quinta-feira, 30 de abril de 2015

Prémios Shortcutz Lisboa - 1 de Maio @ Musicbox


Pelo 5º ano consecutivo, o Shortcutz Lisboa, movimento internacional de divulgação de curtas-metragens, distingue o melhor das curtas portuguesas que estiveram em competição nas suas sessões semanais. Em 15 categorias, contam-se mais de 50 nomeados, entre realizadores, actores e muitos outros profissionais que fazem o cinema português acontecer, em especial no que diz respeito ao universo das curtas-metragens.
Na noite que já é conhecida como a mais longa das curtas, será entregue o prémio à Melhor Curta do Ano, votada entre as curtas vencedoras mensais, e à Melhor Curta Shortcutz Network, onde competem as melhores curtas das cidades que integram o movimento, entre outras categorias que visam premiar um género cinematográfico que normalmente não é contemplado com este tipo de galardões, designadamente: Melhor Documentário, Melhor Direcção de Arte, Melhor Música Original, Melhor Produção e Melhor Fotografia.

Prémios Fundação GDA
Pela segunda vez, a Fundação GDA associa-se ao Shortcutz Lisboa na atribuição dos Prémios Fundação GDA para Melhor Actor e Melhor Actriz em Curta-Metragem 2014, no valor total de 2000 euros. Criada pela GDA (Gestão dos Direitos dos Artistas, Intérpretes ou Executantes), a Fundação GDA tem como missão a valorização do trabalho dos artistas, actores, bailarinos e músicos, bem como a dignificação das respectivas carreiras.

Figura Shortcutz
Além da entrega de prémios aos vencedores de cada categoria, eleitos pelo júri do Shortcutz Lisboa - constituído por 21 nomes reconhecidos no meio cinematográfico, jornalístico e musical português -, é também atribuído um prémio da exclusiva responsabilidade da equipa do Shortcutz Lisboa: o prémio Figura Shortcutz, que este ano distingue o CÓRTEX - Festival de Curtas-Metragens de Sintra pelo excelente trabalho desenvolvido na divulgação das curtas desde a sua primeira edição em 2010.

A festa dos prémios – Música e Poesia
A noite mais longa das curtas é muito mais que uma entrega de prémios: todos os convidados serão recebidos com um whiskey JAMESON ao que se segue o início da festa com a Poetry Slam de Viton Araújo, pelo meio temos a honra de ser presenteados pela actuação especial dosThe Drowning Bride.
A noite termina com um momento muito especial: à cabine do Musicbox sobe o DJ The Lonesome Spit que juntamente com o VJ set especial de Marzia ,com imagens das curtas-metragens nomeadas, prometem pôr todos a dançar já de galos dourados na mão!
Viton Araújo é autor do livro 100 Coisas para Fazer Depois de Morrer (Arte Plural, 2012), tem poemas publicados em diversas revistas e zines. Faz parte da trupe de poetas do poetry slam português, tendo vencido edições do Poetry Slam Amadora, Poetry Slam Lisboa, Poetry Slam LX e Poetry Slam Night. É integrante do grupo de stand-up poetry 4 Pessoas e Nenhum Fernando. Escreveu e encenou a performance poética Saravá Palavrá.

7ª Arte - Estreias de cinema de 30-04-2015

Estreias de cinema de 30 de Abril de 2015

Esta semana dentre as várias estreias de cinema nas salas nacionais o "Cultura e não Só" destaca as seguintes:


Os Vingadores: A Era de Ultron

O poderoso Capitão América (Chris Evans), o lendário Thor (Chris Hemsworth), o impetuoso Homem de Ferro (Robert John Downey Jr.), o irascível Hulk (Mark Ruffalo) e outros super-heróis da mesma estirpe voltam a ser chamados a lutar pelo futuro da Humanidade. Desta vez, a ameaça é uma forma de inteligência artificial chamada Ultron (voz de James Spader), degenerada de uma experiência de Tony Stark que tinha como objectivo conceber um programa informático que mantivesse a paz na Terra. Ultron decide que a única forma lógica de salvar o planeta é erradicar as pessoas... Para o enfrentar – e ao seu exército de "drones" –, a equipa de Vingadores vai ter de mobilizar e combinar eficazmente todos os seus poderes extraordinários e, sobretudo, a força que mais os distingue do vilão: o seu lado humano.
Baseado na banda desenhada da Marvel, um filme de acção com realização e argumento de Joss Whedon, responsável pelo anterior "Os Vingadores" (2012). O elenco conta ainda com Samuel L. Jackson, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Don Cheadle e Elizabeth Olsen.



Walesa. Homem de Esperança

Lech Walesa fica na História como um dos maiores ícones da luta política do século XX, enquanto figura de proa da luta anticomunista na sua Polónia natal. Electricista de profissão, tornou-se activista nos anos 1970, incentivando greves e protestos, e fundando, em 1980, o sindicato Solidariedade. O carismático revolucionário, perseguido pelo regime e detido várias vezes pelas autoridades, esteve envolvido nas grandes movimentações e negociações que conduziriam à libertação da Polónia e foi presidente do país durante a sua democratização, na primeira metade da década de 1990. Anos antes, em 1983, foi-lhe atribuído o Nobel da Paz. Este filme narra a história da sua luta política, procurando oferecer uma nova luz sobre o líder.
A realização é de Andrzej Wajda, veterano cineasta polaco (em 2000, recebeu um Óscar honorário pela carreira) responsável por filmes como "O Homem de Mármore" (1977) ou "O Homem de Ferro" (1981) – verdadeiros desafios ao regime comunista. Indignado com o esquecimento a que o herói nacional e os seus camaradas do sindicato estavam a ser votados na Polónia décadas após o colapso do comunismo na Europa de Leste, decidiu fazer este filme para recordar a história do electricista que ousou afrontar o regime pró-soviético. Para o realizar, contou com a colaboração do romancista e dramaturgo Janusz Glowacki. O actor Robert Wieckiewicz encarna Walesa, contracenando com Agnieszka Grochowska no papel da sua mulher. O "biopic" foi indicado como candidato polaco ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, mas não foi nomeado pela Academia.



A Idade de Adaline

Adaline Marie Bowman (Blake Lively) nasceu a 1 de Janeiro de 1908. Cresceu, constituiu família e levou uma vida como a de tantas outras mulheres do seu tempo. Mas tudo mudou quando, aos 27 anos, sofreu um acidente grave que lhe deixou uma sequela peculiar: a imunidade à passagem do tempo. A partir daquele momento, Adaline nunca mais envelheceria. Mas a sua condição não corresponde necessariamente a uma bênção. Não vai ser fácil atravessar décadas e viver com a consciência de que todos os que ama envelhecem e, eventualmente, morrem. Um dia, conhece alguém que a sacode da sua existência linear e intemporal, alguém cujo amor pode valer muito mais do que imortalidade...
Um drama romântico sobre a possibilidade da eterna juventude e o valor da vida, com realização de Lee Toland Krieger ("Relação Arriscada", "Corações Instáveis", "Celeste e Jesse para Sempre"). Além de Blake Lively, o elenco conta com Harrison Ford, Michiel Huisman e Kathy Baker.

'Educação artística' em conversa nos Encontros Garrett


O TNDM II apresenta, no dia 5 DE MAIO, às 19h, no Salão Nobre, o 7º exercício dos Encontros Garrett, que será dedicado ao tema "Educação Artística". 

Rui Horta (Coreógrafo e Director artístico de O Espaço do Tempo), Maria Emília Bredererode Santos (Pedagoga) e Filipe Pinto Ribeiro (Pianista, Professor e Director artístico) conversam sobre este tema, que será moderado pela antropóloga e professora Maria José Fazenda.

Para a programadora dos Encontros Garrett, Margarida Gouveia Fernandes, "a educação artística é essencial para uma formação integral do ser humano, ao estimular a criatividade e incentivar a curiosidade pelo Outro, através da aproximação a múltiplas mundividências." Colocam-se assim questões como: Que estratégias têm vindo a ser seguidas em Portugal? Como ultrapassar os défices do sistema educativo nessa área?

Casino Estoril reforça programação Artística e Cultural em Maio


Salão Preto e Prata - “A Noite das Mil Estrelas”

Com o Salão Preto e Prata sucessivamente esgotado, o musical “A Noite das Mil Estrelas”, da autoria de Filipe La Féria, continua a conquistar os visitantes do Casino Estoril. 

Escrito e encenado por Filipe La Féria, “A Noite das Mil Estrelas” propõe uma viagem pelos momentos mais emblemáticos da história do Casino Estoril, desde os anos trinta à actualidade, fazendo, ainda, o enquadramento com a História de Portugal do séc. XX aos nossos dias.

O novo musical de Filipe la Féria distingue-se, desde logo, pelos seus protagonistas, entre os quais sobressaem nomes como os de Alexandra, Gonçalo Salgueiro, Pedro Bargado, Vanessa, Rui Andrade, David Ripado, Dora, Claudia Soares, João Frizza e Catarina Mouro. Em palco, estarão, ainda, em evidência um corpo de bailarinos, vários acrobatas e uma Orquestra ao vivo. 

Auditório - XXXIV Estoril Jazz

O Auditório do Casino Estoril acolhe, em exclusivo, a 34ª edição do Estoril Jazz, de 9 a 17 de Maio. O mais antigo e prestigiado festival português de Jazz propõe, em dois fins-de-semana, um ciclo de quatro concertos a não perder. Trata-se de um programa de excepção que reúne alguns dos mais conceituados músicos no panorama do jazz.

A Estoril Sol associa-se, uma vez mais, a este importante evento, acolhendo uma programação ímpar que se destaca, desde logo, pela qualidade dos músicos e grupos que subirão ao palco do Auditório do Casino Estoril.

Auditório - “Rapazes Nus a Cantar!”

A ArtFeist produções artísticas apresenta, a partir do próximo dia 28 de Maio, pelas 22h00, um novo ciclo de representações da comédia musical “Rapazes Nus a Cantar!” no Auditório do Casino Estoril. Trata-se de um espectáculo com dança, canto e representação livre de convenções, que se concentra na sua arte e nos temas originais que traz a palco.

A partir de uma ideia de Robert Schrock, “Rapazes Nus a Cantar!” é uma comédia musical, ao melhor estilo Vaudeville, que celebra o esplendor da nudez masculina. Com dezasseis anos de existência, tem feito furor junto de públicos variados, surpreendendo todo o mundo e provando que o talento não se mede pelo guarda-roupa do artista.

Recorde-se que, em 2009,  o espectáculo encenado por Henrique Feist e apresentado no Auditório do Casino do Estoril foi galardoado com o Prémio Arco-Íris da associação ILGA Portugal. 

Galeria de Arte - Ciclo de “Novas Conferências do Casino”

A Galeria de Arte do Casino Estoril acolhe, no próximo dia 30 de Maio, às 16 horas, a 7ª sessão do ciclo “Novas Conferências do Casino” que será subordinada ao tema “Nós Portugueses”. Com coordenação de Amadeu Prado de Lacerda, os oradores serão Luís Salgado de Matos e Luís Filipe Barreto.

As “Novas Conferências do Casino” são uma iniciativa promovida na sequência da apresentação pública do Manifesto Contra a Crise: Compromisso com a Ciência, a Cultura e as Artes em Portugal, que foi subscrito por numerosas personalidades, entre as quais os escritores Lídia Jorge, Miguel Real e Teolinda Gersão e o músico Pedro Abrunhosa. O Manifesto foi promovido pelo Movimento Letras Com Vida (CLEPUL – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa).

O ciclo “Novas Conferências do Casino” tem contribuído para a criação de um espaço de debate cívico à volta de algumas das questões mais prementes da actualidade no que respeita à cultura, ciência e inovação em Portugal porque só o investimento continuado na qualificação das pessoas e a mobilização urgente de pessoas qualificadas poderão garantir o futuro desenvolvimento do País.

Recorde-se que a 8ª sessão está agendada para o próximo dia 27 de Junho, às 16 horas, encerrando o ciclo “Novas Conferências do Casino”, o qual se tem distinguido por reunir algumas vozes representativas das mais diversas áreas da ciência e cultura portuguesas. A derradeira sessão será subordinada ao tema “O Belo Como Futuro”. Com coordenação de António José Borges, os oradores serão António Pedro Vasconcelos e Maria Manuel Baptista.

Salão Preto e Prata-“Campeonato Internacional de Kizomba”

É já no próximo Domingo, dia 3 de Maio, a partir das 22 horas, que o Salão Preto e Prata acolhe a Gala Final do ÁfricAdançar - 8º Campeonato Internacional de Kizomba. Trata-se de um evento sob a chancela da plataforma Kizomba Nation, www.kizombanation.com .

O título mundial será disputado por 23 países, o que constitui um recorde na história deste campeonato. Trata-se de um espectáculo a não perder que contará com participações especiais de Bonga, Coreón Dú e Anselmo Ralph. 

Pelo 8º ano consecutivo, a PMP EVENTOS leva o Campeonato Internacional de Kizomba aos seus fãs, voltando este ano ao País onde tudo começou. As cidades de Lisboa e Cascais vão acolher os muitos milhares de participantes e os candidatos ao título de campeão mundial de kizomba 2015. 

Uma experiência sensacional, que conta com três dias intensos de workshops ministrados por professores profissionais como Paulo Cruz & Lana; Petchú & Vanessa; Zé Barbosa & Marta Miranda, Avelino Chantre e Joana Machado, e, ainda, oito dias de loucas festas pelas melhores discotecas africanas de Lisboa, animadas pelos Djs Sabura, Banderas, entre outros. 

Salão Preto e Prata - Pole Art “Renascer”

O Salão Preto e Prata do Casino Estoril acolhe, no próximo dia 27 de Maio, pelas 21 horas, o espectáculo internacional de Pole Art – “Renascer”. Com um prestigiado elenco, estarão em destaque nomes conceituados como, por exemplo, Bendy Kate, Alex Shchukin e Vane Lunática.

Este espectáculo inclui performances nacionais e internacionais de pole dance, pole art e pole sport e tem como principais objectivos promover o pole dance como uma modalidade artística e desportiva, educar o público em geral sobre as potencialidades e belezas desta modalidade, e incentivar a cooperação e trabalho de equipa entre diferentes artistas e diferentes escolas.

O espectáculo abrange todos os estilos performativos de pole dance, desde dança ao teatro, do sensual ao desportivo, promovendo-se a criatividade, inovação e imaginação através da criação de novas formas de pensar, perceber, sentir, questionar e expressar esta arte. 

Lounge D - Animação musical

O Casino Estoril acolhe, em Maio, um diversificado programa de animação que promete surpreender o público no Lounge D. Trata-se de um cartaz muito versátil que propõe, de Quarta-Feira a Sábado, a partir das 22 horas, registos musicais tão distintos como, por exemplo, o fado, rock, pop, soul, r&b e ainda vários dj sets. Com entrada livre, o ambiente festivo prolonga-se até de madrugada. A entrada é livre.

Concerto de Mico da Câmara Pereira
É já na próxima Sexta-Feira, dia 1 de Maio, às 22h30, que Mico da Câmara Pereira sobe ao palco do Lounge D para protagonizar um concerto intimista percorrendo alguns dos melhores momentos da sua carreira.

Ciclo de dj sets Zecka Pinheiro
O programa de animação musical oferece, aos Sábados, das 22h00 às 02h00, um ciclo de dj sets protagonizado por Zecka Pinheiro, assegurando os ritmos ideais até de madrugada. A não perder nos dias 2, 9, 23 e 30 de Maio.

Fado às Quartas-Feiras
As noites de fado prosseguem, em Maio, no Lounge D com um ciclo de actuações a não perder. São diferentes gerações de intérpretes que apresentarão composições bem conhecidas da “canção nacional”.

As noites de fado renovam-se às Quartas-Feiras, a partir das 22 horas: António Pinto Basto e Maria João Quadros actuam, nos dias 6 e 20 de Maio, enquanto Teresa Siqueira e Gonçalo Castelbranco serão os grandes protagonistas nos dias 13 e 27 de Maio. A entrada é livre.

Concerto da banda Sun Flower Project
Pela primeira vez no Casino Estoril, os Sun Flower Project actuam, nos próximos dias 7, 8, 14, 22 e 23 de Maio. A banda assegura, a partir das 22h15, a animação musical no Lounge D. A vocalista Sandra Russo será acompanhada por Diogo Sotto Mayor, piano e baixo, e por Ivo Martins, na bateria.

Flower Power by 105.4 FM Cascais
Num enquadramento revivalista, o Lounge D acolhe, no próximo dia 28 de Maio, a partir das 22h15, um evento a não perder: Flower Power by 105.4 FM Cascais. O ambiente festivo está garantido pela noite dentro.

Concerto da banda Jammers United
Num concerto inédito, os Jammers United apresentam-se, no próximo dia 29 de Maio, pelas 22h15, no Lounge D. A banda revisita grandes clássicos e outras sonoridades renovadas do funk, soul e R&B. 

Os Jammers United recriam composições bem conhecidas de estrelas como, por exemplo, Stevie Wonder, Prince, Dobbie Brothers, Jamiroquai, Michael Jackson, The Roots ou Red Hot Chili Peppers.

O vocalista Henrique Nunes será acompanhado por António Gil na guitarra, Fernando Trinca na Guitarra, Miguel Castro no baixo, João Stoffel, no Teclado e Francisco Borges na bateria.

Num conceito multidisciplinar, o Casino Estoril concilia, ainda, a vertente de animação cultural com uma diversificada oferta de eventos de Póquer. As noites do Lounge D serão, também, marcadas pelo calendário do Circuito Ibérico de Poker, não havendo, neste caso, programa de animação cultural.

Galeria de Arte - Exposições 

Os visitantes do Casino Estoril podem observar, até ao próximo dia 19 de Maio, a exposição individual “A Minha Cidade”, da autoria de Paulo Ossião. Trata-se de uma mostra individual de um dos mais importantes aguarelistas portugueses contemporâneos. Estará patente até 23 de Junho.

“Esta mostra é um sonho concretizado por este pintor; apresentar uma exposição preenchida exclusivamente por trabalhos dedicados a Lisboa. Todos aí estão e de grande qualidade”, sublinha Nuno Lima de Carvalho, Director da Galeria de Arte.

“A sua cor preferida é o azul, com um número invulgar de tonalidades, preferência que é aceite com agrado por todos quantos têm acompanhado a sua carreira artística. E esses “todos” são muitos, que sempre acorrem a apreciar as suas exposições, provenientes dos pontos mais diversos do País”, conclui Nuno Lima de Carvalho.

O Casino Estoril inaugura, no próximo dia 23 de Maio, o XXVIII Salão de Primavera/Prémio Rainha Isabel de Bragança. Trata-se de uma colectiva que presta homenagem a uma portuguesa que foi Rainha de Espanha, casada com o Rei Fernando VII do País vizinho. Este prémio tem contribuído muito para a divulgação desse facto histórico muito relevante.

Nas anteriores edições do Salão de Primavera participaram, até hoje 916 jovens artistas, entre os quais se encontram muitos pintores de referência e profissionais qualificados no mundo artístico, como é o caso dos mestres que escolheram os participantes da exposição do corrente ano. 

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Nos cinemas - Ex Machina


Caleb, um jovem programador na maior empresa de internet do mundo, vence um concurso para passar uma semana no refúgio de montanha de Nathan, o CEO da empresa. Quando Caleb chega ao local, descobre que terá de participar numa experiência estranha e fascinante em que deverá interagir com a primeira verdadeira inteligência artificial do mundo, incorporada no corpo de uma bonita rapariga robot.

3ª Edição da Noite da Literatura Europeia, 6 de Junho, Príncipe Real, Lisboa


A 3ª edição da Noite da Literatura Europeia tem lugar a 6 de Junho, no Príncipe Real, para festejar, em plenas Festas de Lisboa, a literatura europeia, com um serão literário criativo e invulgar aberto a todos os amantes das letras e a todas as pessoas que queiram descobrir, através das palavras, os escritores que marcam a contemporaneidade europeia.

Durante 5 horas, das 18h às 23h deste sábado, vão ter lugar várias sessões de leitura de obras de 10 escritores europeus que, na sua maioria, estarão presentes ao longo do evento. As leituras, de entrada livre e com uma duração entre 10 e 15 minutos, repetem-se de meia em meia hora, para que o público possa visitar todos os espaços e assistir a todas as sessões programadas.

Este ano, a Noite da Literatura Europeia apresenta obras entre as quais figuram Na margem, de Rafael Chirbes, considerado o melhor romance espanhol de 2013 e vencedor do Prémio Nacional de Narrativa e do Prémio de la Crítica, que começa com a descoberta de um cadáver, O Meu Irmão, de Afonso Reis Cabral, vencedor do Prémio LeYa 2014 por unanimidade, que narra a história de Miguel, de 40 anos, que assume a responsabilidade pelo seu irmão que nasceu com síndrome de Down, e Judas beijava maravilhosamente, de Maira Papathanasopoulou, best seller com mais de 400.000 exemplares vendidos na Grécia, que explora as relações amorosas em todas as suas dimensões. 

Há ainda lugar para histórias sobre a luta pela sobrevivência, em 3000 Euros, de Thomas Melle (Alemanha), uma crítica feroz ao sistema bancário capitalista em Os contratos do comerciante de Elfriede Jelinek (Áustria), conspirações que abalam a juventude como em Vermelho como o sangue de Salla Simukka (Finlândia), uma viagem ao tempo das princesas francesas do século XVIII em A Troca das Princesas de Chantal Thomas (França), experiências em momentos de rutura com as nossas referências, em Dez minutos por dia de Chiara Gamberale (Itália). Por fim, dois momentos dedicados à poesia com Amiga, de Simona Racková (República Checa), um quase-diário em verso livre  inspirado no universo feminino e uma selecção de poemas de Ion Es. Pop (Roménia), cuja poesia é descrita como “(...) uma geografia hipnótica da morte viva e da agonia enquanto vivência substancial. Um mapa do sofrimento expiatório de uma beleza única (...)”.

Os excertos das obras destes escritores serão lidos por actores portugueses em espaços como a Padaria São Roque, o Miradouro São Pedro de Alcântara, a Sala do Brasão do Museu de São Roque ou ainda o Palácio dos Condes de Ceia - Reitoria da Universidade Aberta, entre outros. Ao todo, participam no evento 15 actores, dos quais se destacam Mónica Calle, Rita Brütt e Ângelo Torres.  

A Noite da Literatura Europeia é uma iniciativa organizada pela EUNIC Portugal, uma rede de institutos culturais e embaixadas, e pela Representação da Comissão Europeia em Portugal.

Portimão recebe primeira corrida dos Campeonatos Europeus de Karting - de 6 a 10 de Maio


Os melhores pilotos de karting de todo o mundo vão estar no Algarve para a primeira jornada da época do Campeonato Europeu de Karting KF e do Campeonato Europeu de Karting KF Júnior de 6 a 10 de Maio. Um total de 125 pilotos oriundos não só da Europa mas de países tão variados como Japão, Argentina, Brasil, Tailândia, Rússia e onde vamos poder encontrar quatro portugueses: Diogo Pinto, Yohan Sousa, João Ferreira e Miguel Carvalho, os quatro no KF. 
Cinco dias de competição que começam na quinta-feira dia 7 de Maio com a realização das primeiras sessões de treinos livres. Para sexta, dia 8 estão reservados mais treinos assim como a qualificação. No sábado, 9, dia para as corridas de qualificação e no domingo as grandes finais.

O preço dos bilhetes varia entre os 5 e 10€ e podem ser adquiridos na loja do Kartódromo Internacional do Algarve.

Casino Lisboa com novo programa de música ao vivo em Maio


As noites de música ao vivo continuam em evidência no programa de animação do Casino Lisboa. Com vários pontos de interesse agendados para o mês Maio, o Arena Lounge acolhe, de Quinta-Feira a Domingo, um diversificado elenco de jovens bandas nacionais. O Casino Lisboa propõe, ainda, de Quinta-Feira a Sábado, pouco depois da meia-noite, diferentes Dj’s que seleccionam os ritmos ideais pela madrugada dentro. A entrada é livre.

Arena Lounge - Palco-multiusos

Os RedSox apresentam-se, na próxima Quinta-Feira, dia 30 de Abril, no Arena Lounge para interpretar um reportório pop/rock que reúne alguns dos grandes êxitos da actualidade. Trata-se de uma banda de covers que prolonga as suas actuações até 3 de Maio. 

Num registo muito próprio, a vocalista Cheila de Lima partilha o palco com Carlos Castro na guitarra, Sara Costa no baixo e João Gonçalo na bateria.


Os Flowmotions serão, de 7 a 10 de Maio, os grandes protagonistas da animação musical do Arena Lounge. A banda propõe um repertório que se encontra no cancioneiro da música norte-americana e britânica, cujas raízes passam pela soul music, jazz, e funk - [raízes] afro-americanas. Rótulos não definem na íntegra as suas escolhas, sendo que o ponto de encontro é a improvisação e liberdade relativamente a padrões comuns na música pop contemporânea.

Os Flowmotions propõem-se interagir com o público, interpretando composições bem conhecidas de artistas como, por exemplo, Stevie Wonder, Raul Midon, Amy Winehouse, ou Esperanza Spalding, “Fazemos uma retrospectiva de clássicos que marcaram diferentes épocas, não esquecendo êxitos contemporâneos”, explica a vocalista Joana Gouveia que será secundada por Augusto Macedo, no baixo eléctrico, Diogo Santos, anos teclados, e André Mota na bateria.


Num ciclo inédito, os Miss Manouche apresentam-se, de 14 a 17 Maio, no Arena Lounge. O ritmo swing dos anos 20/30, a paixão fogosa do jazz e da incontornável figura de Django Reinhardt são o cartão-de-visita deste quarteto.

Os êxitos vocais radiofónicos desta época constituem o repertório de Miss Manouche, repleto de ritmos quentes e dançáveis aos quais é impossível ficar indiferente. Com Ian Mucznik (voz/guitarra), João San Payo (voz/baixo) Luis Bastos (clarinete) e Alcides Miranda (guitarra).


Os Dee Dee & The Drum Killers actuam, de 21 a 24 de Maio, no Arena Lounge. Com uma singular cumplicidade em palco, Dee Dee é a vocalista Andreia Nunes, enquanto os The Drum Killers são Gonçalo Sousa, na harmónica, e João Roque, na guitarra e percussão.

Num enquadramento revivalista, Dee Dee canta maravilhosamente os blues e os clássicos soul. Por sua vez, os The Drum Killers dominam esse reportório de trás para a frente. Trata-se de uma aventura musical que se iniciou no faroeste alfacinha, mas que já se alastrou por todo o território nacional.


Num aguardado regresso ao Arena Lounge, os Radiowave, propõem, de 28 a 30 de Maio, vários êxitos internacionais, privilegiando registos de soul, pop e jazz. A vocalista Ana Isabel, partilha o palco com João Sanguinheira, no baixo, Rui Barreto, nas teclas e João Nuno Barros na bateria.

Com arranjos próprios, os Radiowave revisitam composições de artistas de dimensão internacional como, por exemplo, Amy Winehouse, Duffy, Adele, Joss Stone, Etta James ou Jamie Cullum.


Arena Lounge - Jukebox

O programa de animação musical culmina com as dinâmicas sonoridades da Juke Box. Todas as noites, cerca da meia-noite, diferentes DJ’s seleccionam os temas ideais para um público predominantemente jovem. A entrada é livre.

Programa:

01 - Diogo Pires
02 - Dj Al

07 - Señor Pelota
08 - Luis Leite
09 - Miguel Kellen

14 - Ka§par
15 - Johnny Deep
16 - Bruno Safara

21 - Mário Valente
22 - CVLT
23 - Luis Patraquim

28 - Pan Sorbe
29 - Yugo Dee
30 - John Holmes


O amplo espaço do Arena Lounge constitui, assim, o cenário ideal para receber um diversificado programa musical, que se estende pela noite dentro. 

Centenário do Regimento de Transportes


A Associação de Modelismo do Montijo é uma das convidadas pelo Regimento de Transportes (ex-Ralies) em Lisboa para as comemorações do Centenário do Regimento de Transportes. 

Englobada nestas comemorações estará patente ao público entre os dias 26 de Maio e 21 de Junho uma exposição de veículos militares, nas instalações do quartel, veículos militares expostos à escala 1:1 e veículos militares em modelismo estático e RC (este último somente nos dias 13 e 14 de Junho). A exposição estará aberta ao público todos os dias das 9h às 17h, incluindo fins de semana, com entrada livre.

terça-feira, 28 de abril de 2015

"Entre Tanto" - 21 Maio a 13 Junho - Teatro Municipal Amélia Rey Colaço - Algés


Com produção da Companhia de Actores, a peça “Entre Tanto” estreia no Teatro Municipal Amélia Rey Colaço, em Algés, de 21 de Maio a 13 de Junho. Com texto de Sandra José e encenação e cenografia de António Terra, esta peça conta com a interpretação de Rita Ribeiro, actriz que celebra, este ano, 40 anos de carreira e Sandra José. Os figurinos estão a cargo do conhecido estilista Dino Alves.
Duas Marias entre quatro paredes desarrumadas. A dualidade de forças opostas, num universo onde tudo está em constante transformação. O equilíbrio interior ou desequilíbrio exterior. A vida em frente e verso. “Entre Tanto” é um espectáculo forte e cheio de emoções, que irá despertar o público para um tema sempre actual, desencadeando atrito nos egos e tornando-se num meio seguro de nos procurarmos de olhos fechados. Faz-nos perguntas e facilita-nos as respostas. Liberta-nos do quotidiano. Procura-nos e encontra-nos. Entre Tantos motivos para olhar e ver, o que vemos quando fechamos os olhos?
A peça não termina com a actuação das protagonistas desta história. De forma a aproximar ainda mais o público do tema, segue-se uma breve “palestra”, em que Rita Ribeiro e Sandra José convidam um grupo de psicólogos e terapeutas a juntarem-se a elas no palco, para uma “conversa descomplicada”, em que o tema do medo e do amor enquanto libertação/redenção é abordado no meio de perguntas e respostas. 

Ficha Técnica:

Texto: Sandra José
Encenação e Cenografia: António Terra
Interpretação: Rita Ribeiro e Sandra José
Desenho de luz: Ricardo Ladeira
Figurino: Dino Alves
Produção: Companhia de Actores

Festival de Sintra: o mais antigo Festival do país começa a 9 de Maio


De 9 de Maio a 7 de Junho, Sintra volta a ser palco da música romântica com o Festival de Sintra, que se realiza em alguns dos mais emblemáticos palácios do município. Com a primeira edição em 1957, o Festival organizado pela Câmara Municipal de Sintra é o mais antigo festival do país, celebrando este ano a sua 50ª edição com uma homenagem à Marquesa de Cadaval.

Como novidade desta edição, a Câmara Municipal de Sintra transmite em directo, via streaming, e em diferido, alguns dos concertos do Festival, nos espaços públicos das freguesias mais populosas do concelho, fazendo chegar o evento a um maior número de pessoas.

A inaugurar o Festival, dia 9 de maio, no Dia da Europa, o pianista Nelson Freire sobe ao palco do Centro Cultural Olga Cadaval para apresentar um recital de piano, concerto que assinala ainda a celebração do 70º aniversário do pianista.

Já no domingo 10 de maio, a encerrar o primeiro fim de semana que se propõe ao diálogo de gerações, o concerto “Jovens Talentos” irá revelar nomes emergentes da música clássica, como Varvara Kutusova, de 11 anos, e Alexander Malofeev, de 13 anos.

A música de câmara dá o tom ao segundo fim de semana do Festival de  Sintra, com um concerto doDuo Frédéric Pelassy/Ghizlane Hamadi, no Palácio Nacional de Sintra, na sexta-feira, 15 de maio. Nos dias seguintes a Condessa Teresa Schonborn, neta da Marquesa de Cadaval, abre as portas da Quinta da Piedade para receber o Trio Aeternus e o Quarteto de Moscovo.

Sob o tema piano romântico, os músicos Anna Pavlova, Jeffrey Swann e Anastasyia Naplekovarevisitam obras de alguns dos mais reconhecidos compositores como Schubert, Liszt, Chopin, Haydn e Tchaikovsky, entre outros. Estes concertos têm lugar no Palácio Nacional de Queluz e na Quinta da Piedade e compõem o programa para os dias 22, 23 e 24 de maio.

Um dos momentos altos desta edição do Festival de Sintra é o fim de semana dedicado à Marquesa de Cadaval, que será evocada em dois concertos no Palácio Nacional de Sintra: sexta-feira, 29 de maio, sobem ao palco o Quarteto Lopes Graça com Olga Prats no piano e domingo, 31 de maio, tem lugar o concerto “Evocações” – Olga Cadaval composto por obras queridas da Marquesa de autores como Monteverdi, Vivaldi, Rossini, Mendelssohn, Brahms, entre outros. Neste fim de semana de homenagem tem lugar ainda “Ausências”, um recital de piano acompanhado por poesia declamada pelos actores Leonor Seixas e Paulo Pires. 

No último fim de semana realizam-se dois concertos que merecem ainda destaque: o Concerto Comemorativo dos 40 Anos do Conservatório de Música de Sintra, no Palácio Nacional de Queluz, dia 5 de Junho, e o concerto de encerramento desta especial 50ª edição do festival, no sábado, 6 de Junho, com  "Carmina Burana" de Carl Orff, no Largo Fronteiro ao Palácio Nacional de Queluz, num Tributo a Dom Nuno Alvares Pereira, patrono da GNR e ascendente directo dos Marqueses de Cadaval (entrada livre).

Destaque também para a nova secção “Contrapontos”, que encerra um programa composto por três concertos de bandas filarmónicas locais, que se realizam na Quinta da Ribafria.

Paralelamente ao programa de concertos, realizam-se, nos dias 10 e 30 de maio e 6 de Junho, três master classes sobre o romantismo, conduzidas por Rodrigo Sobral Cunha.

À excepção do concerto de encerramento, de entrada livre, todos os ingressos terão um preço fixo de 10€. O valor da bilheteira reverte para o novo espaço do Conservatório de Música de Sintra.

Festival Hip Hop Sou Eu


O festival "Hip Hop Sou Eu" chega ao Coliseu de Lisboa no próximo dia 1 de Maio! 

Junte-se a nós neste dia e venha ver e ouvir o que de melhor se faz no Hip Hop Tuga com: Sam The Kid & Mundo Segundo, Jimmy P, Dillaz, Grognation e muitos outros!

Um festival de um estilo musical em crescendo no panorama nacional. 

7º Sumol Summer Fest - Chance The Rapper


A edição de 2015 do Sumol Summer Fest é feita com os melhores ingredientes: praia, surf, calor, amigos e a melhor música.

Em estreia em Portugal, Chance The Rapper, jovem rapper de Chicago que com apenas 22 anos, é um dos nomes do hip-hop mais falados do momento. Completa-se assim a programação do Palco Sumol para a 7ª edição do Sumol Summer Fest. 


Assumindo a influência dos géneros acid jazz, soul, r&b e blues, as composições ricas de melodia e contemporaneidade de Chance The Rapper foram conhecidas em 2012 sob formato mixtape e com o título “10 Day”, causando enorme agitação em volta do seu nome e elogios que choveram de todos os quadrantes, sendo destacado pela revista Complex como um dos "10 New Chicago Rappers to Watch Out For."
Um ano depois editou a segunda mixtape “Acid Rap”, que contou com a participação de Twista, Vic Mensa, BJ The Chicago Kid, Action Bronson, Childish Gambino e Ab-Soul e de onde saíram os êxitos “Juice” e “Smoke Again” . Com 900.000 downloads, valeu-lhe a nomeação para Best Mixtape pela BET Hip-Hop Awards, e a inclusão nos 50 melhores discos do ano por publicações de referência como a Rolling Stone, a Pitchfork, a Complex, entre outras.
Em 2014, foi presenteado com o “Chicago's Outstanding Youth Of The Year Award" pelo Mayor da cidade.
Já este ano, foi listado em 7º lugar na "Forbes 30 Under 30 2015 Music List” e conta ainda com participações em temas de Kendrick Lamar, Madonna, Lil Wayne ou J Cole . Além da sua carreira a solo, Chance é também membro do colectivo de Chicago SaveMoney e vocalista da banda The Social Experiment .
Em apenas 3 anos, o talento e a mestria de Chance The Rapper valeram-lhe o reconhecimento mundial, saltando para a ribalta com uma carreira invejável.
Passará, protagonista, pelo Palco Sumol a 3 de Julho, no 7º Sumol Summer Fest.

Casino Estoril acolhe 8º Campeonato Internacional de Kizomba a 3 de Maio


A Gala Final do evento ÁfricAdançar - 8º Campeonato Internacional de Kizomba, sob a chancela da plataforma Kizomba Nation, está agendada para o próximo Domingo, dia 3 de Maio, a partir das 22 horas, no Salão Preto e Prata do Casino Estoril. 

O título mundial será disputado por 23 países, o que constitui um recorde na história deste campeonato. Trata-se de um espectáculo a não perder que contará com participações especiais de Bonga, Coreón Dú e Anselmo Ralph. 

Pelo 8º ano consecutivo, a PMP EVENTOS leva o Campeonato Internacional de Kizomba aos seus fãs, voltando este ano ao País onde tudo começou. As cidades de Lisboa e Cascais vão acolher os muitos milhares de participantes e os candidatos ao título de campeão mundial de kizomba 2015. 

Uma experiência sensacional, que conta com três dias intensos de workshops ministrados por professores profissionais como Paulo Cruz & Lana; Petchú & Vanessa; Zé Barbosa & Marta Miranda, Avelino Chantre e Joana Machado, e, ainda, oito dias de loucas festas pelas melhores discotecas africanas de Lisboa, animadas pelos Djs Sabura, Banderas, entre outros. 

O campeonato de Kizomba conta com a participação de 23 países, espalhados por todo o mundo, como Israel, Austrália, Malásia, Rússia, Eslovénia, Singapura, para além dos mais carismáticos e habituais Angola, Alemanha, Espanha, França, Moçambique, Portugal e Reino Unido.

Reserve já o seu lugar neste evento e junte-se a nós de 1 a 3 de Maio. 
Toda a informação através do site www.africadancar.com

segunda-feira, 27 de abril de 2015

"Utopias" no Alemão em Cena 2015, Festival de teatro escolar em alemão


Alemão em Cena, Festival de Teatro escolar em alemão, regressa ao Fórum Municipal Romeu Correia, em Almada, entre 6 e 9 de Maio, para apresentar a sua 5ª edição dedicada ao tema “Utopias”. 

O festival Alemão em Cena tem como principal objectivo tornar a aprendizagem da língua alemã leve e divertida. E sobretudo mostrar que, até mesmo com poucos conhecimentos do idioma, é possível exprimir-se e “ser actor” em alemão!

Este ano, vão viajar para Almada 14 grupos de teatro de diversos agrupamentos escolares de todo o país. Vão participar nesta edição 110 alunos, para além dos professores e dos especialistas em teatro pedagógico envolvidos na criação das peças. Ao longo destes quatro dias, os alunos vão apresentar as peças de teatro e participar em workshops nas áreas de música, dança e teatro. Durante o festival será ainda seleccionado o grupo que, neste Outono, irá realizar uma tournée pelo país para apresentar a sua peça em várias cidades. 

As peças abordam o tema “Utopias” das mais diversas formas, desde a utopia que atravessa o espaço e o tempo até ao ano de 8125, à personificação de uma Utopia suicida, inspirada num romance de Goethe, entre muitas outras abordagens com dança e música que espelham o mundo e as preocupações destes jovens com idades entre os 13 e os 18 anos. 

As peças serão apresentadas em alemão.

Participam nesta edição do festival as seguintes escolas:
EB 2, 3 de D. Fernando II – Sintra
Escola Básica 2,3 Dr. Francisco Cabrita – Albufeira
EBS D. Dinis – Santo Tirso
EBS de Albufeira - Albufeira
ES de Camões - Lisboa
ES de Tondela - Tondela
ES de Viriato – Viseu
ES Dra. Laura Ayres – Quarteira
ES Engenheiro Acácio Calazans Duarte – Marinha Grande
ES Fernão Mendes Pinto - Almada
ES Fontes Pereira de Melo – Porto
ES Francisco Rodrigues Lobo - Leiria
ES José Saramago – Mafra

Sax Tenor, de Roberto Vidal Bolaño


O TNDM II apresenta, a partir de 7 de Maio e até ao dia 24 do mesmo mês, na Sala Garrett, Sax Tenor de Roberto Vidal Bolaño.  Esta é a estreia em Portugal de um dos textos mais emblemáticos do dramaturgo galego contemporâneo, num espectáculo encenado por JOSÉ MARTINS.

A história começa com um morto. O seu sangue mancha ainda a praça. Mas a obra não começa nesse momento, mas sim dois anos depois, quando um suposto jornalista tenta apurar a verdade. 

Nesta peça, escrita em 1991, o autor — herdeiro legítimo de Ramón Maria del Valle Inclán — propõe-nos um verdadeiro ‘esperpento’ de final do século XX, à sombra de Santiago e da sua Catedral. No mesmo ano em que foi escrita, a obra recebeu o Prémio Álvaro Cunqueiro de textos teatrais, para o melhor original de teatro escrito em galego.

Ted 2 - 25 de Junho nos cinemas


Seth MacFarlane regressa como argumentista, realizador e actor (voz) em “Ted 2”, a continuação da comédia ‘R-rated’ mais rentável de todos os tempos. Com o regresso da estrela Mark Wahlberg e os argumentistas de “Ted” Alec Sulkin & Wellesley Wild, Seth MacFarlane produz esta comédia hilariante e politicamente incorrecta, juntamente com Scott Stuber, John Jacobs e Jason Clark, da Bluegrass Films.


Estoril-Sol lança 18º edição do Prémio Literário Fernando Namora


Está aberto o concurso para atribuição do Prémio Literário Fernando Namora que, este ano, realiza a sua 18ª Edição. Instituído pela Estoril Sol este prémio, no valor de 15 mil euros, ocupa um espaço único no panorama das Letras portuguesas. O prazo de recepção das obras concorrentes expira a 31 de Maio.

O Prémio Literário Fernando Namora destina-se a galardoar uma obra de ficção (romance ou novela), de autor português, editada em 2014, desde que o escritor não tenha sido premiado nas três edições anteriores. O Júri será presidido por Guilherme D`Oliveira Martins.

Com periodicidade anual, o Prémio Literário Fernando Namora consolida uma tradição prestigiada nos meios literários. Bruno Vieira do Amaral, com o seu romance “As Primeiras Coisas”, foi o vencedor no ano passado.


Recorde-se que o Júri da 18ª edição do Prémio Literário Fernando Namora, instituído pela Estoril Sol, além de Guilherme D`Oliveira Martins, em representação do Centro Nacional de Cultura, inclui José Manuel Mendes, pela Associação Portuguesa de Escritores, Manuel Frias Martins, pela Associação Portuguesa dos Críticos Literários, Maria Carlos Gil Loureiro, pela Direcção Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas, Maria Alzira Seixo, Liberto Cruz e João Lobo Antunes, convidados a título individual e, ainda, Nuno Lima de Carvalho e Dinis de Abreu, pela Estoril Sol.

Participação das equipas AMG Customer Sport na prova de resistência Nürburgring 24h


O espírito do DTM na lendária prova de resistência de 24h em Nürburgring. Com Maximilian Götz e Christian Vietoris, dois pilotos da equipa Mercedes-AMG DTM irão competir na prova de 24 horas de Eifel (16-17 Maio). Além dos dois pilotos actuais do DTM, a AMG Customer Sports também irá apoiar as suas equipas com dois antigos pilotos do DTM.

A equipa HARIBO RACING TEAM terá Götz ao volante de um SLS AMG GT3, que irá partilhar as tarefas de pilotagem com Uwe Alzen, Marco Holzer e Norbert Siedler. Antes do seu envolvimento no DTM, o piloto de 29 anos participou em vários campeonatos ao volante de um Gullwing de competição e fê-lo com grande sucesso. Até à data, o seu melhor resultado nas 24h de Eifel foi um sétimo lugar na prova do ano transacto. Adicionalmente, ele é o campeão em título da Blancpain Sprint Series. Este ano, passou do programa AMG Customer Sports para o DTM.

Em relação a Vietoris, a prova deste ano irá marcar a sua primeira participação na Nürburgring 24h. Como prova na sua terra natal, o piloto de Gönnersdorf em Eifel, juntamente com Luca Ludwig, Sebastian Asch e Tom Coronel, irá correr ao volante de um SLS AMG GT3 pela equipa ZAKSPEED. 



Com o recordista de títulos de campeão do DTM Bernd Schneider, um grande especialista do circuito de Nordschleife irá voltar a Eifel. Após a ausência de um ano, o vencedor da prova de 24h em 2013 irá competir novamente na clássica prova de resistência. Tal como na sua campanha vencedora em 2013, Schneider irá novamente correr pela Black Falcon, completando a equipa de pilotos que também inclui Andreas Simonsen, Adam Christodoulou e Yelmer Buurman. Os pilotos do segundo SLS AMG GT3 da Black Falcon são Abdulaziz Bin Turki Al Faisal, Hubert Haupt, Jaap van Lagen e Yelmer Buurman. O piloto da AMG Customer Sports e antigo piloto do DTM Thomas Jäger, terminou em terceiro lugar no ano em que Schneider venceu a prova, alcançando vários resultados dos dez primeiros na prova de 24h em Nürburgring. Este ano, terá uma dupla tarefa ao serviço da ROWE RACING. Um dos Gullwings da ROWE RACING foi atribuído a Klaus Graf, Nico Bastian, Christian Hohenadel e Thomas Jäger, enquanto a equipa do segundo veículo inclui Jan Seyffarth, Maro Engel, Renger van der Zande e Thomas Jäger. 

As equipas Car Collection Motorsport e Team Premio da AMG Customer Sport, também dependem do desempenho e durabilidade do SLS AMG GT3 para a prova de 24h deste ano em Nürburgring. A Car Collection Motorsport terá ao volante do seu veículo, Alexander Mattschull, Pierre Ehret, Victor E. Rice e Peter Schmidt. Os pilotos da Team Premio são Philipp Frommenwiler, Kenneth Heyer, Rob Huff e Christian Krognes. Na grelha de partida, existirão no total oito Gullwings de competição, um record na prova de Nürburgring 24h.
Além dos pilotos, a AMG Customer Sports também irá fornecer apoio técnico abrangente às suas equipas durante as provas da temporada que irão decorrer em Nordschleife.

Livros Horizonte publica novo livro infantil, As Nuvens de Maria Inês Almeida


A autora Maria Inês Almeida e o ilustrador Sebastião Peixoto guiam-nos numa viagem pelas nuvens. Uma história onde a imaginação nos leva a descobrir tudo sobre as nuvens: O que são, de que são feitas, o que gostam de fazer, para onde vão e onde dormem. Existem nuvens tristes, felizes, irritadas, nuvens que metem medo, nuvens de várias formas e feitios que fazem parte dos sonhos de todas as crianças.

As Nuvens apresentam-nos uma ilustração encantadora, em aguarela, onde predominam os tons terra e pastel, em perfeita sintonia com o texto, poético e enternecedor.


A autora, jornalista de formação, dedica-se à autoria de livros infantojuvenis tendo publicado diversas obras, entre elas: “Sabes que também podes ralhar com os teus pais?”,” Sabes onde é que os teus pais se conheceram?” e “Quando eu for… Grande”, que integra o Plano Nacional de Leitura. Os dois últimos títulos figuraram na lista “100 livros para o futuro” apresentada por Portugal como convidado de honra à Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha em 2012. Colabora para o programa Diário XS (RTP2) um noticiário para crianças. Criou o blogue ondevamoshoje.blogs.sapo.pt, destinado a apresentar propostas diárias de diversão e ocupação dos tempos livres para as crianças.

O convite para o lançamento fica desde já feito a todas as crianças e pais que queiram passar uma tarde diferente. O livro será apresentado por Frei Bento Domingues, a quem a autora dedicou esta obra, em Lisboa no próximo dia 9 de Maio, sábado, pelas 17h00, no Espaço MAPA no Amoreiras Shopping. Segue-se um atelier dinamizado por monitores do MAPA onde as crianças vão poder desenhar nuvens, utilizando vários materiais. A imaginação é o limite!
O acesso é gratuito e as inscrições devem ser feitas por e-mail para geral@livroshorizonte.pt ou por telefone 213 466 917. O número de participantes é limitado à capacidade do espaço.


                        

sábado, 25 de abril de 2015

25 de Abril - 41º Aniversário


Uma das mais icónicas fotos do dia 25 de Abril de 1974 tirada por Alfredo Cunha


Onde é que você estava no 25 de Abril de 1974?
As respostas podem ser várias, muitos dos leitores ainda não teriam nascido, mas naquela manhã de quinta-feira do dia 25 de Abril de 1974 com sol e temperatura amena, muitos despertavam para mais um dia rotineiro, dirigiram-se para os seus empregos como habitualmente o faziam, para as escolas ou universidades, outros ficaram em casa etc, etc,  como se se trata-se de mais um dia qualquer, no entanto tudo iria mudar e não seria mais um dia como outro qualquer… 
Foi há 41 anos.
Quando pelas 22h 55min. do dia 24 de Abril de 1974, é transmitida pelos Emissores Associados de Lisboa, a canção "E Depois do Adeus" de Paulo de Carvalho, e na madrugada do dia 25 de Abril de 1974 por volta das 0h 20min., após ter sido ouvido  na Rádio Renascença, o tema de José Afonso, “Grândola, Vila Morena” e logo após o comunicado a anunciar no Rádio Clube Português:
“Aqui posto de comando do Movimento das Forças Armadas…” muita gente sabia ou tinha percebido que algo de diferente  estaria  para  acontecer  e nesse mesmo dia  foram para as ruas comemorar com cravos encarnados. Cravos estes que segundo se conta, uma mulher, Celeste Caeiro, que trabalhava num restaurante na Rua Braancamp em Lisboa terá oferecido aos militares nas ruas, que as colocaram nos canos das espingardas e  passariam assim a simbolizar esse dia da liberdade. Passa por isso a designar-se esse dia de "Revolução dos Cravos".

Mas este golpe de Estado andava a ser pensado e organizado desde há algum tempo e no dia 24 de Abril de 1974, um grupo de militares comandados por Otelo Saraiva de Carvalho instala secretamente o posto de comando do movimento golpista no quartel da Pontinha, em Lisboa, denominado Movimento das Forças Armadas, (MFA). Por volta das 22h 55min. é transmitida pelos Emissores Associados de Lisboa, no programa de João Paulo Diniz, a canção de Paulo de Carvalho (vencedora desse ano  do Festival RTP da Canção 1974), “E Depois do Adeus” como um primeiro sinal combinado pelos golpistas, para  a tomada da primeira posição do golpe de estado. O segundo sinal é dado às 0h 20min. quando a Rádio Renascença no programa Limite, transmite a canção “Grândola, Vila Morena”  de José Afonso (tema musical até então proibido nas rádios em Portugal), que confirma o golpe  e marca o início das operações. As 4h 26 min. é lido o primeiro comunicado do MFA, pela voz de Joaquim Furtado aos microfones  do Rádio Clube Português, seguido do hino nacional e várias marchas militares entre elas a marcha “A life on the Ocean Waves”  de Henry Russel e adoptada como o hino do MFA. 
O golpe militar do dia 25 de Abril de 1974, tem a colaboração de vários regimentos militares que desenvolvem uma acção concentrada em diversas cidades, tomando várias instituições do Estado por todo o norte do País, como o Quartel General da Região Militar Norte no Porto, o aeroporto de Pedras Rubras e as instalações da RTP Porto, liderado pelo Tenente Coronel Carlos de Azeredo. 
À Escola Prática de Cavalaria que parte de Santarém, cabe um dos papeis mais importantes, a ocupação do Terreiro do Paço em Lisboa, com carros blindados, estas forças serão comandadas pelo então Capitão Salgueiro Maia (1944-1992), às primeiras horas da manhã e ocupam os Ministérios ali instalados, seguindo mais tarde com as suas forças para o Quartel do Carmo onde se encontra refugiado o presidente do Conselho de Ministros, Marcelo Caetano (1906-1980), juntamente com os ministros dos Negócios Estrangeiros e o da Informação e Turismo, que ao final do dia se rende, exigindo que o poder seja entregue ao General António de Spínola (1910-1996), visto este não fazer  parte do MFA, para que “o poder não caísse na rua”, segundo o chefe do Governo afirmou. Marcelo Caetano parte para a Madeira e depois ruma ao exílio no Brasil onde permanece atá a sua morte.
Ao longo deste dia os revoltosos foram tomando outros objectivos militares e civis, o aeroporto de Lisboa, estações de rádio e a RTP, tendo havido algumas situações tensas entre as forças fieis ao antigo regime e as tropas golpistas, sem confrontos armados nas ruas da capital, que em alguns casos por mera sorte e união de alguns, não se tornou em algo mais grave como um conflito armado e guerra civil. Todos os conflitos têm os seus heróis, e este não foi excepção, tivemos casos de verdadeiros heróis, uns mais esquecidos que outros. No entanto e no rescaldo dos confrontos deste dia, morrem quatro pessoas, quando elementos da polícia politica (PIDE/DGS), disparam sobre manifestantes à porta das suas instalações na Rua António Maria Cardoso em Lisboa, considerando-se portanto o dia 25 de Abril de 1974, ter sido um  golpe relativamente pacifico. Poderá parecer discutível, mas em alguns casos o povo oprimido, depois de incitado e iludido por uma revolta desta natureza, no próprio dia da revolta e nos que se seguiram, quer em Lisboa quer em outras partes do País, cometeu grandes exageros no que respeita à liberdade, tomando de assalto, de forma indevida, bens e propriedades de alguns privados. 
Uma ditadura que já batera recordes de longevidade é derrubada em menos de 24 horas assim como as suas instituições de repressão e a guerra colonial que se arrastava há quase mais de uma década como uma causa perdida. Este dia da liberdade ficará para sempre na história como o dia em que Portugal deu os seus primeiros passos em direcção à democracia.
Que os objectivos e direitos conseguidos nesse dia de Abril para uma verdadeira democracia em Portugal, nunca se percam.

Fotógrafo português conquista o 3.º lugar nos Sony World Photography Awards 2015


O Júri Honorário do maior concurso de fotografia do mundo atribuiu ao fotógrafo português, Eduardo Leal, o terceiro lugar na categoria Profissional Campanha dos Sony World Photography Awards 2015.

Eduardo Leal, um fotógrafo documental freelancer e residente em Londres, foi seleccionado de entre mais de 87 000 candidaturas ao Concurso Profissional, com uma série de imagens intitulada "Plastic Trees". Este trabalho chama a atenção para o efeito dos sacos de plástico no ambiente e foi captado no Altiplano Boliviano. O anúncio foi divulgado na cerimónia de gala dos Sony World Photography Awards 2015, realizada em Londres.

Na qualidade de terceiro classificado, Leal terá o seu trabalho exposto na Exposição dos Sony World Photography Awards 2015 na Somerset House, em Londres, e as suas fotografias serão publicadas na edição de 2015 do livro dos Sony World Photography Awards.

O vencedor da categoria Profissional Campanha foi o fotógrafo francês, Sebastian Gil Miranda, tendo o fotógrafo britânico, Jonathan Syer, ficado em segundo lugar.

Actualmente na sua oitava edição, os Sony World Photography Awards apresentam todos os anos os melhores trabalhos fotográficos contemporâneos do mundo, numa ampla variedade de géneros. De inscrição gratuita e aberta a fotógrafos com qualquer nível de experiência, é uma competição de peso na indústria fotográfica e atrai talentos emergentes e artistas reconhecidos.

O painel de jurados internacionais dos prémios é composto por especialistas conceituados da indústria e esta competição oferece exposição, credibilidade e reconhecimento incríveis não só aos vencedores, mas também a todos os finalistas. A edição de 2015 dos prémios registou um número recorde de candidaturas, com 183 737 imagens de 177 países, reiterando a sua posição como o maior concurso de fotografia do mundo.

Sobre o fotógrafo e a série finalista

Eduardo Leal é um fotógrafo documental freelancer, cujo trabalho incide sobretudo nas questões sociais, políticas e nas tradições da América Latina. Tem um Mestrado em Fotojornalismo e Fotografia Documental e o seu trabalho já foi publicado em várias partes do mundo. Em 2013 e 2014, foi eleito Coup de Coeur pela l'Association Nationale des Iconographes no festival Visa pour l'Image, em Perpignan. Também em 2014, foi finalista nos prémios fotográficos de Kuala Lumpur.

Ao descrever a série "Plastic Trees", Leal afirma: "O mundo consome 1 milhão de sacos de plástico por minuto, sendo considerado pelo Livro do Guiness como "o objecto de consumo mais omnipresente no mundo", mas estes sacos de plástico tão úteis tornaram-se na principal fonte de poluição mundial.

"Infelizmente, as propriedades que tornam o saco de plástico tão útil, tais como a durabilidade, o peso e o baixo custo, também o tornam num problema, pois é facilmente descartável. Este problema é ainda mais grave nos países em desenvolvimento, onde as infraestruturas de gestão de resíduos ainda não estão totalmente desenvolvidas e as populações, que estão habituadas a deitar tudo fora, não foram educadas quanto à longa durabilidade deste material.

"Esta série, Plastic Trees, foi criada com o objectivo de chamar a atenção para este problema, focando-se na disseminação dos sacos de plástico no Altiplano Boliviano, onde milhões de sacos voam ao sabor do vento até ficarem presos nos arbustos, danificando as magníficas paisagens. Infelizmente, estas imagens não retratam um caso isolado; podem ser vistas em vários países em todo o mundo."

Vencedores dos Sony World Photography Awards 2015


O fotógrafo americano John Moore ganhou o prémio L’Iris d’Or/Fotógrafo do Ano.
Armin Appel, da Alemanha, ganhou o prémio de Fotógrafo do Ano do Concurso Aberto.
Elliott Erwitt foi homenageado com o prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia.

O Juri Honorário do maior concurso de fotografia do mundo atribuiu hoje ao fotógrafo americano John Moore o prémio L’Iris d’Or/Fotógrafo Profissional do Ano dos Sony World Photography Awards de 2015, entre outros premiados.

Eleito de entre os vencedores das treze categorias profissionais, o trabalho vencedor intitulado "Ebola Crisis Overwhelms Liberian Capital" constitui uma série de imagens contundentes sobre esta tragédia humana. Moore, Fotógrafo Sénior e Correspondente Especial da Getty Images, e as imagens vencedoras foram aclamados globalmente pela pronta exposição da escala da epidemia de ébola na Monróvia, a capital da Libéria e o epicentro desta doença mortal.

Moore reside em Nova Iorque e já fotografou em mais de 70 países. Entre os seus galardões, destacam-se o Robert Capa Gold Medal, o prémio de Fotógrafo do Ano da Pictures of the Year International e da National Press Photographers Association, bem como quatro distinções atribuídas pela World Press Photo.

Juntamente com o seu prémio, o fotógrafo recebeu também um prémio monetário de 25 000 dólares americanos e o mais recente equipamento de imagem digital da Sony na cerimónia de gala realizada em Londres, que contou com a presença dos líderes da indústria fotográfica.

Numa declaração coletiva, os jurados Xingxin Guo, da Xinhua News Agency Image Centre, China, Jocelyn Bain Hogg, fotógrafo, do Reino Unido e Oliver Schmitt, do Spiegel Online, Alemanha, afirmaram o seguinte sobre o trabalho de Moore: “As fotografias de John Moore sobre esta crise mostram, sem quaisquer reservas, a brutalidade do quotidiano das pessoas, destroçado por este inimigo invisível. Contudo, é o seu espírito face a tal horror que merece elogios. As suas imagens são intimistas e respeitosas, tocando-nos com a sua coragem e integridade jornalística. Existe uma linha ténue e difícil entre as imagens que exploram esta situação e as que transmitem o mesmo com emoção, compaixão e compreensão, algo que este fotógrafo conseguiu com uma técnica infalível. Tudo isto aliado à sua técnica para composições poderosas e narrativas visuais coerentes permite tornar uma boa fotografia documental em algo extraordinário."

Atualmente na sua oitava edição, os Sony World Photography Awards apresentam todos os anos os melhores trabalhos fotográficos contemporâneos do mundo, numa ampla variedade de géneros. De inscrição gratuita e aberta a fotógrafos com qualquer nível de experiência, é uma competição de peso na indústria fotográfica e atrai talentos emergentes e artistas reconhecidos.

O painel de jurados internacionais dos prémios é composto por especialistas conceituados da indústria e esta competição oferece exposição, credibilidade e reconhecimento incríveis não só aos vencedores, mas também a todos os finalistas. A edição de 2015 dos prémios registou um número recorde de candidaturas, com 183 737 imagens de 177 países, reiterando a sua posição como o maior concurso de fotografia do mundo.

FOTÓGRAFO DO ANO DO CONCURSO ABERTO

O fotógrafo amador alemão, Armin Appel, venceu o prémio de Fotógrafo do Ano do Concurso Aberto e recebeu um prémio monetário de 5000 dólares americanos pela sua imagem "Schoolyard". Eleito de entre cerca de 80 000 candidaturas ao Concurso Aberto, a imagem foi captada enquanto Appel praticava parapente e mostra a paisagem vibrante de Biberach an der Riss, na Alemanha. Esta imagem recebeu o louvor geral de entre as restantes nove imagens vencedoras das categorias do Concurso Aberto, anunciadas no passado dia 31 de março.O Concurso Aberto foi avaliado por um painel de especialistas da World Photography Organisation, presidido por Sam Barzilay, Diretor Criativo da United Photo Industries (EUA).


EXTRAORDINÁRIA CONTRIBUIÇÃO PARA A FOTOGRAFIA – ELLIOTT ERWITT

O conceituado fotógrafo da Magnum, Elliott Erwitt, foi reconhecido com o Prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia.

O fotógrafo é reconhecido internacionalmente pelas suas imagens cândidas e, frequentemente, irónicas a preto e branco do quotidiano. O prémio reconhece Erwitt como um mestre modesto, que aborda o seu trabalho comercial e pessoal com uma genialidade visual irónica e espirituosa.

Como parte integrante da Exposição dos Sony World Photography Awards, realizar-se-á na Somerset House, em Londres, uma exposição intimista e ilustrativa dos trabalhos mais e menos conhecidos de Erwitt ao longo dos seus 60 anos de carreira.

Este prémio já foi atribuído a Mary Ellen Mark, William Eggleston, Eve Arnold, Bruce Davidson, Marc Riboud, William Klein e Phil Stern.

FOTÓGRAFO DO ANO DO CONCURSO JUVENTUDE

O estudante de dezanove anos Yong Lin Tan da Malásia foi o vencedor do título de Fotógrafo do Ano do Concurso Juventude, aberto a fotógrafos de idade igual ou inferior a 19 anos e tendo por base uma única imagem. A imagem atmosférica vencedora foi captada no beco da casa da avó do fotógrafo, em Kedah, Malásia. Foi selecionada de entre as três imagens vencedoras das categorias do Concurso Juventude, anunciadas no passado dia 31 de março. O Concurso Juventude contou com um total de 6675 candidaturas.

FOTÓGRAFO DO ANO DO CONCURSO ESTUDANTE

A fotógrafa russa Svetlana Blagodareva da Universidade Politécnica Estatal de São Petersburgo venceu nove outros estudantes finalistas de todo o mundo e arrecadou o título de Fotógrafo do Ano do Concurso Estudante. Como prémio, irá receber equipamento fotográfico da Sony no valor de € 35 000 para a sua universidade. O programa Student Focus é um dos maiores programas internacionais do mundo para os estudantes de fotografia e colabora com 230 instituições em seis continentes.

EXPOSIÇÃO E LIVRO

Todas as imagens vencedoras e finalistas serão exibidas na Somerset House, em Londres, de 24 de abril a 10 de maio, juntamente com uma curadoria dedicada ao vencedor do Prémio Extraordinária Contribuição para a Fotografia, Elliott Erwitt. Além disso, decorrerá em simultâneo a nossa exposição convidada, #FutureofCities - um projeto de fotografia social e documental que analisa o êxodo urbano em massa da população mundial nas principais cidades, apresentado pela Global Imaging Ambassors da Sony e a Panos Pictures. Adicionalmente e pela primeira vez, os visitantes da exposição poderão adquirir impressões das fotografias exibidas, uma cortesia do espaço theprintspace.

A exposição será acompanhada por um livro com os trabalhos vencedores e finalistas. Este pode ser adquirido em www.worldphoto.org

Caminhadas Nocturnas – Sintra assombrada


Caminhos e Histórias do Outro Mundo
com Maria João Martinho
Todos os Sábados às 22h, Inscrições Limitadas

Maio

Dia 2: Anjos, Demónios e Fantasmas da Vila Velha
Caminhos de anjos assombrados por demónios, antigos cemitérios, fantasmas que incomodam e não querem ser incomodados, esta é a Sintra Assombrada

Dia 9: Assombrações e Fantasmas da Vila de Sintra 
Círculos Mágicos onde se chega por caminhos assombrados, mansões históricas com histórias de fantasmas, a tão falada Casa das Bruxas… segredos velados por Anjos… venha visitar Sintra Assombrada…

Dia 16: Entremundos
Cemitérios de Sintra, túmulo dos dois irmãos e outras histórias de assombração

Dia 23: Anjos, Demónios e Fantasmas da Vila Velha
Caminhos de anjos assombrados por demónios, antigos cemitérios, fantasmas que incomodam e não querem ser incomodados, esta é a Sintra Assombrada

Dia 30: Assombrações e Fantasmas da Vila de Sintra 
Círculos Mágicos onde se chega por caminhos assombrados, mansões históricas com histórias de fantasmas, a tão falada Casa das Bruxas… segredos velados por Anjos… venha visitar Sintra Assombrada…

Curso de Yoga Pre Natal - 3 dias intensivo com certificação

Este curso intensivo é dedicado ao período mais sagrado da vida de uma mulher e ao início da jornada de um novo ser humano na terra. O curso foi pensado para treinar professores de todas as linhas de Yoga, mas destina-se também a profissionais de saúde, doulas, grávidas e público em geral.
Aplicando a sabedoria ancestral do Yoga aos mais recentes estudos científicos nesta área, Anastasia oferece um conhecimento holístico sobre o nascimento, explorando a componente emocional, física e espiritual de todo o processo. O resultado é uma gravidez mais saudável e consciente como resultado de um entendimento do feminino mais consciente e saudável também. Ensinar e aprender Yoga Pré-natal significa criar um mundo melhor.

Destina-se a:
- Professores de Yoga interessados em Yoga pré-natal e saúde da mulher
- Estudantes de Yoga procurando saber mais sobre o tema
- Profissionais de saúde (doulas, enfermeiros, parteiras, massagistas, terapeutas, médicos, etc) interessados em aprender mais sobre os benefícios do Yoga na gravidez e pós parto.
- Mulheres, grávidas ou não, interessadas em compreender em profundidade este período de transformação, na vida de uma mulher

Conteúdos Programáticos:
- Anatomia e fisiologia do desenvolvimento do feto
- Benefícios do Yoga na gravidez, parto e pós parto
- Alterações no estilo de vida
- Aplicação da filosofia do Yoga durante a gravidez
- Nutrição e saúde
- Ásanas terapêuticos, seguros e sequências inspiradoras para cada trimestre da gravidez e pós parto
- Análise prática da anatomia e fisiologia de 32 ásanas, e correspondentes adaptações para a gravidez
- Formas de fortalecer os músculos pélvicos
- 6 exercícios respiratórios (Pranayamas) apropriados para a gravidez e momento do parto
- Preparação de uma aula de Yoga pré-natal
- Métodos para alívio de alguns desconfortos relacionados com a gravidez
- Meditação e visualização na gravidez
- Observação e ensino do Yoga pré-natal

Características do Curso e Certificação:
Este curso intensivo é composto por um total de 30 horas: 20 horas teóricas presenciais + 10 horas práticas realizadas e relatadas nos 6 meses subsequentes com orientação à distância. 
Estas 30 horas conferem um certificado pelo Yogaphoria Project, e constituem a primeira parte da formação completa na área Pré-natal certificada pela Yoga Alliance (requer 85 horas no total).
Será fornecido um manual sobre Yoga Pré-natal.

Informações e inscrições: joanamenano@gmail.com