criada por dois amigos de longa data – Salvador Sobral e Victor Zamora – e que trazem sons da América Latina com roupagem jazz, numa parceria entre o Festival das Artes e o Quebrajazz. 

Diamantino disponível em DVD a 27 de Julho


O filme Diamantino, realizado por Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, vai estar disponível em DVD em todas as lojas FNAC a partir do dia 27 de Julho, numa edição Maria e Mayer e NOS Audiovisuais. 

Protagonizado por Carloto Cotta, o filme que conquistou Cannes em 2018 com o Grande Prémio 57.ª Semana da Crítica, estreou em Portugal no dia 4 de Abril e já teve estreia comercial nas salas de cinema dos Estados Unidos da América, Brasil e França.

Diamantino é um delírio cómico sobre uma super-estrela de futebol, que entra em declínio, uma história sobre um Portugal distópico, que alia temas como a clonagem, a crise dos refugiados e a ascensão da extra-direita.

Além de Carloto Cotta, fazem parte do elenco Cléo Tavares, Anabela Moreira, Margarida Moreira, Filipe Vargas, Joana Barrios, Maria Leite, Carla Maciel e Manuela Moura Guedes.

Documentário Ice On Fire



Ice On Fire é um documentário que chama a atenção para muitas soluções inéditas, destinadas a desacelerar a crescente crise ambiental. Indo além da actual narrativa sobre mudanças climáticas, oferece uma perspectiva do que podemos fazer para travar o aquecimento global e os seus efeitos.

O debate conta com a presença de três oradores distintos, empenhados na temática das alterações climáticas: um gestor, um cientista e uma jovem activista.


António Mexia, CEO da EDP
Gonçalo Vieira, Professor no IGOT - Universidade de Lisboa e Coordenador do Programa Polar Português
Francisca Salema, Estudante do ensino secundário, Organizadora da Greve Climática Estudantil
Com moderação de João Wengorovius Meneses, Secretário Geral do BCSD Portugal


Ainda sobre o documentário:
Produzido pelo vencedor do ÓSCAR®, Leonardo DiCaprio, George DiCaprio e Mathew Schmid, e realizado por Leila Conners, estreou mundialmente no Festival de Cannes de 2019, enquanto Selecção Oficial do Festival, no dia 22 de maio, Em Portugal estreou a 12 de Junho, em exclusivo, na HBO Portugal.



“Eu e os meus colegas fizemos o Ice On Fire para dar voz aos cientistas e investigadores que trabalham todos os dias incansavelmente, nas linhas da frente das alterações climáticas”, diz o produtor e narrador Leonardo DiCaprio. “Queríamos fazer um documentário que retratasse a beleza do nosso planeta, enquanto damos voz a soluções muito necessárias em energias renováveis e isolamento de carbono. Este documentário mostra o que está em jogo, se continuarmos passivos e como, com a ajuda de cientistas dedicados, todos podemos actuar. Espero que o público se sinta inspirado a tomar medidas para proteger o nosso lindo planeta”.

Ice On Fire foi filmado um pouco por todo o mundo, desde a Noruega ao Alasca, da Islândia ao Colorado, da Suíça à Costa Rica e a Connecticut. O documentário destaca os relatos em primeira mão de pessoas na vanguarda da crise climática, com o cunho de cientistas, agricultores, inovadores e outros.

Enfatiza a importância de uma abordagem dupla e imediata para reverter esta crise: por um lado, reduzir as emissões de carbono através de fontes tradicionais de energia renovável e novas, como a energia das marés; por outro, implementar medidas de redução, concentradas em métodos de extracção e isolamento de carbono, incluindo a captura directa de ar, aquacultura, quintas urbanas, biocarvão, neve marinha, folhas biónicas entre outros.

Ice On Fire comprova que, embora os riscos e a urgência de hoje possam ser maiores do que nunca, também há maiores oportunidades para soluções inovadoras, oferecendo uma perspectiva realista, mas esperançosa, sobre uma questão global chave que exige a nossa atenção.

‘Nesta Casa Mora o Dragão’ leva o Museu FC Porto a Alfândega da Fé


A partir do dia 25 de Julho, a Casa da Cultura Mestre José Rodrigues recebe uma exposição de objetos, fotografias e outros exclusivos saídos das coleções azuis e brancas. Com entrada livre e para todas as idades, o evento prolonga-se até setembro.

A caminhar para o sexto ano de atividade, o Museu FC Porto continua a levar história para fora de portas, aproximando ainda mais a memória e património portista e portuense dos diversos públicos. Desta vez, a iniciativa ‘Nesta Casa Mora o Dragão’ visita Alfândega da Fé, em pleno coração do nordeste transmontano, inaugurando no dia 25 de Julho, na Casa da Cultura Mestre José Rodrigues, uma exposição de objetos, fotografias e muitas outras curiosidades com vistas para o passado azul e branco.
Com entrada livre, o evento prolonga-se até final de Setembro e resulta de uma parceria do Museu com a Casa do FC Porto e a Câmara Municipal de Alfândega da Fé. ‘Nesta Casa Mora o Dragão’ também é uma exposição realizada no âmbito da área temática ‘28.’ do Museu FC Porto, um projeto que partilha ainda mais história dentro ou fora do museu portista. Em 2017, a mesma iniciativa, que descentraliza a partilha da história abraçando o universo de filiais e delegações do FC Porto, foi um êxito no Museu Municipal Carmen Miranda, na cidade de Marco de Canaveses. 
Em Alfândega da Fé, além de objetos e outros exclusivos saídos das coleções do Museu FC Porto, a mostra contempla uma seleção de trabalhos de repórteres-fotográficos que acompanharam o quotidiano portista e portuense ao longo das últimas décadas do século passado. A Casa do FC Porto local também vai participar com peças da sua própria coleção e, além disso, a exposição lança ainda um olhar para a relação do escultor José Rodrigues e do arquitecto Alcino Soutinho (projetou a Casa da Cultura alfandeguense) com a memória e o património do clube. A inauguração tem lugar às 15.30 horas do dia 25 de Julho e o programa da cerimónia inclui uma visita à sede da delegação portista.  

“Nesta Casa Mora o Dragão” - Exposição Temporária 
Idades: Todas
Horários: segunda a sexta - 09H00-18H00; sábado e domingo - 10H00-18H00 
Preço: Entrada livre
Local: Casa da Cultura Mestre José Rodrigues, Alfândega da Fé. 

SOS Cunene no Cinema São Jorge


O sul de Angola está a ser atingido por uma seca extrema, sendo a Província de Cunene a região mais afetada.

Na próxima sexta-feira, mais de uma dezena de artistas lusófonos juntam-se para um espetáculo solidário - SOS Cunene - no Cinema São Jorge, em Lisboa. Uma iniciativa promovida pelo cantor angolano Vlado Coast, natural de Cunene, à qual se associaram, desde a primeira hora, a RDP África, a RTP África e a Antena 1.

No concerto S.O.S Cunene contamos com a participação de artistas como Paulo Flores, Paulo de Carvalho, Eduardo Paim, Dany Silva, Dom Kikas, Gardénia Benrós, Hélvio, Tonecas Prazeres, Micas Cabral, Mago de Sousa, Cientista, Yudi Fox, Corean Du, entre muitos outros. 

As receitas do espectáculo revertem na sua totalidade para as ONG’s que já operam no local. O concerto pretende sensibilizar os portugueses para a situação que se vive no sul de Angola. Os bilhetes poderão ser adquiridos na bilheteira do Cinema São Jorge.